Ageu

Foi o primeiro profeta após o retorno dos Judeus do cativeiro. Os outros foram Zacarias e Malaquias.

Se você quiser mais detalhes sobre este período leia os livros de Esdras, Neemias e Ester, posteriormente estaremos publicando comentários individuais dos mesmos.

É possível que Ageu fosse um ancião que tivesse visto o primeiro templo, ou que tenha nascido na Babilônia, uma coisa é certa ele voltou com o primeiro grupo de aproximadamente 50.000 judeus repatriados a Israel com Zorobabel, no ano +-538 a.C.

A situação não era nada boa, pois Judá fora conquistada, Jerusalém queimada, o Templo demolido e o povo deportado para Babilônia +- 605-586 a.C.

Após um ano de adaptação eles iniciaram as obras do templo, mas, logo foi interrompido por causa da perseguição dos samaritanos e de oficiais persas.

Nada mais foi feito durante 15 anos

Ageu começa a pregar sua mensagem depois disso.

De cara ele deu um presta atenção em Zorobabel, o governador, e Josué, que era o sumo sacerdote.

Também deu bronca nos lideres da comunidade judaica, que se esquivava de assumir uma posição clara em relação ao templo e Deus.

Para fechar, ele exortou os sacerdotes a atentar-se para sinceridade na adoração.

Com estas palavras, e se formos comparar com a dos outros profetas, o rumo é sempre o mesmo, a união e a sinceridade da comunidade em torno de seu Senhor.

Alias, nossas comunidades, igrejas, estão unidas em torno de quem hoje? Ou do que?

Desde o profeta mais bravo até o mais manso, e Ageu esta nesse bolo, sempre o alvo era encorajar os desanimados.

Hoje falta líder que tenha essa atitude.

Hoje o negocio ficou meio perverso, sem incentivos sinceros, o negócio é analisado de maneira comercial, mão de obra barata.

Soldadinhos playmobil que não podem pensar, falar, opinar, mero enfeite de presépio, crentes formando um exército em número mais nem sempre em propósitos.

E esta atitude sempre foi reprovada por Deus.

Israel deveria ser uma teocracia e uma fraternidade, com propósito e serviço espirituais.

Não bastava os israelitas serem libertados do cativeiro.

Não bastava serem israelitas.


Este é um belo exemplo que vemos neste maravilhoso livro

Bibliografia:
Bíblia Thompson Ed. 2005
Apostila EETAD – Profetas Menores


Marcelo & Eunice

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...