Quem esta no comando?



Os anos passam, noto obreiros de talento sentado em cima dos púlpitos, cabisbaixos, tristes por não poderem botar pra fora o que realmente sentem.

Gente boa que acham que se falarem ou questionarem algo jogarão o "seu ministério no lixo"


Mais afinal o que é ministério? (minhas duas definições)

1 - Organização (com CNPJ) que adota técnicas anti bíblicas para formar um rebanho a fim de obter lucros e serviços voluntários.

2 – Organização (com CNPJ) que divulga os ensinos bíblicos de forma séria procurando o bem das pessoas.

Infelizmente a maioria dos ministérios atuais está atuando na primeira definição, um dos tantos sinais do desprezo pelo ensino simples e sério da Bíblia, é a programação de milhares de eventos sempre com pregadores e bandas estrelas, tudo pago (e muito), tudo mega para atrair multidões, tudo por atacado (até milagres) e tudo em troca dos dividendos (que alcançam somas bem expressivas)

Nada anônimo, voluntário, simples, quieto, sem holofotes, sem fama, sem lucro, sem ambição, sem ouro ou prata.

E aquele obreiro que falei no inicio do post fica lá, como simples objeto de enfeite, frustrado e cada vez mais submisso, quieto engolindo a seco dia apos dia, as mudanças que presencia naquela igrejinha antes simples agora forrada de super crentes, que não admitem mais a dor, doença ou dificuldade financeira, pois aprenderam que passar dificuldades nesta vida é ter falta de fé ou estar em desobediência com Deus.

Solidarizo-me aos obreiros e pastores que derramam lágrimas, não pela evolução dos cânticos ou técnicas de ensino, pregação ou crescimento, mais pelo abandono de muitos pastores presidentes aos ensinos de Nosso Senhor Jesus,

Pastores estes que tem influenciado milhares de jovens e até mesmo muitos crentes já experientes a adotarem seus métodos e idéias em troca de status e honras ministeriais.

Pastores estes que tem simplesmente deixado no freezer aqueles que levantam uma opinião contrária a seus atos e ensinos, fica lá congelado tendo de vez em quando uma oportunidade para um amém no final do culto.

Para vocês obreiros e pastores desprezados, heróis dos bancos e intercessores incansáveis pelo rebanho de Cristo, deixo a seguinte mensagem:

Devemos continuar insistindo em imitar o serviço prestado por Ele.

Jesus, o fundador do ministério cristão, deixa claro que devemos servir e não nos preocuparmos em sermos servidos (Mateus 20:28 e João 13:4)

Ninguém tem o monopólio dos dons e ninguém que confessa o Nome de Cristo é deixado vazio. Cristo opera sempre para o bem daqueles que o buscam, nem sempre com “fogo” como estamos acostumados, na “brisa” ou no “silêncio” lá Ele esta também.

Quem se glorifica pelos dons que tem brilha sozinho, sem a Luz de Cristo, assim este brilho tende a se apagar muito rapidamente e logo tornarem-se trevas.

Podemos juntos, com Cristo no comando, fazer a diferença!

Passo a passo, seja firme e constate... não desista!!!!

Marcelo e Eunice

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...