Devolvendo o dim dim

Igreja Universal é obrigada a devolver dízimo de fiel em Minas Gerais


A Igreja Universal do Reino de Deus em Belo Horizonte foi condenada a devolver valores destinados à congregação desde 1996, em valores ainda a serem apurados na liquidação da sentença, e ainda ressarcir um homem em R$ 5.000 por danos morais.

Segundo o TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), o fiel foi considerado incapaz de tomar decisões por contra própria.

Na sentença, desembargadores entenderam que a Igreja Universal fora negligente ao aceitar as doações.

"A instituição religiosa que recebe como doação valor muito superior às posses do doador, sem devida cautela, responde civilmente pela conduta desidiosa", disseram desembargadores da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Segundo laudo pericial psiquiátrico pedido pelo tribunal, o doador das quantias é portador de enfermidade de caráter permanente.

Conforme relatos do TJ-MG, o fiel fora compelido a participar de reuniões antecedidas ou sucedidas de pedidos de doações financeiras.

No processo, o freqüentador dos cultos, que não teve seu nome divulgado, foi representado pela mãe.

O fiel trabalhava como zelador e tivera todo o ordenado tomado pela doação que fazia à instituição religiosa.

Em dado momento, com o agravamento da doença, fora afastado do trabalho e, segundo dados do processo, passara a emitir cheques pré-datados para a Igreja Universal.

Ainda de acordo com o tribunal, o homem contraiu empréstimo em instituição financeira e chegou a vender um lote por valor aquém do que o terreno valia em prol da Igreja Universal.

Com "promessas extraordinárias", segundo o processo, o homem fora induzido a fazer as doações financeiras e, por seu turno, pessoas que tentavam demovê-lo da prática eram tachados de "demônio". A mãe seria o principal ente do mal para ele.

Inicialmente, o juiz da 17ª Vara Cível de Belo Horizonte havia argumentado que a incapacidade permanente do doador só fora constatada a partir de 2001, isentando assim a igreja de restituir valores anteriores a esse período.

Estipulou assim em R$ 5.000 o valor a ser reembolsado e mais R$ 5.000 por danos morais.

Tanto a igreja quanto o rapaz, representado pela mãe, recorreram da decisão.

Em nova análise, o desembargador Fernando Botelho, relator do recurso, disse entender que a interdição veio apenas corroborar uma situação de incapacidade pré-existente.

"Mesmo antes de 1996, ano em que o autor passou a freqüentar as dependências da igreja e a fazer-lhe doações, já apresentava grave quadro de confusão mental, capaz de caracterizar sua incapacidade absoluta, já que, no laudo pericial, restou consignado que ele não reunia discernimento suficiente para a realização dos atos da vida civil", informou em seu despacho o relator do processo.

Ainda cabe recurso ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília-DF.

A reportagem do UOL tentou entrar em contato com os advogados da Igreja Universal do Reino de Deus, mas foi informada que um dos representantes da igreja perante o TJ-MG está em viagem a São Paulo e só retorna a Belo Horizonte no sábado.

O advogado Luiz Eduardo Alves, que atuou no caso representando a instituição evangélica, não foi localizado por meio dos números telefônicos repassados à reportagem.



Uol


Acho que encontrei a solução para a Universal evitar esse tipo de gente “mal intencionada” que fica pedindo o próprio dízimo de volta




Super RECIBO CONTRA DEVOLUÇÕES





Opinião do Blog:

Seria ótimo que nossas autoridades fiscalizassem as condutas praticadas pelas instituições religiosas.

Às vezes temos vergonha de afirmar que somos evangélicos, crentes, cristãos, etc... É tanta barganha, tanto comércio que ninguém mais bota fé naquele povo barulhento.

Eu não entendo, porque os órgãos competentes não conferem o que rola na televisão, nos rádios, nas mega reuniões, etc...

Acho tão simples, é gravar e checar!

Porque não? O que impede?

Se depender dos pages, a situação só vai piorar, eu acredito na justiça brasileira, ela ha de botar um ponto final nisso, ou pelo menos uma vírgula.







TEM MAIS...

Igreja devolve doações de fiel que ficou na miséria

A Igreja Universal do Reino de Deus está obrigada a devolver R$ 10 mil para a costureira Maria Pinho que lhe entregou todo seu patrimônio e hoje amarga a miséria.

A decisão é da 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, por maioria de votos. Ainda cabe recurso.

A costureira passou por várias igrejas evangélicas (Quadrangular, Batista, Presbiteriana, Internacional) até bater às portas da Igreja Universal do Reino de Deus, onde imaginou ter encontrado a resposta para suas angústias espirituais.

Ela alegou que doou à IURD R$ 106.353,11, resultado da entrega de vários bens e da venda de dois imóveis.

A ex-obreira afirmou que fez as doações na esperança de que as graças prometidas pelos pastores seriam alcançadas.

Como isso não aconteceu, ela passou a viver em situação de miséria e arrependeu-se das doações que fez.

Ela considera que foi vítima de armadilha, armação e cilada.

Maria Pinho também disse que a receptação de seus bens foi um ato ilícito praticado pela Igreja Universal.

A costureira afirmou que fez as doações sob coação de que seria amaldiçoada por Deus se não agisse daquela maneira.

Ela contou que depois que se arrependeu pediu para sair da igreja, tendo sido insultada e maltratada pelo bispo, que a dispensou sumariamente.

Estimou que teve prejuízos da ordem de R$ 106.353,11 e pediu que a IURD fosse condenada a restituir o valor alegado como indenização.


Opinião do Papo de Teólogo:

Vamos observar cautelosamente essa notícia; nas mãos de quem está o GRANDE erro?

- Da Universal, pela coação psicológica que ela promove através de seus pastores e bispos pregando grandes recompensas se as pessoas ofertarem o máximo que puderem, especialmente em eventos como a Fogueira Santa de Israel?

- Da dona Maria Pinho, por aceitar esse evangelho de facilidades, não se contentando com a vida simples, porém digna, que tinha e ambicionando uma prosperidade maior através das ofertas?

Por ela ter aceito esse tipo de coação, sem ter ido ver na Bíblia se aquilo era certo ou não?

Ou simplesmente ela teria de dar sem esperar nada em troca?

- Nossa, porque somos tão covardes que damos graças a Deus por isso acontecer em outras igrejas e não na nossa e, por isso, nos acomodamos e aceitamos que essas pessoas continuem a destruir a vida de muitos fiéis.

- Ou seria culpa do diabo?! Ahhh porque a moda é culpar o demo!



Opinião do Blog:

Se todos os "fiéis" independente da denominação, agissem assim, teríamos mais seriedade nas liturgias praticadas nesse Brasilzão.
Parabéns a nossa justiça, desta vez a corda não quebrou para o lado mais fraco!



fonte das matérias e charges: http://papodeteologo.gospelmais.com.br/

Um papo sobre a idolatria

Portanto, dize-lhes: Assim diz o SENHOR Deus:
Qualquer homem da casa de Israel que levantar os seus ídolos dentro do seu coração, e tem tal tropeço para a sua iniqüidade, e vier ao profeta, eu, o SENHOR, vindo ele, lhe responderei segundo a multidão dos seus ídolos; para que eu possa apanhar a casa de Israel no seu próprio coração, porquanto todos se apartaram de mim para seguirem os seus ídolos.
Ez 14:4,5


Idolatria ainda é um assunto delicado.

A primeira coisa que nos vem a cabeça é a imagem de um ídolo católico ou a adoração à vaca na Índia.

Porém, devemos saber que o evangélico é um dos povos mais idólatras na atualidade; e vamos saber o porquê.

Primeiro vamos entender o que é idolatria.

O ato de idolatrar é transferir atributos e poderes divinos a qualquer coisa que não seja Deus. Ou seja, se você acha que uma imagem de Nossa Senhora, mesmo como memorial, possa vir a curar algum mal, é idolatria.

Se você acha que vai ter um dia ruim por sair de casa sem aquela correntinha que você acha que te dá sorte, é idolatria.

Se você acha que um animal, como uma vaca ou um rato, não pode ser morto por ser divino, é idolatria.

Se você acha que uma pessoa em especial vai te proporcionar maior possibilidade de obter uma cura ou uma profecia, mesmo que use o nome de Deus no meio, também é idolatria.




E dar atributos divinos a um homem é prática comum no meio evangélico.

Hoje em dia se idolatra bispo X porque ele cura com o suor.

Ou apóstolo Y porque ele promove curas online através da internet.

Até mesmo o abençoado Z que promove avivamentos relâmpagos porque ele acha que tem “crédito no céu”.

São inúmeros os “profetas” e “ungidos” venerados como verdadeiros santos por serem considerados um atalho para Deus.

Esses ídolos são considerados intocáveis, inabaláveis e suas palavras são indiscutíveis para quem os idolatra.

E muitos, inúmeros evangélicos idolatram ídolos de carne e osso e se esquecem de seguir o único que é inabalável e incorruptível: Deus




A partir do momento que a pessoa começa a seguir um ídolo, ela passa a se espelhar nele e a seguir o que ele diz.

Com o tempo, a Bíblia vai ficando de lado porque não precisa dela, afinal o ídolo de carne já a “explica” da maneira como convém direitinho aos seus idólatras.

Não se precisa mais de Deus diretamente, não se precisa mais da Palavra, porque já existe uma pessoa que, supostamente, é uma ponte garantida para Deus.

Isso gera uma certa independência de Deus; você já tem o seu ídolo, o seu atalho consigo.

Essa idolatria cria inúmeros problemas e um deles é o apoio da vida espiritual sobre pessoas que não são infalíveis.

Até parecem, mas não são.

Parecem porque um ídolo de carne vai querer transparecer perfeição até o errar; aí ele vai pedir desculpas em público dizendo que errou porque era humano e falível.



Outro ponto é: somos nós quem criamos os ídolos.

Nós quem atribuimos a eles as características de semi-deuses que desejamos.

Portanto, esses ídolos de carne irão falar o que nós queremos escutar; afinal nós somos seus criadores.

Eles farão de tudo para arrebanhar mais idólatras e isso, dentro de uma igreja, é um câncer.

Os idólatras evangélicos acreditarão cada vez mais nas “verdades” que todos querem ouvir que os ídolos pregam e a verdade de Jesus Cristo, que é amarga, literalmente espinhosa e difícil de ser praticada, vai ficando absoleta, esquecida.

É exatamente isso o que nos diz o versículo citado; o povo de Deus se afasta dEle por seguirem seus próprios ídolos.

Raramente se busca fervorosamente a Deus em suas casas; antes buscam a oração de um ídolo de carne.

Não se busca resposta de um problema diretamente com Deus; busca-se respostas através dos lábios de um ídolo de carne.

E Deus nos responde, através da atual situação da igreja, o que acontece quando se busca a ídolos e não a Ele: corrupção na igreja, ganância, mentira, enganação, hipocrisia.

Deixemos os ídolos de carne de lado.
Adoremos e sigamos ao Senhor que é o único realmente digno de nossa adoração.

Fonte: http://papodeteologo.gospelmais.com.br/categoria/estudos/

Zona eleitoral

Clique para ampliar e ler sobre a "cobertura espiritual-apostólica" oferecida a um candidato a vereador em Sampa. Segundo o e-missivista, o candidato foi "provado e aprovado por Deus para esta missão". Pra rir ou chorar?








para quem gosta de funk


















Acreditem, ele esta voltando...





fonte: http://pavablog.blogspot.com

Inferno...




Até que ponto seremos responsabilizados por cada pessoa que não se encontre com Cristo?

Por cada pessoa que não foi salva?

Por cada pessoa que não ouviu falar de Jesus?

Até que ponto devo viver uma vida social, familiar e comunitária baseado na pressão de "falar de Jesus" a todo momento como se houvesse uma meta para cumprir no final de mês?

Até que ponto devo sentir-me culpado por não "falar de Jesus" para qualquer pessoa que me dirija a palavra, já que não sabemos quando tal pessoa irá morrer...

Pode ser logo após de acabar de conversar comigo...

Até que ponto devo viver esse desespero por "falar de Jesus" me preocupando apenas com a minha culpa em relação ao destino das pessoas depois da morte?

Porque não vejo essa urgência em pregar o Evangelho modelada dessa forma de pressão quando leio o Novo Testamento?

Porque tenho a sensação que o "pregar o Evangelho" é fruto de uma transformação pessoal que indiscriminadamente resulta de um indivíduo mudado por Cristo e grato a Deus?

Não de uma pressão religiosa que oprime e trabalha a fuga da culpa como motivação para "falar de Jesus"?

Será que terei que viver no céu atormentado pelas pessoas que irão para o inferno porque algum dia eu estava mal, triste e com alguns problemas e não me senti a vontade para falar de Jesus para uma pessoa, que por azar meu, morreu sem escolher por Cristo?

Será que é este céu que nem olhos viram, nem ouvidos ouviram que Deus tem preparado para aqueles que o amam?

Porque uma pessoa deveria sofrer eternamente no inferno por causa de uma vida passageira de 70 anos em média?

O justo não seria sofrer até pagar tudo o que fez nesta vida em desacordo com a vontade de Deus e por conseguinte que afetou outras pessoas: se estuprou, se matou, se abusou sexualmente de uma criança, se mentiu, se roubou, se enganou, se não amou, se vingou, se idolatrou, enfim...

Se não se arrependeu de nada e não foi justificada por Cristo, seria justo pagar até o "último centavo" por tudo que praticou, mas, tendo pago tudo... porque mantê-la sofrendo eternamente?

Não configuraria um sadismo divino da parte de Deus manter pessoas sofrendo indescritivelmente no inferno, ou no lago de fogo para sempre?

Não sei se acho isso muito justo...

Até que ponto não é um mito, um cabresto que a igreja criou para governar pelo medo?

Então quer dizer que o livre arbítrio não passa de uma grande piada?

Deus diz: "Olha, se você me obedecer e fizer a minha vontade e me amar você morará no céu comigo.

Mas, se não, você sofrerá de uma forma que não há como explicar, queimando e agonizando para sempre, e jamais acabará esse tormento...

E aí?

O que vai ser?(sorriso sádico e irônico)"

Acho que não consigo dizer "Deus é amor e misericórdia e justiça" e depois "Se não aceitar você vai queimar vivo para todo o sempre"... Uma invalida a outra!



Opinião do Blog:

Primeiro quero deixar claro que cremos na Bíblia como ela é sem acréscimos e decréscimos.

Porem outro dia ao abordar este tema em sala de aula, me dei mal e acabei tendo que me retratar para não ser taxado de herege.

Entendo bem o que o autor quis expressar, nós nos julgamos tão dignos e santos que se não presenciarmos o “injusto infiel” sendo atormentado, queimado, fritado, etc... por toda eternidade não será justo.

Alias voluntários para ajudar na fritação eterna, tenho certeza que não vai faltar.

Essa desgraça já se tornou parte da recompensa que vamos ganhar, ver os “ímpios” ganhando também sua coroa, só que de “brasas”.

O fato é que hoje isso é usado sim como cabresto, para manipular o povo, que engole tudo, por falta de conhecimento da Verdade e da Graça.

Hoje o “dito” já canta a bola de como vai ser esse tormento, tem lugar nos microfones dos cultos, rádios, canais de televisão e acreditem até na internet.

São poucos que se atrevem a abordar o tema com equilíbrio e sinceridade!


Crédito da charge e da matéria: http://www.igrejaemergente.com.br/

Debate - Fé e (des)crença

Frases que rolaram no debate "O que estão fazendo com a igreja".
Promovido pela Mundo Cristão.





Ricardo Gondim


"Os crentes estão em busca do conforto quando vão às igrejas aos domingos"


"A verdade está no mistério do sublime"


Jung Mo Sung


"Fé tem a ver com prática e não com cognição"


"Ninguém fica perdido em uma cidade com uma rua só. Fica perdido em uma cidade com muitas ruas. O ser humano nasce perdido"


"Quem não tem dúvida, não sabe o que é ter fé. Não precisa orar"


"Todas as certezas sobre Deus são falsas. Se eu tenho certeza sobre Deus, não é Deus, é um ídolo"


"Cristianismo não é religião do mistério. Jesus disse: 'Tudo que Deus me revelou eu contei para vocês'"


"Deus não é do tamanho da nossa mesquinhez"


"Amor não forma ordem, forma desordem. Pessoas apaixonadas tornam suas vidas um caos!"





Luiz Felipe Pondé


"Eu sou filósofo. Não sou cristão. Não tenho problema de dúvida"


"A sociedade resiste ao sofrimento. Acha que no final tudo vai dar certo"


"Há pessoas que pensam: Ou eu sou ortodoxo ou eu me abro para a modernidade"


"Para eu me preocupar com justiça, não preciso ter fé"


"O trauma é o que dá forma no corpo"


"A teologia não tem nenhuma capacidade de enfrentar o Darwinismo"


"O legal é ser legal sem saber se vai dar certo"


"Acúmulo de design cego: Este é o nome do conceito do Darwinismo que acua a idéia de que seja necessário a existência de um ser inteligente para colocar ordem no universo"


"Você não precisa da teologia para discutir justiça social, saúde, razão, etc."


"Deus é o melhor conceito que a filosofia já criou"


"Inseguros somos nós todos"


Augustus Nicodemus

"Os liberais assumem a cor do ambiente em que eles estão"
"Não se fazem mais liberais como antes..."

"Leio e recomendo Rudolf Bultmann [e outros liberais], para saber o que pensam e ler de uma forma crítica. Recomendo a meus alunos, para que eles façam uma leitura crítica"
"Quem se preocupa mais em ser atual que ser verdadeiro deixou de ser teólogo há muito tempo" (frase do livro, capítulo 4)

"Tenho preocupação quando as pessoas vão até a Idade Média buscar espiritualidade [em Teresa D'Ávila e outros da mesma época] fugir do ascetismo, de um legalismo, porque as práticas devocionais podem parecer piedosas, mas a fonte, a raiz dela é meritória".

"Eu odeio o liberalismo teológico, mas respeito o liberal"


"Eu não ouço a música gospel atual (...) Tenta imitar o mundo e faz muito pior do que o mundo. Prefiro Eric Clapton, B.B. King"


"A gente só pode cultuar [a Deus] da maneira que ele manda"


"O culto a Deus hoje está totalmente desvirtuado"
"Eu creio em avivamento espiritual"



Paulo Romeiro

"Eu não pensei que viveria até hoje para ver a igreja como está agora"


"Todo ser humano deve ser respeitado, independentemente de crença, preferência sexual (...), sou a favor da democracia: as pessoas têm o direito de crer no que quiser"


"O que existe no Brasil hoje [sobre dons e pentecostalismo em algumas igrejas] é palhaçada! (...) Profetiza-se por dinheiro, revela-se por dinheiro (...) Algumas igrejas não têm evangelho para pregar, mas para vender (...)Vende-se de tudo. Até batismo no rio Jordão, Santa Ceia, Vigílias e assim vai. Viraram produtos"


"Acho que o Deus que os brasileiros pregam hoje é um deus corrompido. Ele só abençoa se der dinheiro para 'Ele'"


"A igreja está precisando desesperadamente de iluminação"


"Hoje há um desdém da igreja com o ensino. A saída é a volta à Bíblia"

O preço do conhecimento




A alguns dias venho passando por uma certa crise.

Como eu sempre estudo ministérios dos mais diversos tipos, acompanho cultos, pregações e pessoas nas igrejas, tenho observado a situação desgastada da igreja evangélica na sociedade atual.

São tantas pessoas enganando e tantas pessoas QUERENDO ser enganadas dentro das igrejas!

Se prega um evangelho de felicidade, no qual o único objetivo de seguir a Cristo seria a sua própria felicidade, quando a verdade não é bem essa.

E a igreja não procura ensinar às pessoas; ao contrário, a grande preocupação da maioria das igrejas é a de como limitar o que seus membros têm conhecimento.

As pessoas que começam a ter um entendimento mais amplo e enxergar os erros, começam a ser executados, execrados e removidos do “meio evangélico”.

Comecei a me questionar sobre a validade de se ter um conhecimento mais amplo; eu não era mais feliz quando não enxergava esses erros nas igrejas?

Sim, era.

Eu era muito mais feliz quando inocente; não tinha o peso de conhecer nem o dilema de, uma vez conhecendo, de os tornar públicos ou não.

Salomão nos mostra o peso do conhecimento:

“Apliquei o coração a conhecer a sabedoria e a saber o que é loucura e o que é estultícia; e vim a saber que também isto é correr atrás do vento.
Porque na muita sabedoria há muito enfado; e quem aumenta ciência aumenta tristeza.” (Ec 1:17,18)

Conhecer os reais defeitos da igreja e querer anunciá-los no intuito de promover uma reforma silenciosa só tem me trazido enfado e tristeza.

Tristeza pela constatação de que o evangélico atual não quer aceitar o próprio erro; ele prefere estar acomodado sobre um evangelho que visa o seu próprio bem pessoal em detrimento a um evangelho dedicado ao próximo.

A arrogância, o culto ao ego e o orgulho das pessoas têm sido cultivado dentro das igrejas.

Afinal, se você pode decretar vitórias e exigir bençãos provindas de Deus, quem seria capaz de dizer que o que fazes é errado?


Saudades de quando eu era néscio.

Eu não era cobrado já que eu não conhecia.

Hoje, se me calo, me torno cúmplice do vandalismo que certos líderes religiosos fazem com o evangelho.

Não quero ter, em minhas mãos, o sangue das pessoas enganadas com falsas promessas sobre os púlpitos.



Opinião do Blog:

Em outras ocasiões tratamos sobre isto no blog, quanto mais você conhece, mais você se aflige.

Nenhum assunto trás mais inimizade do que o tema igreja e suas trapalhadas em nome de um deus que é cego, surdo e mudo, e de um espírito que esta bem longe de ser santo.

Continuamos caminhando na Graça, de graça e apontando aos nossos leitores um caminho livre, leve e solto, simples de andar, aonde não se compra e nem se vende a paz, o amor e a fé.

Crédito da matéria: Papo de teólogo

Igreja Original



"No início, a igreja era um grupo de homens centrados no Cristo vivo.
Então, a igreja chegou à Grécia e tornou-se uma filosofia.
Depois, chegou à Roma e tornou-se uma instituição.
Em seguida, à Europa e tornou-se uma cultura.
E, finalmente, chegou à América e tornou-se um negócio." - Richard Halverson

Me pergunto em qual dessas fases da igreja tem me inspirado em minha vida cristã, e espero fortemente que seja na primeira, na original.

Fonte: Igreja Emergente

Dizimo de: Ouro, Prata e Bronze.




As perguntas mais freqüentes que me chegam a respeito de dízimos e ofertas são apenas três.

A primeira é simples:

Tem que ser 10% do salário ou ganho mensal?

Minha resposta é: "não".

O percentual estabelecido na Lei de Moisés obedece a mesma lógica dos outros quatro elementos da estrutura religiosa do judaísmo:

A consagração da parte era apenas o caminho pedagógico para a consagração da totalidade.

No Antigo Testamento Deus estava prioritariamente associado a um lugar (o Templo), um dia (o shabat), uma atividade (o culto) e um grupo de pessoas (os sacerdotes).

Mas no Novo Testamento "Deus não habita em templos feitos por mãos humanas" (Atos 7.48,49), já não se deve julgar ninguém pelos "dias de festa ou sábados", pois todos os dias são iguais (Romanos 14.5,6; Colossenses 2.16,17) e todos são sacerdotes (1Timóteo 2.5; 1Pedro 2.9,10), que fazem tudo, seja comer, seja beber, ou qualquer outra coisa, para a glória de Deus (1Coríntios 10.31).

Assim também a ordem para entregar os dízimos a Deus era apenas uma disciplina temporária, até que o povo aprendesse que a Deus pertence "toda a prata e todo o ouro" (Ageu 2.8).

O princípio dos dízimos e das ofertas visava a ensinar que tudo pertence a Deus e deve ser administrado na perspectiva de beneficiar sempre o maior número possível de pessoas.

A entrega dos dízimos é o caminho do aprendizado da generosidade e da prática da justiça e da solidariedade.

Quem é solidário não faz conta: reparte, compartilha, doa generosamente sem se preocupar com percentuais.

E justamente porque seu coração é generoso, se alegra em doar sempre e cada vez mais.

A segunda pergunta quer saber se o dízimo deve ser entregue obrigatoriamente na Igreja.

Também respondo que não.

A Igreja é sim, em tese, uma instituição através da qual se pode distribuir riquezas e socializar recursos.

Mas o importante é que a riqueza esteja circulando para abençoar o maior número possível de pessoas, tanto através da estrutura organizacional da Igreja quanto das redes de relações: comunitária, familiar e fraterna, que existe ao seu redor.

A terceira e última pergunta é a respeito da necessidade de quitar os atrasados no caso de falha na contribuição um mês ou outro.

Também acredito que não.

A contribuição financeira não é um pagamento ou uma obrigação, mas um gesto voluntário e espontâneo: Deus ama quem dá com alegria (2Coríntios 9.7).

Aquele que aprendeu com Jesus que "mais bem-aventurada coisa é dar do que receber" (Atos 20.35), sabe que a possibilidade de repartir é um privilégio (2Coríntios 8.1).

A discussão legítima, portanto, não é a respeito de dízimos e ofertas, mas de solidariedade e prática da justiça, no âmbito pessoal, comunitário e coletivo:

"Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra.

Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre.

Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça, para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.

Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus.

Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com todos" (2Coríntios 9.7-13).

Por Ed René Kivitz, no site da Ibab.


Opinião do Blog:

Muito boa às colocações do autor, voluntariedade, amor, solidariedade e consciência do porque contribuir.

Somente conhecendo a Graça, de graça podemos ajudar livres de barganhas, percentuais, acertos, acordos, etc...

Quem paga o dizimo, tem aquela certeza de estar fazendo a sua parte, mais para quais fins estão usando sua grana? Se você não se importa com isso, esta jogando seu dinheiro no lixo.

Pensem nisto..

Crédito da arte: verticontes.blogspot.com

Conhecereis a verdade e ela vos assustará.

Apóstolos? Brasileiros

Estaria Jesus bem assessorado?!

Você já imaginou se Jesus viesse hoje para o Brasil, que tipo de apóstolos Ele encontraria?

Abaixo segue uma lista selecionada de doze apóstolos tupiniquins.

Dentre eles há heróis,vilões e empresários; veja o perfil e história de cada um!



Apóstolo Miguel Ângelo

O fundador da igreja Cristo Vive foi o pioneiro da idéia apostólica no Brasil. Angolano, iniciou seu ministério com o canadense McAllister na Nova Vida. Atualmente tem 39 diplomas de nível superior em seu currículo e a igreja a qual dirige na zona oeste do Rio de Janeiro conta com mais de 56 mil membros, com igrejas até em Portugal. Na convenção internacional da qual faz parte, ele é o apóstolo das nações de lingua portuguesa. Sem dúvida, um dos mais bem sucedidos “apóstolos” dessa lista.



Apóstolo Estevam Hernandes

Esse se tornou símbolo da situação caótica que se encontra o evangelho no Brasil. Estevam e sua esposa, bispa Sônia, saíram de sua antiga denominação (Igreja Cristã Pentecostal do Brasil) e começaram a organizar reuniões informais com famílias amigas, o que mais tarde se formou a igreja Renascer, com um canal de rádio (Gospel FM) e um canal de televisão (Rede Gospel). Atualmente ele e a esposa se encontram confinados em sua mansão nos EUA em prisão domiciliar por terem entrado com 56 mil dólares dentro da Bíblia, enquanto só declararam entrar com 10 mil. Isso fora os escândalos e acusações de lavagem de dinheiro aqui no Brasil. Estevam se diz perseguido como o Apóstolo Paulo; porém nem Paulo, nem Jesus, costumava deixar de pagar seus impostos a Roma.




Apóstolo Rina

Rinaldo, batizado na Igreja Batista Ucraniana, começou seu ministério na Renascer em Perdizes e permaneceu até 1999, quando decidiu abrir uma igreja nova. Chamou sua igreja de Bola de Neve por achar que a igreja cresceria muito. Espiritual, né? Enfim, ele acertou. Cresceu em dois anos 1100% com seu marketing voltado para os jovens. Tem métodos pouco ortodoxos de evangelismo, o que vem sendo bastante criticado entre as igrejas tradicionais. Está ainda em plena ascenção e tem arrebanhado multidões com seu apelo jovem e seu púlpito em forma de prancha.



Apóstolo Valdemiro Santiago

Ex-bispo da Universal, Valdemiro fundou a Igreja Mundial do Poder de Deus em 1998 em São Paulo. Se tornou “apóstolo” sob a concordância de bispos e pastores da Igreja Mundial, baseado em II Coríntios 12:12. Se você acordar cedo poderá ve-lo das 5 às 8 da manhã na Rede TV “fazendo milagres” através de seu suor. Sinceramente, esse tipo de milagre não está na minha lista de “verdades cristãs”.



Apóstolo Doriel de Oliveira

Esse simpático senhor foi o fundador da Casa da Benção, uma das maiores igrejas do Distrito Federal. Mas o ex-ministro do Brasil para Cristo começou longe, lá em Belo Horizonte. Por durante 5 meses fez seus cultos na praça, até conseguirem um templo. A igreja cresceu tanto que, em 1969, foi alvo até de investigação do DOPS (Departamento de Ordem e Política Social, um extinto órgão repressor do Estado Novo, que torturava pessoas que iam contra o regime), que levou à prisão e tortura de alguns pastores. Com essa perseguição, Doriel se mudou para o DF e lá abriu uma nova sede da Casa da Benção. Hoje tem igrejas espalhadas por diversos países do mundo como Portugal e Japão. Um homem batalhador, diga-se de passagem, mas que precisa ter cuidado com a Teologia praticada atualmente em sua igreja.




Apóstolo Carlo Ribas

Esse paranaense é apóstolo pela Igreja Evangélica Unção e Poder (não me perguntem donde vem). Tem apenas 31 anos, alguns diplomas e hoje tem um ministério como conferencista. É presidente mundial (a mais de dez anos, ou seja, virou presidente com 21!) do Ministério Internacional de Libertação (também não me perguntem donde vem) e é autor de 5 livros como o “Desvendando a Bruxaria”. Pelo título já dá vontade de ler, né não? Não sei de onde ele tirou esses ministérios e o título de apóstolo, mas está fazendo a obra? Então tá bom…




Apóstolo Renê Terra Nova

Esse baiano é o que há de arretado. Se tornou pastor na Primeira Igreja Batista em Recife/PE. Em 1992 foi enviado para Manaus a fim de pastorear uma Igreja Batista de lá. Pouco tempo depois deixou a Batista para fundar a Primeira Igreja Batista da Restauração. Adotou o método G12 como estratégia de evangelismo, fundou e difundiu grandemente a visão celular de igrejas (cada igreja cria células nas casas de seus membros e lá eles fazem seus cultos somente se reunindo todos no templo uma vez por semana). Atualmente sua igreja se tornou no gigante Ministério Internacional da Restauração (em um intervalo de 12 anos, seu ministério cresceu de 160 para 70.000 membros). Tem sido muito criticado por ser judaizante (celebra festas judaicas, por exemplo) e por utilizar a teologia da prosperidade.





Apóstolo Ezequiel Teixeira

Filho de pastor Assembleiano, esse carioca, junto com outros dois pastores, em 1987, começou a fazer pequenos cultos na Associação Brasileira de Imprensa, no Rio de Janeiro. Não tinham propósito nem de pastorear, nem de criar membros, apenas de fazer o culto independentemente. Porém, a medida que as pessoas iam aceitando a Cristo e indo para igrejas de ideologias diferentes, viram a necessidade de começar a pastorear as pessoas que se convertiam através de seus cultos; nasceu daí em 1989 o Projeto Vida Nova. Essa igreja, com sede na Vila da Penha, no Rio, sempre foi alvo de críticas pelo estilo “show gospel” de seus cultos. O foco, tal como a Bola de Neve, é o público jovem e hoje o auto denominado apóstolo Ezequiel conta com igrejas espalhadas pelo Brasil e Europa, principalmente Portugal. Mas apesar das críticas, nunca ouvi nenhum escândalo vindo desse Projeto.


Apóstolo Sinomar Fernandes (sem foto)
Esse é um dos defensores da causa apostólica. Nascido em Anápolis-GO e fundador do Ministério Apostólico Luz Para os Povos, ele começou seu ministério como pastor de uma pequena congregação da Igreja da Paz em Goiânia-GO, com apenas 39 membros. Adotou a visão G12 de evangelismo (ganhar, consolidar, discipular, enviar) e também a visão celular. Hoje, junto com o desenvolvimento gigantesco da cidade, possui cerca de 5.000 membros somente em sua Igreja sede, em Anápolis mesmo. Seu método de ação é o seguinte: existe 12 casais de bispos (Conselho de Bispos), seus discípulos, que controlam e supervisionam todas a igrejas do ministério. Cada bispo discipula outros 12 que supervisionam as igrejas sob seu controle e por aí vai. Ainda está em plena ascenção e o apóstolo, junto com seu Conselho de Bispos, ainda pretende chegar a 100.000 membros somente na sede. Pretensão? Visão divina?




Apóstolo Márcio Valadão

O pastor presidente da Igreja Batista da Lagoinha foi ungido “apóstolo” em 2001. Sua igreja se tornou destaque nacional e internacional com o grupo Diante do Trono, inicialmente encabeçado por seus filhos André Valadão e Ana Paula Valadão. A Igreja, construída em 1957 com o nome original de Sexta Igreja Batista de Belo Horizonte, inicialmente dirigida pelo polêmico e eficaz pastor José Rego, que chegou a ser acusado de herético pelo próprio ministério batista, mas que causou um reboliço que culminou no termo “igreja batista renovada”… a igreja Batista da Lagoinha cresceu numa escala sem proporções. Em 1972 o ainda pastor Márcio assumiu a presidência da igreja e criou inúmeros ministérios, ações sociais, a famosa escola bíblica da Lagoinha e muito mais. Não sei do porquê de ter se tornado apóstolo, mas ainda assim o considero um dos homens mais usados por Deus dessa lista. Se você for visitar a igreja, provavelmente vai encontrá-lo de terno, gravata e descalço; isso é um propósito que ele tem com Deus para se manter humilde diante do crescimento da igreja. Legal né? Legal seria se todos fossem assim.





Apóstolo Sérgio Lopes

Essa é a pérola dessa lista, a maior distorção da palavra “pentecostal”. Formado em teologia pelo Instituto Bíblico Quadrangular, Sérgio começou seu ministério fazendo cultos no Automóvel Club de São Paulo. A medida que cresceu o público ele alugou um pequeno espaço na Rua Quatá, São Paulo, e começou ali, em 1999 a Igreja Comunhão Plena. Essa igreja participa do movimento neo-pentecostal (retété ao invés da Palavra de Deus), realiza campanhas gigantescas como o “Abala São Paulo” e, através de seus programas na rádio Musical FM “profetizam”, “falam em línguas” e tudo o mais. Estive uma vez em um de seus cultos denominado “Busca pelo Espírito Santo”. Eram tantas pessoas dançando, tanta criancisse, que precisei me retirar indignado com a falta de respeito à Palavra de Deus. Tudo isso orquestrado pelo apóstolo. Sérgio vive vendo bolas de fogo durante o culto. A verdade é que seu método de apelo sensacionalista e de prosperidade tem arrebanhado multidões e já foi capaz de eleger o Deputado Estadual Lélis Trajano.




Apóstolo César Augusto


Esse jornalista começou seu ministério retirando cerca de 30 meninos de rua e os levando para casa. Sentindo a necessidade de cuidar das pessoas, ele fundou, em 1994, a Igreja Fonte de Vida em Goiânia. Sua igreja hoje conta com mais de 70.000 membros espalhados principalmente pelo estado de Goiás e possui uma rádio e uma TV local. Atualmente conta também com igrejas nos EUA, África e Europa. Cézar, reconhecido como apósto pela Coalizão Internacional de Apóstolos (nem imagino o que seja), virou figura certa na política brasiliense, seu filho foi eleito vereador, e vira e volta você o verá com políticos e pessoas influentes do meio. Ah! Não posso esquecer… o apósto além de escritor também tem 12 cds gravados pelo seu ministério, nos quais ele atua escrevendo algumas músicas, como diretor de produção e ministrando. Um exemplo de apóstolo multi-ação.




O que a Bíblia diz?

Mateus Capítulo 10 (NVI)

5 Jesus enviou os doze com as seguintes instruções: “Não se dirijam aos gentios, nem entrem em cidade alguma dos samaritanos. 6 Antes, dirijam-se às ovelhas perdidas de Israel. 7 Por onde forem, preguem esta mensagem: O Reino dos céus está próximo. 8 Curem os enfermos, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça; dêem também de graça. 9 Não levem nem ouro, nem prata, nem cobre em seus cintos; 10 não levem nenhum saco de viagem, nem túnica extra, nem sandálias, nem bordão; pois o trabalhador é digno do seu sustento.
11 “Na cidade ou povoado em que entrarem, procurem alguém digno de recebê-los, e fiquem em sua casa até partirem. 12 Ao entrarem na casa, saúdem-na. 13 Se a casa for digna, que a paz de vocês repouse sobre ela; se não for, que a paz retorne para vocês. 14 Se alguém não os receber nem ouvir suas palavras, sacudam a poeira dos pés quando saírem daquela casa ou cidade. 15 Eu lhes digo a verdade: No dia do juízo haverá menor rigor para Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade. 16 Eu os estou enviando como ovelhas entre lobos. Portanto, sejam astutos como as serpentes e sem malícia como as pombas. 17 “Tenham cuidado, pois os homens os entregarão aos tribunais e os açoitarão nas sinagogas deles. 18 Por minha causa vocês serão levados à presença de governadores e reis como testemunhas a eles e aos gentios. 19 Mas quando os prenderem, não se preocupem quanto ao que dizer, ou como dizê-lo. Naquela hora lhes será dado o que dizer, 20 pois não serão vocês que estarão falando, mas o Espírito do Pai de vocês falará por intermédio de vocês.
21 “O irmão entregará à morte o seu irmão, e o pai, o seu filho; filhos se rebelarão contra seus pais e os matarão.
22 Todos odiarão vocês por minha causa, mas aquele que perseverar até o fim será salvo. 23 Quando forem perseguidos num lugar, fujam para outro. Eu lhes garanto que vocês não terão percorrido todas as cidades de Israel antes que venha o Filho do homem.
24 “O discípulo não está acima do seu mestre, nem o servo acima do seu senhor. 25 Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo, como o seu senhor. Se o dono da casa foi chamado Belzebu, quanto mais os membros da sua família!



Atos Capítulo 5 (NVI)

40 Eles foram convencidos pelo discurso de Gamaliel. Chamaram os apóstolos e mandaram açoitá-los. Depois, ordenaram-lhes que não falassem no nome de Jesus e os deixaram sair em liberdade.
41 Os apóstolos saíram do Sinédrio, alegres por terem sido considerados dignos de serem humilhados por causa do Nome. 42 Todos os dias, no templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo



1 Coríntios Capítulo 4 (NVI)

1 Portanto, que todos nos considerem como servos de Cristo e encarregados dos mistérios de Deus. 2 O que se requer destes encarregados é que sejam fiéis. 3 Pouco me importa ser julgado por vocês ou por qualquer tribunal humano; de fato, nem eu julgo a mim mesmo. 4 Embora em nada minha consciência me acuse, nem por isso justifico a mim mesmo; o Senhor é quem me julga. 5 Portanto, não julguem nada antes da hora devida; esperem até que o Senhor venha. Ele trará à luz o que está oculto nas trevas e manifestará as intenções dos corações. Nessa ocasião, cada um receberá de Deus a sua aprovação.
6 Irmãos, apliquei essas coisas a mim e a Apolo por amor a vocês, para que aprendam de nós o que significa: “Não ultrapassem o que está escrito”. Assim, ninguém se orgulhe a favor de um homem em detrimento de outro.
7 Pois, quem torna você diferente de qualquer outra pessoa? O que você tem que não tenha recebido? E se o recebeu, por que se orgulha, como se assim não fosse? 8 Vocês já têm tudo o que querem! Já se tornaram ricos! Chegaram a ser reis — e sem nós! Como eu gostaria que vocês realmente fossem reis, para que nós também reinássemos com vocês! 9 Porque me parece que Deus nos colocou a nós, os apóstolos, em último lugar, como condenados à morte. Viemos a ser um espetáculo para o mundo, tanto diante de anjos como de homens. 10 Nós somos loucos por causa de Cristo, mas vocês são sensatos em Cristo! Nós somos fracos, mas vocês são fortes! Vocês são respeitados, mas nós somos desprezados! 11 Até agora estamos passando fome, sede e necessidade de roupas, estamos sendo tratados brutalmente, não temos residência certa e 12 trabalhamos arduamente com nossas próprias mãos. Quando somos amaldiçoados, abençoamos; quando perseguidos, suportamos; 13 quando caluniados, respondemos amavelmente. Até agora nos tornamos a escória da terra, o lixo do mundo.


Créditos:
http://papodeteologo.gospelmais.com.br
http://thiagomendanha.blogspot.com

Eu quero o meu lencinho suadinho!

E Falando em "apóstolos"...

Eu Juro (ops.) que tento não ser tão critico, mais quando topo com estas coisas...



Esta semana eu fiz a peripécia de assistir a um programa do Waldemiro Santiago, da igreja Mundial do Poder de Deus, no canal 21.

Fiquei cerca de 30 minutos esperando para ver se sairia uma pregação, um estudinho básico, ou pelo menos a leitura de dois versículos bíblicos, mas isso não aconteceu.

O que eu vi foi apenas cantação de milagres, testemunhos confusos, e auto-propaganda do ministério.


Vamos e venhamos, Waldemiro tem o comportamento de um homem simplório o que é ótimo num Brasil em que os líderes evangélicos adoram luxo e ostentação.

Porém um homem que espalha lencinhos vermelhos molhados em seu próprio suor, dizendo que através desse pequeno artefato Jesus iria abençoar, não é uma pessoa realmente humilde.

E os diálogos com as pessoas que sobem ao púlpito para testemunhar supostos milagres também não são os mais humildes:

Waldemiro:
A senhora era evangélica?

Senhora:
Eu era de outra igreja, mas recebi o milagre quando passei a frequentar a Mundial do Poder de Deus.

Waldemiro:
Então você era de outra religião!
E agora conhece o Deus da Mundial do Poder de Deus que é diferente dessas outras religiões!
Esse sim abençoa!

Isso não é simplicidade, isso não é evangelho; é apenas um programa de auto-propaganda e comércio, igual ao ShopTour ou Canal do Boi.

fonte: http://papodeteologo.gospelmais.com.br/

Fechamos com o autor, parabéns pela matéria!

Convite a Revolução



À medida que este movimento transformacional cresce, instigado pela renovação espiritual dos crentes, a experiência de fé dos cristãos e sua expressão serão substancialmente alteradas.

Por exemplo, os crentes não terão uma instituição como a da igreja local para usar como muleta ou desculpa para uma fé tímida.

Cada revolucionário consente em ser pessoalmente responsável pela sua condição espiritual - quer ela seja de crescimento ou estagnação.

Queixas sobre o pastor, equipe da igreja, programas, ou outros obstáculos desaparecem das conversas: cabe agora ao crente aceitar ou calar-se.

O fracasso em desenvolver uma vida espiritual robusta passa a ser responsabilidade da pessoa pretendida por Deus: você.

Esta mudança de responsabilidade afetará todas as dimensões da espiritualidade.

Além do crescimento espiritual, os crentes terão a obrigação de realizar atos de serviço comunitário, promover o evangelho, ajudar a família a amadurecer a fé, adorar a Deus regularmente, desenvolver intimidade com Deus, compreender e aplicar o conteúdo das Escrituras, representar o Reino em todas as camadas da vida, investir cada recurso que administrarem pra obter resultados piedosos, e permanecer ligados a uma comunidade de pessoas que amam a Deus.

Em vez de ficar à espera de que outros façam o trabalho; cada revolucionário deve lidar com a obrigação de ser a Igreja com dedicação e excelência.

Essa transformação significa também que os crentes terão uma base muito maior de opções.

O terreno das possibilidades não ficará mais restrito ao que uma congregação propõe, ou ao que suas agências denominacionais sugerem.

Uma infra-estrutura global das atividades e alternativas revolucionárias irá emergir, tornando várias escolhas acessíveis.

Em vista de a Revolução vir naturalmente a encorajar as pessoas com talento para áreas específicas a produzirem um ministério que utilize tais dons, a extensão e qualidade de opções expandirão a influência da Igreja e de cada crente.

Esperar que as crianças sejam levadas mais a sério como seres espirituais.

Os revolucionários têm o dever de orientar a família a ser a Igreja de Deus.

Em vez de entregar os filhos aos outros na esperança de que alguém faça algo que produza algum fruto, os revolucionários aceitarão o desafio de Deus para educar cada filho a tornar-se um campeão espiritual.

A amplitude da Revolução colocará ampla assistência à disposição, a fim de satisfazer essa obrigação sem permitir que os pais abdiquem do seu dever.

No final, a Revolução transforma os crentes a fim de que eles possam transformar o mundo.

A sua percepção da fé se torna mais real e pessoal.

O seu relacionamento com Deus passa a ser mais natural e íntimo.

A Bíblia vem a ser verdadeiramente para eles um livro de sabedoria para a vida, indispensável para viver com retidão e santidade.

A própria existência do crente se transforma em um meio de adoração e evangelização(grifo meu).

A fabricação de tendas - a prática de trabalhar em um serviço não-religioso como um meio de pagar as contas, facilitando o desejo do indivíduo de vir a ser um representante genuíno de Cristo no mundo - passa de uma estranha idéia do primeiro século para um estilo de vida definido e pessoal.

Fonte: George Barna em Revolução. Págs. 113, 114 e 115.
A importância da Revolução.

Mente Livre



Pessoal, não faço campanha política pra ninguem (longe de mim)

Nem móro mais em SP.

Mas...ólha só do que o Kassab livrou os paulistanos !!!


Êêêêta !! Retété !!









Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir.”

Martinho Lutero.










É cada figurinha que me aparece....rs !!

Ólha a cara do fulano !










NÃO PRECISAMOS DE MAIS UM FERIADO RELIGIOSO EM NOSSO PAÍS
Precisamos sim, fazer de cada dia, dia de serviço à Deus e às pessoas.

NÃO PRECISAMOS SER O MAIOR PAÍS EVANGELICO DO MUNDO
Precisamos sim, ser um país justo que valorize às pessoas de um modo que a imagem e semelhança do Criador seja restaurada em cada cidadão brasileiro

NÀO PRECISAMOD DE DECLARAÇÕES PROFETICAS
Precisamos sim, de pessoas que vivam de tal modo a FÉ CRISTÃ, que resulte em transformação da realidade brasileira.

NÃO PRECISAMOS DE MARCHAS DE MILHÕES EM UM SÓ DIA
Precisamos sim, de milhões de pessoas em cada dia servindo com amor ao outro em todos os lugares deste país e do mundo.

NÃO PRECISAMOD DE “MONTANHAS DE SAL” SOB HOLOFOTES
Precisamos sim, do sal diluído de um modo que desapareça entre milhões de pessoas, mas, que o resultado seja uma sociedade com sabor de dignidade.

NÃO PRECISAMOS DECLARAR QUE JESUS É DONO DE ALGO
Precisamos sim, viver desejando ser tão parecido com Ele, que fique claro para todos que pertencemos à Ele.

NÃO PRECISAMOS DE COREOGRAFIAS SANTIFICADAS DE PALCO Precisamos sim, de gente que vive no chão da vida, sob quaisquer circunstancias, o evangelho e todas as suas implicações.

NÀO PRECISAMOS IMPACTAR PELAS ESTATISTICAS
Precisamos sim, impactar pela solidariedade, que nos impulsione a radicalizar no amor, na graça, no perdão, no serviço ao outro.

NÃO PRECISAMOD DE CRENDICES, HAMULETAGENS, MANDINGAS EVANGELICAS
Precisamos sim, de gestos de amor incondicional ao outro.

NÃO PRECISAMOS DE “GRANDES HOMENS DE DEUS”
Precisamos sim, de seres humanos, pessoas, gente com cara de gente servindo no mundo.

NÃO PRECISAMOS DE “ESTRELAS” DA MIDIA NA MIDIA
Precisamos sim, de seres humanos, que sejam sal da terra incluídos na humanidade.

NÃO PRECISAMOS DE MESTRES DO VERBO
Precisamos sim, de mestres/pastores que quando falam os simples entendem.

NÃO PRECISAMOS DE PROMOTORES DO EVANGELHO DOS EVANGELICOS
Precisamos sim, de promotores do evangelho de Jesus de Nazaré

NÃO PRECISAMOS DE DOUTORES DA LEI OU DOGMAS EVANGELICOS
Precisamos sim, de doutores da alma humana.

NÃO PRECISAMOS DE ATIVISMOS OU ATIVISTAS RELIGIOSOS
Pecisamos sim, de servos servindo no anonimato às pessoas no mundo.

NÃO PRECISAMOS DE AGENTES DO EGO HUMANO
Precisamos sim, de agentes que se dobrem e lavem o pés dos feridos do mundo.

Do que mais NÃO PRECISAMOS???

O que de fato nós PRECISAMOS???




Postagens do blog http://mentelivre3.blogspot.com/
Vale a pena dar uns cliques por lá!

Desabafo de um pastor.

Alguns podem dizer que satanás seja o maior tentador e é.

Mas não é o único, a igreja tenta tanto quanto, talvez você esteja assustado enquanto lê este artigo, mas escrevo como um desabafo e que minhas ovelhas me desculpem.

Sinto-me tentado a ignorar a verdade, quando quero ensinar, mas o povo não quer aprender.

Sinto-me tentado a pregar o que o povo quer ouvir em vez de pregar o que Deus quer falar, quando me esforço para ouvir Deus falar, enquanto o povo quer profecias que satisfazem à alma.

Sinto-me tentado a vender bênçãos e amuletos, quando vejo que o povo não quer compromisso com a Palavra de Deus.

Sinto-me tentado a não orar mais, pois o povo prefere festas à consagração.

Sinto-me indignado quando pessoas oram, pulam, gemem para Deus suprir as dificuldades financeiras da Igreja e elas mesmas não dão o dizimo.

Sinto-me tentado em ver tanto desinteresse, individualismo, egoísmo, ingratidão e solidão, parece que o povo não vê a mesma coisa que o pastor vê, não sente o mesmo que o pastor sente e isto me traz um vazio e um sentimento de solidão, estou no meio de muitas pessoas, mas me sinto só.

Olho para o Senhor e vejo que devo amar a Deus, mais do que amo a igreja, ser fiel a Deus, mais do que sou a igreja; se não agir assim serei corrompido pelo comportamento dos homens e mais vale obedecer a Deus que aos homens.

Mas que é difícil é.

Com isso satanás não é o único tentador, por incrível que pareça a igreja também o é.

Fonte: http://www.batistadunamis.br30.com/



Opinião do Blog:

Existe apenas uma saída, levar as pessoas a conhecerem a Graça!

Quem entende a Graça, não vai dar bola para “profecias” nem querer comprar amuletos ou pacotinhos de bênçãos.

Quem entende a Graça, conhece a importância da voluntariedade, não dos 10% taxado pelos homens, mais do seu melhor, independente se é 1% ou 100%.

Quem entende a Graça, é transparente, faz tudo para o bem comum, já resolvido com Deus, tem interesse apenas de compartilhar o amor e a fé com seus semelhantes, trocando experiências e conhecimentos.

Hoje satanás assiste de camarote as trapalhadas da “igreja”, na verdade ele nem tem tanto trabalho assim, só administra aquilo que a maioria dos pajés resolvem.

Os loucos de Deus




SABIA QUE DEUS GOSTA DOS LOUCOS?!?


NÃO???


ENTÃO VEJA SE NÃO TENHO RAZÃO:


Alguma pessoa normal chegaria na frente do mar e diria: ABRE-TE! ?


Alguma pessoa normal bateria com o cajado numa pedra para tirar água??


Alguma pessoa normal diria para um morto há 3 dias: LEVANTA-TE E ANDA??


Alguma pessoa normal ficaria quietinha sentada dentro de uma jaula com leões famintos??


Alguma pessoa normal ficaria rodando em volta de uma cidade durante 7 dias, cantando, até as muralhas da cidade caírem??


Eu acho que ninguém faria isso, né?!


Parece brincadeira.


Afinal... você sabe o que é isso?


Uma coisinha chamada ...FÉ?


Quando a gente tem FÉ, a gente olha e vê o invisível!


E nem se importa com o que os outros vão pensar pois...só Deus precisa ver!


É assim que queremos você hoje:VENDO O INVISÍVEL!


ACREDITANDO NO IMPOSSÍVEL !!!!!


Deus dá a maior força para os loucos!!


NUNCA SE ESQUEÇA :Deus está sempre ao seu lado.


Fonte: http://blogdoagua.blogspot.com ( blog católico)

Humor

<

E agora José, qual deles você é?

CRENTE "CHICLÉTS" - SÓ MASTIGA A PALAVRA, MAS NÃO ENGOLE...
CRENTE PIOLHO - ANDA PELA CABEÇA DOS OUTROS...
CRENTE PIPOCA - VIVE DANDO PULO....
CRENTE MACACO - VIVE PULANDO DE IGREJA EM IGREJA...
CRENTE NÔMADE - VIVE TROCANDO DE HABITAT...
CRENTE PASSAGEIRO - VIVE PASSEANDO DE IGREJA EM IGREJA...
CRENTE CARRAPATO - VIVE COLADO NOS OUTROS...
CRENTE SANGUESSUGA - VIVE SUGANDO OS BENS DOS IRMÃOS...
CRENTE URUBU - VIVE SE ALIMENTANDO DA CARNE DOS IRMÃOS... "HUM... HOJE VAMOS COMER PASTOR A MILANESA!!!!"
CRENTE CAMALEÃO - ESTÁ TODA HORA DE MUDANÇA PARA SE ADAPTAR AO NOVO HABITAT...
CRENTE 007 - ESSE É O AGENTE SECRETO DE CRISTO INFILTRADO NO SUBMUNDO DE SATANÁS...(NINGUEM, REALMENTE NINGUÉM SABE SE ELE É CRENTE, NEM ELE)
CRENTE IÔ-IÔ - ESTÁ SEMPRE SAINDO E VOLTANDO PARA A MÃO DE DEUS...
CRENTE ELEVADOR - ESTÁ SEMPRE SUBINDO E DESCENDO NA VIDA ESPIRITUAL...
CRENTE AVESTRUZ - VIVE COLOCANDO A CABEÇA EMBAIXO DA TERRA QUANDO TEM UM PROBLEMA....
CRENTE LEÃO - NÃO SE META COM ELE, POIS ELE É O REI DA IGREJA...
CRENTE JACARÉ - TEM UMA BOQUINHA...
CRENTE PAPAGAIO - SÓ SABE ORAR COM NO MÁXIMO USANDO 20 PALAVRAS...
CRENTE PINGÜIM - VIVE SEMPRE NUMA GELEIRA ESPIRITUAL...
CRENTE CHUCHU - NÃO TEM GOSTO DE NADA...
CRENTE DENOREX - PARECE MAS NÃO É...
CRENTE BRASTEMP - NÃO TEM COMPARAÇÃO... (COM CRISTO)
CRENTE NIGUEL MANSEL - CORRE UM MONTE MAS NUNCA GANHA UMA PELEJA...
CRENTE RUBINHO BARRICHELO - FREIA NO FIM DA PROVA SÓ PRA DEIXAR TODO MUNDO PASSAR POR VOCÊ NA VIDA ESPIRITUAL...
CRENTE PULGA - TÁ SEMPRE COÇANDO A SUA ORELHA.
CRENTE TOCHA - TÁ TODA HORA QUEIMANDO... "QUEIMA DEMÔNIO, QUEIMA..."
CRENTE KIKO DO CHAVES - ESSE NÃO SE MISTURA COM A "GENTALHA"
CRENTE CHAPOLIN - VOCÊ PODE CONTAR COM TUDO, MENOS COM SUA ASTÚCIA...
CRENTE BALAÃO - ENXERGA ESPIRITUALMENTE MENOS QUE UMA MULA...
CRENTE NOÉ - NUNCA AS COISAS SÃO COM ELE, "NOÉ COMIGO IRMÃO"
CRENTE HOMEM-ARANHA - VIVE SUBINDO PELAS PAREDES POR QUALQUER COISA...
CRENTE 6Hrs - SEMPRE DEPENDENDO DA ORAÇÃO DOS IRMÃOS: "SEIS" ORA POR MIM?"
CRENTE ALELUIA GLÓRIA A DEUS - PASTOR PREGANDO: "PORQUE O DIABO VEIO PARA MATAR..." E O IRMÃO DIZENDO: ALELUIA GLÓRIA A DEUS
CRENTE ZAGALO - OS IRMÃOS VÃO TER QUE ENGOLIR
CRENTE ARI PISTOLA - SÓ CONHECE O ANTIGO TESTAMENTO, A LEI E OS PROFETAS
CRENTE CHACRINHA - SÓ DÁ ABACAXI PARA OS IRMÃOS.
CRENTE TORTÉI - NO SEU INTERIOR, SÓ ABOBRINHA
CRENTE PÃO DE FÔRMA - MIOLO MOLE, CASCA GROSSA, CHATO E QUADRADO
CRENTE REXONA - A BÍBLIA SEMPRE DEBAIXO DO BRAÇO...ARGH, QUE CHEIRO DE SUVACO!!!
CRENTE RADICCI- AMARGO QUE SÓ ELE
CRENTE CABELEREIRO - TRABALHA SÓ PRA FAZER A CABEÇA DOS OUTROS...
CRENTE RIVALDO - SE ACHA O BOM E INJUSTIÇADO!
CRENTE URSO - NO INVERNO, FICA HIBERNANDO.
CRENTE AÇÚCAR - SE SAIR COM CHUVA, DERRETE.
CRENTE QUIABO - VIVE ESCORREGANDO.
CRENTE BORBOLETA - QUE ANDA DE IGREJA EM IGREJA.
CRENTE ÔBA-ÔBA - "TUDO É FESTA".
CRENTE CARRINHO-DE-MÃO - ALGUÉM TEM QUE EMPURRÁ-LO ATÉ A IGREJA.
CRENTE GELINHO - CHEIO DOS "NÃO ME TOQUES!"
CRENTE FLORZINHA DE JESUS - QUALQUER COISA, SAI DA IGREJA.
CRENTE GABRIELA - "EU NASCI ASSIM, EU CRESCI ASSIM, E EU SOU ASSIM, VOU SER SEMPRE ASSIM, GABRIEELA..."
CRENTE MACHADO - QUALQUER IDÉIA, ELE JÁ CORTA.
CRENTE BULE - DE "PÔ CAFÉ" (POUCA FÉ).
CRENTE ESCOTEIRO - SÓ VAI EM ACAMPAMENTO.
CRENTE ROCAMBOLE - ENROLADO...
CRENTE KODAK - VIVE DE REVELAÇÃO.
CRENTE ENXADA - QUANDO O PASTOR ESTÁ PREGANDO, ELE DIZ: "É PRÁ MIM!"
CRENTE PÁ - QUANDO O PASTOR ESTÁ PREGANDO, ELE DIZ: "É PÁ ELE!"
CRENTE ALELUIA - SÓ DIZ ALELUIA NA HORA ERRADA.
CRENTE COM DOM DO CANTO - FICA LÁ NO CANTO DA IGREJA ENCOSTADO, E NÃO QUER SABER DE TRABALHAR!
CRENTE CELULAR - SÓ VIVE DESLIGADO OU FORA DE ÁREA.
CRENTE AVIÃO - VIVE NAS NUVENS.
CRENTE FOGUETE - VIVE NO MUNDO DA LUA.
CRENTE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS - VIVE SONHANDO. ACORDA, ALICE!

E A MELHOR DE TODAS PRA MIM...

CRENTE 333 - CRENTE MEIO BESTA....

fonte: www.deuseterno.com.br

Política

Deus nos livre dos políticos evangélicos

O que escreverei alguns pensarão ter conotações político-partidárias.

Adianto-me e digo: não tem. Aqui há apenas um homem a declarar com verdade o que nos demonstra o Evangelho a respeito da vida.

Causa-me ânsia de vômito ver o que se faz no nome do “deus” para a obtenção de favores, poder e imagem nos idos das eleições.

Indigna-me as transações políticas feitas por homens que, não no uso de suas atribuições de cidadão, mas pura e simplesmente como homens que possuem elevada consideração de rebanhos, ditos “pastores” – que segundo Jesus são para cuidar dos seus e não para ser sobre eles cabrestos dominadores – aproveitam-se (e são aproveitados) da sanha dos canditados a fim de obter Poder.

Lembro-me ainda quando do discurso tolo de que os “homens de Deus precisavam ocupar os lugares elevados da nação a fim de fazer um governo cristão”.

Hoje a questão é pura e simplesmente poder mesmo.

Muito mais do que grana o que querem tais homens é serem vistos como poderosos.

É por isso que púlpitos servem de palanque para tantos frustrados que vêem neles a possibilidade de domínio sobre o outro.

É fácil demonstrar que o Evangelho nada tem a ver com isso.

Não me seria difícil expor que seja com Moisés, sejam os profetas dos períodos dos reis de Israel, seja no período pós-babilônia, seja em Jesus ou seja em Paulo, a amálgama entre poder temporal e a pregação do Evangelho não tem qualquer possibilidade de serem colocados na mesma mesa.

Que se chamem os maiores hermeneutas das letras mortas e coloque-os diante de mim, mas afirmar-lhes-eis o que o Evangelho não esconde: dai a César o que é de César e a Deus o que Lhe pertence.

Ora, o Evangelho age por si mesmo e não precisa de qualquer representatividade por parte do poder constituído para ser conhecido.

O Evangelho é conhecido pela Misericórdia de Deus e não pela força de qualquer missão humana.

Os discípulos serão conhecidos não por suas grandiosas posições sociais, ou por sua representatividade nos gabinetes legislativos ou executivos, mas sim porque se amam com simplicidade uns aos outros.

E aqui a porca torce o rabo: a história demonstra que a prostituição entre cristianismo e política só gerou caça as bruxas na Idade Média, fogueiras a cientistas mandados pelos da Inquisição, criacionismo erigido à força de “ciência” pelos cristãos norte-americanos e muitos outros esquemas ocorridos em nome de Deus, da família e da tradição que os livros de história testemunham e a recente história brasileira (e angrense) exemplifica.

Deus nos salve dos cristãos.

Deus nos livre dos políticos evangélicos.

Deus converta os pastores para que possam parar de brincar de soldadinhos de chumbo postulantes a cargos a fim de obterem poder, festas e Expos com o dinheiro público que nunca poderia ser usado para fomentar a religião e suas festas.

A continuar assim, cedo viraremos repúblicas de aiatolás evangélicos.

Espero estar errado, mas não parece que esteja.

Que Deus nos ajude!

No Caminho onde somos chamados ao Evangelho não para que sejamos poderosos, mas para tenhamos Vida e Vida com abundância,



Opinião do Blog:

O texto é excelente, reflete bem o que falamos faz tempo, política e igreja não combinam deixar essa patota subir nos púlpitos é trair a Palavra e seus propósitos.

O pior é ouvir que sem estes acordos fica difícil a manutenção dos templos, TV, rádios e o sustento do clero.

Dessa forma, é melhor que fechem os templos, as rádios e canais de televisão, que ponham o clero pra trabalhar, dar duro como todo mundo.

A obra de Deus jamais vai ser prejudicada por aplicarmos a Verdade, e é somente com Ela que poderemos vencer.

Parabéns, para os lideres que não misturam as coisas, que não permitem intrusos manipulando seu rebanho, que faz jus ao salário pago pela igreja, que coloca o amor ao pequenino do Senhor sobre todas as coisas.


fonte da matéria: pavablog.blogspot.com

Porque o nome Caminhando na Graça, de graça?

O antigo testamento nos conta a história de um povo que era conhecido por uma característica especial: Caminhavam muito.

Um povo escolhido por Deus, incentivado por Ele a caminhar e despojar-se de planos pessoais.

O novo testamento nos conta que Jesus, o dono de tudo, não parou em um canto qualquer, mais cumpriu tudo, até o final Ele caminhou.

Isto hoje nos parece estranho, mais a idéia do nome Caminhando na Graça, de graça, vem do sonho que temos em viver exatamente como um dia foi ordenado por Ele.

Caminhar é necessário, quem para, enferruja, fica preso nos seus próprios medos.

Caminhar é ousar, é ter vontade de realizar, aproveitar bem o tempo, viver intensamente cada instante.

Caminhar é ser despojado, não ter medo de perder a pose para mudar.

Caminhar é não ser omisso opinar, questionar, mais principalmente respeitar as diferenças.

O complemento que colocamos “de graça” foi para provocar um choque, e olha que conseguimos afinal hoje, tudo é associado à grana, ou uma gama infindável de produtos.

Quando começamos a falar que tudo já estava pago, chocou muita gente, até hoje as objeções não param de surgir.

Engraçado que não fazem nenhuma objeção sobre a mudança nos objetivos das igrejas, fingem não ver nada para manter as aparências, não opinam e não sugerem o que tem vontade, simplesmente porque no fundo sabem que nunca serão ouvidos, sabem que se encherem muito os “ungidos”, vão acabar sendo taxados de rebeldes e ficarão em um belo banco ou serão convidados a se retirarem.

E isto para nós não é caminhar na Graça, sabemos que existem líderes e pastores sérios, estes são aqueles que abrem o dialogo para debater os problemas sem radicalizar.

Como é bom participar de uma igreja sadia, uma comunidade em que as pessoas se tratem com respeito, amor e sinceridade, onde os abusos são evitados, onde os lideres usem menos técnicas comerciais para instruir seu rebanho, onde a igualdade seja praticada não só de boca mais em verdade.

Conhecer Cristo é aprender a amar, vivendo a palavra não de uma forma estática, mais se envolvendo com Ele de forma sincera e simples.

Levar nossos leitores a uma reflexão sobre os verdadeiros valores da Bíblia, tem nos alegrado, pois para nós, Ela basta!


Marcelo & Eunice

Alerta com humor

Lei seca




e falando em Lula...



Derci.. me dá um selinho ai vai..


Com direito a versículo bíblico no folheto...





Atenção Varoas para nova lei do cinto de segurança






Parece Piada, mais não é... clique em cima da imagem para uma melhor visualização










Tem gente que ainda cai nessa, em caso de desespero e dor, dobre o joelho, busque a Cristo em oração, ele não te abandonará nunca, e isso não tem preço, pois já foi pago na cruz, coloque uma coisa na sua cabeça: SÓ CRISTO É INTERMEDIÁRIO ENTRE VOCÊ E DEUS, ELE É O SEU ADVOGADO, ÚNICO QUE PODE TE AJUDAR!

Créditos das imagens:
http://pavablog.blogspot.com
http://verticontes.blogspot.com
http://rogerio.rizzo.zip.net/

e as seis últimas me foram enviadas pelo amigo pastor Joel.

O que você achou desta matéria? passe o mouse e vote!

Crer e Andar





CONVERSÃO é não ter absolutamente nenhum outro ponto de vista que não venha do Evangelho.

CONVERSÃO é não ter nenhum outro ponto de partida que não parta do Evangelho.

CONVERSÃO é não ter nenhum outro ponto de chão para caminhar que não seja o do Evangelho.

CONVERSÃO é não almejar nenhum outro ponto de chegada que não seja o do Evangelho. OU SEJA!

CONVERSÃO é está impregnado do Evangelho dando razão a Deus todo dia, num processo que pode ter começado um dia, mas que só terminará no dia em que transformados de glória em glória nós nos tornarmos conforme a semelhança de Jesus.

CONVERSÃO é renovar a mente todo dia.

CONVERSÃO é ler este século e não nos conformarmos com ele.

CONVERSÃO é ver mundo no mundo, e ver mundo no que se chama de Igreja.

CONVERSÃO é chamar de mundo não necessariamente o ambiente fora das paredes eclesiásticas, e chamar de Igreja o ambiente dentro das paredes eclesiásticas.

CONVERSÃO é saber que mundo é um espírito, um pensamento, ou uma atitude que pode estar em qualquer lugar, e está freqüentemente nos concílios de um modo muito mais sofisticado do que está nos congressos políticos explicitamente definidores de política no mundo.

CONVERSÃO é manter a mente num estado de arrependimento constante, de metanóia, de mudança de mente, que por vezes acontece com dor, outras vezes só pela consciência que vai abraçando o entendimento e vai dando razão a Deus, e vai dando razão a Deus, e vai dando razão a Deus, e vai dizendo Deus tem razão, a Palavra tem razão, e se ela tem razão eu quero conformar a minha vida conforme a verdade do Evangelho.


Caio
www.caiofabio.com.br

O que você achou desta matéria? passe o mouse e vote!

Recomeçar...



Correr para o lado contrário, remar contra maré não é fácil, o fato de você bater em retirada não é sinal de derrota.

Recomeçar tem lá suas chatices, por um tempo você fica sozinho, deslocado com aquela sensação de abandono, tristeza.

Mais depois, você vai se adaptando se ajeitando.

O importante é a base desse recomeço,

Não tem forma melhor de reiniciar uma caminhada, reconhecendo que precisamos de Cristo, que Ele é o único e suficiente, para dar-nos a vida eterna a paz e o verdadeiro amor.

Mesmo na dor, nas lágrimas o que é inevitável para todos nós.

Hoje mesmo, sua vida pode mudar, onde você estiver, curve sua cabeça e faça uma oração.

Não é preciso muita coisa, só a sua sinceridade...

Cristo já se entregou na cruz para tornar todos nós, Seus.

Abra o seu coração para Jesus, creia, O aceite como único Senhor e Salvador pessoal.

Aprenda os Seus ensinos. De liberdade para mudanças, recomece zerado.

Ame-o, nunca barganhe uma benção ou Sua resposta, assim a vontade Dele será mostrada para com a sua vida.

Seu nome será escrito no livro da vida, onde ninguém jamais poderá apagá-lo.

Leia a Bíblia (a partir de Cristo) procure outros cristãos que tenham a Palavra como única regra de Fé, compare com a Bíblia aquilo que te falarem, você encontrará um local bacana para essa nova caminhada.

Siga em frente, não desista nunca, Jesus te Ama!


Bibliografia:

Nenhuma






O que você achou desta matéria? passe o mouse e vote!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...