Orai...(2)

Tenho um sério defeito quando alguém esta orando ao meu lado ou no microfone da igreja

Pego rabeira nas palavras e presto atenção naquilo que estão falando, concordando ou não com o que esta sendo dito.

A minha oração passa então a ser a mesma oração de quem esta fazendo.

Porém noto que as pessoas quando oram na frente das outras encarnam personagens que não condizem com quem realmente são

A oração tem que ser espontânea, descomprometida com tempo, temas, local, tem que brotar do fundo do coração e se não existir verdade nela, nenhum efeito terá.

As experiências mais chatas que tive orando foram aquelas programadas, tipo:

- Irmão comece o culto, você tem 10 minutos para orar ao microfone,

Ou:

- Tem uma hora para orar na vigília, (alias quando isto acontece comigo não deixo de levar a colinha com a relação de quem devo apresentar) isto porque já cansei de ver irmãos orando duas horas no stop e repetindo milhares de vezes a mesma coisa, as mesmas pessoas, lugares, situações etc... Não tem coisa mais entediante...


Então afinal qual é a forma certa de orar?


Lendo os evangelhos, noto que a coisa é mais simples do que pensamos.

O que Jesus ensinou sobre isto?

Se conseguirmos vencer nosso eu, crendo Nele de todo nosso coração e toda nossa força, e confessarmos que sem Ele nada somos, venceremos o mal, assim nossos pensamentos, olhares e palavras serão ininterruptamente uma oração.

Fiquem na Paz

Marcelo eee Eunice

2 comentários:

Danilo Fernandes disse...

Irmão,

Falei de você no meu blog. Passa por lá, pega o selinho e olha a confusão que eu arrumei.
Abraços

Danilo
http://genizah-virtual.blogspot.com/2009/05/l-uclecia-me-mandou-dois-selinhos-de.html

IGREJA BATISTA BERÉIA disse...

Marcelo você foi contemplado duas vezes com dois selos (os mesmos), parabéns!! Eu também o indiquei.
Fique na Paz!!
Pr Silas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...