Feliz Natal...



Aproximadamente 2000 anos atrás em uma cidade conhecida por “casa de pão” ou Belém, a poucos quilômetros de Jerusalém, em um tabuleiro de estrebaria (aonde se põe comida para os animais) sob os olhos atentos do gado ali abrigado, nasce o Salvador, Jesus!

Não tinha lugar nas hospedarias e nem alojamentos para Ele, desde seu nascimento o Caminho estava sendo indicado, o exemplo de humildade inaugurando uma nova era na vida de todos os homens.

Foi o acontecimento mais importante de toda Bíblia, o libertador chegara, porém não da forma como todos esperavam, com pompas e espadas.

Dia a dia revelava uma mensagem nova, diferente do que todos estavam acostumados ouvir no templo e nas sinagogas, os princípios eram outros:

“Quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado”,
“A vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens”,
“Quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a sua vida por minha causa, a encontrará”
“Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá”,
“Quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?”

E muito mais que não vou copiar para o texto não ficar cansativo,

Ficou claro a nossa incapacidade de sermos salvos, a lei praticada pelos homens até a chegada de Cristo e por muitos até hoje, produz falsidade, tristeza, confusão, condenação menos santificação e arrependimento a Deus.

Somos pobres, necessitados, ignorantes, vivemos no cativeiro das achologias intermináveis e cremos fortemente que nossas fórmulas nos trarão a vida eterna e a simpatia de Deus no grande dia em que todos seremos julgados.

O único que pode nos ajudar nesta viagem, para um destino certo e seguro é Jesus Cristo nosso redentor, este sim liberta e nos enriquece por dentro, fortalece-nos em momentos difíceis, nos faz menos ignorantes, dá refrigério em dias de angustias, faz-nos felizes mesmo diante de obstáculos e o mais importante: Quem abre o seu coração e deixa-O entrar, ganha a maior de todas as bençãos: a salvação eterna.

Não me importando com calendários, a demonização que muitos fazem ao velhinho Noel, a arvore de natal, aos enfeites, etc... quero falar que todo ano, me emociono como no tempo de criança, que eu ia para o quarto (fingir que ia dormir) aguardando dar meia noite para ir pegar meu presente

O clima muda, as pessoas ficam mais sensíveis, nos púlpitos falamos mais do que tanto comemoram nesta data, que tipo de homem Jesus foi e como Ele nasceu, cresceu, viveu e morreu na cruz.

Também que a cruz não foi o seu fim, Ele ressuscitou e continua sendo bondoso, paciente, continua perdoar e operar milagres continua a não desprezar ninguém, nem pobres, ricos, brancos, negros, altos, baixos, novos e idosos todos que o procuram recebem alivio imediato.

Tenha um feliz Natal, tomando a decisão mais importante da sua vida, resolva de verdade e de uma vez por todas, a questão de sua atitude para com Cristo.

Seu futuro vai refletir o que decidir e viver agora

Feliz Natal ho ho ho ...


Marcelo e Eunice

Um comentário:

Alisson Bruno disse...

Graça e Paz...sempre leio seus artigos,são ótimos!!
gostaria de convidar para dar uma passadinha mos meu e me seguir,me ajude a anunciar o meu blog,desde já agradeço!!!

napalavradosenhor.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...