Tudo Pago, TETÉLESTAI

É indispensável analisarmos mediante a luz do Evangelho novas tendências
(algumas já velhas) em nosso meio, cada um tire suas conclusões:






Aos irmãos do caminho da graça de graça para refletir.

Quando as pessoas decidem saírem dos territórios dos Xerifes da religião, acordam, só que ai vestem uma camisa de guerra fria contra o sistema religioso e acabam perdendo tempo.

Ao passo que deveriam preocupar crescer na consciência que chegou, e viver em amor ao próximo.

Se olharmos para Jesus, que é o verbo encarnado, ou seja, a palavra encarnada, sendo assim, tudo em Jesus é mensagem, seja ação, gestos, atitude, verbalizações, vemos que Jesus fez uma caminhada oposta à religião não se importando com a mesma.

Os Xerifes da religião é que vinham provocar debates batendo de frente com as atitudes de Jesus, a ponto de quererem matá-lo.

Olhando por essa ótica, e no intuito de imitar a Jesus, devemos não se importar com os chefes da religião, pois iríamos perder muito tempo e esqueceríamos do mais importante: viver a vida na vida em amor ao próximo.

Sendo assim faço um apelo aos de plantão.

Esqueçam os Xerifes da religião, os pajés da religião, os chamas, etc.

Vamos viver o evangelho da graça, a graça do evangelho, com a consciência que está tudo pago, TETÉLESTAI.

Não há mais nada a se fazer, está tudo resolvido uma vez que Deus estava em Cristo reconciliando o mundo com sigo mesmo.

O véu do templo se rasgou, deixem os costureiros pra lá.

Fazendo uma releitura dos evangelhos, vemos Jesus amando a todos, sem discriminação de pessoas, até os da religião.

Jesus não perdia tempo, ele tinha vindo para os doentes e todos quantos se achegassem seriam amados por ele.

Amigos de plantão, vamos amar ardentemente uns aos outros.

Quem quiser ficar na religião que fique fazer o que.

A mensagem é liberdade, mas infelizmente a maioria gosta de se escravizar.

A voz de Isaias clama até hoje: Quem deu credito a nossa pregação.

Aos irmãos de plantão.
Simplesmente irmão de caminhada Roberto.



Opinião do Blog:

Já estava com saudades das reflexões do irmão Roberto,desde o ICP que ele fala sobre deixar pra lá as “mochilas” que carregamos e jogar fora o que é supérfluo, são estas coisinhas que os xerifes vêm implantando, que tem causado tanta escravidão e desvio de personalidade em uma multidão de crentes.

Depois que você acostuma, é difícil deixar a religiosidade, parece que se você tiver opinião contraria ao seu regulamento interno, você esta desagradando diretamente a Deus.

Não é fácil, tomar a iniciativa de encarar o Evangelho de forma diferente, pois para isto precisamos nos despir de interesses pessoais e planos ministeriais, e fazer isto é perder ponto no clam dos “santos”.

A verdade tem um poder tremendo, quando você perde por aplicar a Verdade, você sente algo bom lá no intimo, uma paz inabalável.

A mentira também tem esse poder tremendo, quando você ganha, conquista, ostenta, pela manipulação, por interesses, lá no intimo vem uma angustia tremenda, isso porque você sabe o que te espera.

Enquanto estivermos por aqui, e não sabemos até quando, iremos incentivar a leitura da Palavra, a partir de Cristo, iremos alertar no que pudermos as pessoas sobre movimentos estranhos em nosso meio, acreditem a maioria das pessoas não tem a mínima idéia do que é Graça, conhecem apenas a graça como mercadoria, aquela que é conquistada na base do suor da grana, da troca e da barganha!

Juro (ops jurar é...) tento deixar pra lá, relaxar, talvez chegue este tempo, de apenas curtir essa Graça maravilhosa e amar meus semelhantes, por enquanto, estamos na trincheira e posso afirmar que quem inventou aquele ditado “chumbo trocado não dói” estava totalmente enganado.

Crédito da imagem suficiente Graça: http://www.igrejaemergente.com.br/

O que você achou desta matéria? passe o mouse e vote!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...