Miquéias

Homem corajoso, convicto e de rara fé!

Alguns anos antes da queda de Samaria, ele começou alertar que somente um novo pacto de Israel com seu Deus poderia mudar o futuro.

Mais uma vez, ao invés de atenderem as orientações de Deus, eles traçaram seus próprios caminhos, culminando assim com a guerra Siro- Efraimita, de um lado Judá e por outro lado a coligação de Israel (nação do norte) com a Síria.

Miquéias acabou testemunhando a derrota do reino do norte e a queda de sua capital Samaria, diante da Assíria em 722/721 a.C.

Vindo de classe pobre, ele não suportava as injustiças praticadas pelos ricos e da avareza que os dominava.

Sua idéia era revolucionária e fora de moda (na época e hoje), dizia que a Fé em Deus, deve produzir justiça e santidade.

Nada do que foi revelado, foi absorvido por aqueles que se intitulavam filhos de Deus, só restando ao profeta ser o porta voz das reclamações de Deus contra o seu povo.

O povo não queria arrepender-se, nem sequer queriam dirigir-se a Deus.

Então pediram a Miquéias que intercedesse a favor deles com sacrifícios de novilhos, carneiros, rios de azeite, ou até seus próprios filhos no altar do holocausto, para o perdão dos seus pecados.

Alias, hoje tem muita gente fazendo isso, fugindo do contato com Deus, escolhendo e designando intercessores, uns escolhem pastores fazendo deles sacerdotes e novilhos, outros escolhem um profeta ou familiares, outros optam por qualquer pacotinho de sacrifício que aliviem suas consciências e traga o perdão e a “comunhão” com Deus.

Com isto vai nascendo uma geração que com certeza vai morrer no deserto.

O que o Senhor pede?

Esta passagem que se encontra em Mq 6.8 é tido como o coração do Antigo Testamento

Pratiquem a justiça

Amem a misericórdia

Andem em humildade com o seu Deus.

É isso, sem sacrifícios, sem mentiras, sem subornos, sem pacotinhos, Ele não pede e não quer nada disto.

Em 1Sm 15.22 lemos: “Tem, porventura, o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar”.


O livro de Miquéias nos leva a refletir:

Para onde estamos olhando?
Quem é nosso intercessor?


Não sejamos cegos e surdos mediante a Palavra de Deus.


Bibliografia:
EETAD – Profetas Menores
Comentário Champlin
www.caiofabio.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...