ABSOLUTAMENTE TUDO vem de Deus !

Foi o comentário de um amigo na postagem Reteté que colocamos, queremos expressar nossa opinião a respeito:


"E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade.”

(II Tessalonicenses 2:11-12)


Cremos que Deus permite que pessoas se arruínem a si mesmas, removendo deles os meios da graça, toda esta questão não gira em torno da suposição que os homens não possam arrepender-se e receber a verdade: mas gira em torno do fato que NÃO QUEREM FAZER ISSO, VISTO QUE AMAM O ERRO.

Por causa de tal escolha VOLUNTÁRIA é que lhes cumpre sofrer.

Em Romanos 11:32, lemos: “Pois Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, a fim de para com todos usar a misericórdia”.

Esta passagem mostra-nos que até mesmo os severíssimos decretos de Deus envolvem um propósito bom e benéfico, para aqueles que reconhecerem o erro de seus caminhos.


Existe o evangelho do verdadeiro Cristo, que exige aceitação, fé e a entrega da própria alma a Cristo o que não tem nada a ver com a mera aceitação de costumes, preceitos, crenças, dogmas, placas, homens, etc...


Existe o evangelho do falso cristo, este acompanha muitos milagres, poder, unção, prosperidade, etc., todos os eventos que colocam o sacrifício de Cristo e a Bíblia em segundo plano, feitos por personagens que se perverteram e não mais conseguem dar créditos a Verdade e voltarem à simplicidade da Palavra.


A maior mentira de satanás é proporcionar um fictício bem estar, o senso de realização pessoal e verdadeira vida.

Fica a sua escolha, qual evangelho quer seguir?


Cremos que naquele dia não terão pessoas desavisadas, de algum modo quem fez a escolha foi você!


Marcelo eee Eunice - Caminhando na Graça, de graça!

Pode a igreja rica do Ocidente ser a Sodoma moderna?

Por: Daniel Grubba do blog Soli Deo Gloria




Eis que esta foi a iniquidade de Sodoma, tua irmã: Soberba, fartura de pão, e abundância de ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca fortaleceu a mão do pobre e do necessitado. -Ezequiel 16.49-


No verso acima, e em todo contexto imediato do capítulo 16, o profeta Ezequiel brada sua voz contra o povo de Jerusalém. Sua denuncia era que o povo de Deus tinha ser tornado tão perverso quanto o povo de Sodoma. E não pense que Deus estava falando apenas da imoralidade sexual, como todos nós costumamos associar quando ouvimos falar da cidade de Sodoma. Pensar deste modo é se apegar a uma visão bastante parcial e relativa.

Qual era o pecado então? Ora, o que diz o texto? O povo de Sodoma se tornou, em virtude de sua ganância materialista (fartura de pão), um povo absolutamente omisso em relação ao pobre e necessitado. E por isso foi destruído.


E como a igreja rica do Ocidente tem se comportado? Porque é tão raro ouvirmos nossos profetas condenando a omissão pecaminosa em relação aos pobres? Porque não ouvimos falar em nossas igrejas acerca dos 30 milhões de famintos que morrem por dia e de 2/3 da população mundial que mal tem o que comer? Ronald J. Sider questiona em relação a nossa omissão em seu perturbador livro "Cristão ricos em tempo de fome": Porque será? Será que temos permitido que nossos interesses econômicos e egoístas torçam a interpretação das Escrituras?

Veja este impactante vídeo produzido pela galera do United e pense um pouco a respeito do pecado de Sodoma e se tiver sinceridade questione seu papel no mundo, assim como estes ricos cristãos australianos fizeram.

Retété, sapato de fogo, cai cai, aviãozinho e outras coisinhas,,,,

Tive uma fase que gostava muito de montes e vales

Vi muitas coisas nestes lugares que me deixaram perplexos

Algumas tenho certeza que vinham de Deus, outras (a maioria) não.

Este é o ponto, como discernir o que é Dele e o que não é? Na emoção da "rodinha de fogo" tudo passa batido, tudo é atribuído ao poder Dele.

Instalou-se uma coisa em nosso meio que para ser santo é necessário ser cheio, transbordante, alucinado na "unção" e no "poder".

Quanto mais pular, rodar, gritar e babar (ops falha nossa), mais santo e exemplo perante a igreja é.

Em uma de minhas idas ao monte, estávamos numa rodinha ajoelhados, quando derrepente o pessoal começou a entrar no mistério por causa de um "anjo" que estava em uma arvore.

Olhei e realmente vi um vulto branco no topo de uma arvore balançando, chamei um pastor amigo e comentei que aquele anjo estava meio estranho....

Em acordo com ele, pegamos uma lanterna e focamos na arvore que estava o "anjo" e para nossa surpresa tratava-se de um "irmão" vestido com terno branco brincando de peter pan no topo da arvore.

O pessoal ficou decepcionado, até porque a estas alturas já tinham profetizado que era o Gabriel, Manoel, Xazam, etc.... que estava lá.

Depois desta vez, nunca mais me convidaram para acompanhá-los....

Antigamente víamos claramente as diferenças entre pentecostais, neopentecostais e tradicionais, éramos mais saidinhos que os tradicionais, porém mais cuidadosos que os neopentecostais.

O negócio foi bagunçando de tal forma que hoje não vemos diferenças alguma entre pentecostais e neopentecostais, a emoção sobrepôs os ensinos bíblicos.

E quando isto acontece, distanciamo-nos muito de agradarmos ao Senhor, alegrem se no Senhor, mais não excedam os limites de Seu querer.

Na duvida, fica um conselho, pegue a lanterna (Bíblia) e veja se o que estão te submetendo esta correto, não se esqueça de comparar texto com contexto, de ver se o texto é prescritivo ou descritivo, não engula qualquer coisa que põem a sua frente, seja crente em Cristo e não em costumes ou homens...

Pegar a lanterna, não é uma atitude popular mais funciona rsrsrsr


Pensem nisso.....

Marcelo eee Eunice Caminhando na Graça, de graça!

ASSEMBLEIA DOS deuses

Por: Bereianos



Desculpem a expressão mas, que zona é essa? Centro de macumba? Na verdade é mais um "centro de repleplé" (in)decente e com (des)ordem. Coisas do mundo sincrético Brasileiro. Como disse Eliézer, trata-se de uma "candom-bléia"! Bíblia neles!

"Tudo, porém, seja feito com decência e ordem." 1 Co 14:40


Opinião do blog:
Infelizmente isto se espalhou com uma velocidade incrivel, Assembleia de Deus como tantas outras, não escapou disso e a muito tempo não é mais a mesma, raros são os pastores que tem peito pra combater isso ai.... pena, sinto muita tristeza como assembleiano em ver um povo tão distante da simplicidade do evangelho.

Peroba Nele!

Por: Adonainews - Notícias do meu Senhor.



Gostaria de dividir com os internautas da Arcauniversal e, especialmente, do meu blog, um assunto extremamente sério.


Como vocês estão vendo, estamos disponibilizando, cada vez mais, material, não só para o crescimento espiritual dos nascidos de Deus, como também tentando ajudar aqueles que o querem.

Daí, a razão dessa mensagem.

Aqui vão as despesas mensais com o site:

- Hospedagem de Servidores
- Salário dos Funcionários
- Serviço de Imagens
- Luz/Água/Telefone + Gastos Administrativos

Em um Total de Custos de: R$ 107.622,00

Se você já tem sido meu auxiliar no rádio, não quero colocar mais um peso sobre você. Caso contrário, gostaria de pedir sua participação nesse trabalho evangelístico via internet. Se você tem sido beneficiado nesse trabalho e deseja participar do mesmo, você pode ajudar com um pouco que somado a outro pouco vai ajudar a pagar as despesas.

Se o Espírito Santo lhe tocar para nos ajudar a carregar essa responsabilidade, então faça sua doação da seguinte forma:

Através de nosso site, clicando neste link ou, se você preferir, por meio de depósito bancário em nome da Igreja Universal do Reino de Deus.


Edir Macedo


ps. Fala sério! vai ser cara de pau em outro lugar!



Opinião do blog:
Essa coisa pega, tem um monte de blog "evangélico" pedindo contribuição para pagar a "manutenção do blog", era só o que faltava!!!!

“O PAI NOSSO” ─ MODELO EMPRESARIAL GOSPEL

Por: Levi B. Santos




Pai nosso, que estais nos céus,
Comercializado seja o vosso Nome.
Venha a nós muito dinheiro.
Seja feita a nossa vontade:
Mansões na terra e um lar no céu.



O milhão nosso de cada dia, nos dai hoje.
Perdoai as nossas dívidas,
Assim como nós as cobramos dos nossos devedores.
Não nos deixeis cair em nossas armações,
Mas livrai-nos do fiscal.



Porque este reino, e este poder,
São a nossa glória para sempre.
AMÉM.

"GENESIO QUER SUA ALMA ELA TEM $$$$$ ?"

Por: Exejegues



A fé vem sendo transformada em “produtos”, isto é, há um ritual ou manifestação específica que promete cura/libertação de problemas nas quais as pessoas enfrentam, sejam eles de ordem material ou “espiritual”. Entre os mais comuns, podemos citar os que se referem a falta de dinheiro e/ou emprego, a cura de doenças que vão desde uma infecção simples até um câncer terminal, a libertação da insatisfação vivida pelos cônjuges, a libertação de alguma “possessão demoníaca” que é culpabilizada pela vida não estar dando certo, etc.

como dizia um irmao aqui brincando sobre os absurdos no meio cristao : uns fé(de) muito outros fé(de) pouco!

Rui Raiol desmascarado! Falsa profecia sobre Samuel Câmara.

Por: Leonardo G. Silva - Th.M. Púlpito Cristão Via: Bereianos




O pastor Rui Raiol, no site “Chamados para o Altar”, noticiou no dia 16 deste mês a vitória do pastor Samuel Câmara nas eleições presidenciais da CGADB. O motivo da publicação antecipada seria a suposta revelação que ele teria recebido de Deus durante seu programa de rádio. O momento exato da profecia se dá depois dos 8 minutos de pregação.

“Escolhida minha nesta cidade: Eu sou o Deus que enviei a Daniel Berg [...] Eu tenho planos para Belém [...] Ele chamou um homem do Brasil. ELE CHAMOU A SAMUEL CÂMARA! Porque Deus chama e ergue quem ele quer [...] E chamei a Samuel Câmara e ninguém poderá derrubá-lo, e entregarei nas mãos dele essa igreja” – transcrição da “profecia”

Ontem, dia 23 de abril, foi divuldada a notícia de que o pastor José Wellington, fora reeleito para a presidencia da CGADB. Na madrugada de hoje (24/04) visitei o site do Rui, a falsa notícia continuava lá – atestando contra ele e a sua profecia mentirosa. Meninice! Carnalidade! Rachou a cara! Eis na prática o que estamos a denunciar aqui no Púlpito: nem tudo que reluz é ouro! Discernimento, igreja... Discernimento.

"E disse-me o SENHOR: Os profetas profetizam falsamente em meu nome; nunca os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei; visão falsa, e adivinhação, e vaidade, e o engano do seu coração são o que eles vos profetizam". Jr 14.14

"Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o SENHOR, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com as suas leviandades; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem e não trouxeram proveito nenhum a este povo, diz o SENHOR". Jr 23.32


Obs.: Por via das dúvidas eu printei a tela contendo a falsa profetada, caso alguém venha a retirar do ar a notícia:




Ps: já ganhou nossa indicação para os amigos do Genizah como forte candidato a profetada da semana, mês e ano.....

Silas Malafaia e Renê Terra Nova - versus - A Verdade do Evangelho.

Por:Na Frequência




No dia 18 de Abril de 2009 completa um ano que o site NaFrequencia.com lançou seu primeiro vídeo na internet: "Silas Malafaia e Renê Terra Nova - Qual o propósito?".

O vídeo original e mais algumas reproduções chegaram a mais de 50.000 cliques.

O amor e a simplicidade de Cristo tem algo a ver com este "evangelho" de hoje? Se você ainda tem dúvidas, nos acompanhe...

O que você vê e ouve em nosso site é o convite à Revolução, aquela que é interna e acontece nos corações dos que buscam a Verdade do Evangelho, a mesma que contagia, que liberta almas cativas e traz a certeza de estar no Caminho certo.

Fique por aqui, pois nosso objetivo é estar “Na Freqüência” com este Mestre!

“1º - Fica ordenado que nunca mais se oferecerá nenhuma Graça em troca de nada, e que o dinheiro perderá qualquer importância nos cultos do homem. Os gazofilácios se transformarão em baús de boas recordações, e todo dinheiro em circulação será passado com tanta leveza e bondade que a mão esquerda não ficará sabendo o que a direita fez com ele.

2º - Fica estabelecido que todo aquele que mentir em nome de Deus vomitará suas próprias mentiras e delas se alimentará como o camelo, até que decida apenas glorificar a Deus com a verdade do coração.

3º - Nunca mais ninguém usará a frase "Deus pensa que...", pois, de uma vez e para sempre, está estabelecido que o homem não sabe o que Deus pensa.
4º - Estabelecido está que a Palavra de Deus não pode ser nem comprada e nem vendida, pois cada um aprenderá que a Palavra é livre como o Vento e poderosa como o Mar.

5º - Permite-se para sempre que onde quer que dois ou três invoquem o Nome em harmonia, nesse lugar nasça uma Catedral, mesmo que esteja coberta pelas folhas de um bananal.

6º - Fica proibido o uso do Nome de Jesus por qualquer homem que o faça para exercer poder sobre seu próximo, e estabelecido que melhor que a insinceridade é o silêncio. Daqui para frente, nenhum homem dirá "O Senhor me falou para dizer isto a ti", pois Deus mesmo falará à consciência de cada um. Todos os homens e mulheres que crêem serão iguais, e ninguém jamais demandará do próximo submissão, mas apenas reconhecerá o seu direito de livremente ser e amar”.

Trechos do famoso texto: "Um convite à Doce Revolução" de Caio Fábio.

“Deixe os mentirosos sepultar os seus próprios seguidores, quanto a você, vem e segue-me para caminhar na Graça e Misericórdia. Quem estiver cansado de viver no engano, ouvirás a minha voz chamando, a verdadeira voz do Bom Pastor”. Convite de Jesus, adaptado para os dias de hoje.

Diferenças entre CGADB E CONAMAD

Tava lendo sobre o tema aqui, acolá e vi uma matéria interessante no Blog do PR. Altair Germano

Quem quiser conferir a matéria da um clique aqui e boa leitura.

Tiveram vários comentários, um eu resolvi colocar na integra, por resumir exatamente o que pensamos a respeito, como sei que tem muito assembleiano que me acompanha lá vai:

Caro pastor, com todo o respeito .

Concordo que a CGADB é um clube fechado e só pastores são inscritos, e concordo com determinado irmão que disse que deveria haver uma abertura para os "leigos" como é na convenção Batista Brasileira, na Convenção Batista Nacional, e também como funciona nos concílios e presbitérios da igreja presbiteriana, engraçado até na anglicana os leigos tem uma participação mais efetiva.

Porém nas assembléias um grupo de senhores feudais locais mandam e dismandam como bem entendem. Depois dizem que somos igreja de regime congregacional.

Aliás é até dificil definir a forma administrativa das Assembleias de Deus, pois se não é congregacional e nem presbiteriana também não chega a ser episcopal.

Porém mesmo criticando eu vejo uma democracia mais limpa na CGADB apesar do sistema viciado e nepotismo, que pode até ser legal, mas é imoral e antiético.

Há eleiçoes de tempos em tempos e o cargo não é vitalício como na sua co-irmã CONAMAD na qual o presidente não é mais pastor mas sim bispo e o mandato é vitalício e pelo visto seu filho será herdeiro, pra mim é uma imitação tosca do catolicismo antigo.

Por: Lisnei

Num vô nem amarrado....




CONGRESSO PROFÉTICO INFANTIL?? O QUE É ISSO?
SERIAM OS PROFETAS MENORES?

achei no Mente Livre

ps. destaque especial para a quantidade de vezes que o nome Jesus aparece no cartaz...

Placas da Zona da Reforma 2

Por:Verticontes







Formandos ICP - Instituto Cristão de Pesquisas - Abril 2009

Nossa amiga e madrinha na colação de grau, um exemplo de pessoa, mesmo com sua deficiência visual, insistiu e chegou lá. Eni foi uma honra te-lá ao nosso lado nessa caminhada!!







Já estamos com saudades de todos....



















De olho na freguesia, ops... nas ovelhas....

Do jeito que a coisa ta andando, abrindo uma "igreja" a cada dois dias, logo veremos propagandas na tv, rádio em faixas na porta dos "templos" com os dizeres:

"Promoção dizimal, aqui você paga só 5%"

" Desconto de 50% para cada 10 dizimistas apresentado"

"Traga um dizimista e ganhe um galão de agua ungida ( no monte)"

" Hoje o pastor ....... estará pregando, faz aparecer dinheiro no bolso ( na hora) e pircing no umbigo ( de ouro)".


Pior é que isto não é tão comédia assim, já vimos faixas bem piores que estas, verdadeiro 171 da fé, tipo: "desencapetamento total", "oléo farto para abertura de portas", "rosa para destravar o amor", " aceitamos todos cartões de créditos, aceitamos cheque pré", " Estara aqui a maior autoridade espiritual da igreja, pastor.......", " Homem da cura, tomou facada no coração e revela pra curar" etc....

Quem acha que estamos exagerando, faça um city tour pelas "igrejas" e veja por si mesmo....


Marcelo eee Eunice / Caminhando na Graça, de graça!

Igreja barraco do 21

Na COHAB (de Carapicuíba) a vida era boa, simples mais nunca faltaram boas amizades para uma boa pelada, bater uma figurinha, correr no pega pega etc...

Também não faltaram ofertas para entrar no tráfico, roubo, etc... Perdi muitos camaradas, amigos de infância que optaram pela vida “fácil” e levaram a pior.... gente boa, que infelizmente foram seduzidos pela grana e poder.


Lá na favela do 21 aonde o “bicho pegava” tinha um barraco ao lado de um matadouro que as pessoas se reuniam para falar de Cristo, lembro quando entrei lá pela primeira vez, com um amigo a fim de “tirar um barato”,olhei para o teto e vi um monte de buracos no telhado, olhei para o chão e não tinha piso, olhei para a frente e vi um homem atrás de uma mesinha velha falando sobre um tal de Jesus, lembro a mensagem daquele homem como se tivesse ouvido hoje: - Jesus chama todos, moços, velhos, pobres e ricos, venha, tire a pedra do seu coração e venha, este Pai jamais lhe abandonará!!!

Aos poucos aquele barato foi ficando sério e as palavras daquele homem simples e mau vestido foram tomando conta do meu coração, derrepente, meu amigo começou a falar algumas palavras em japonês ou sei lá que idioma, olhei para cara dele e comecei a rir sem entender direito o que acontecia naquele momento.

Ele levantou minhas mãos e me levou próximo do homem que estava pregando, logo me vi repetindo algumas frases que falavam sobre aceitar Jesus e pedir que meu nome fosse escrito no livro da vida.

No final conheci aquele “pregador” pastor João, também conheci sua esposa, irmã Erotildes, que dupla... Adotaram-me como filho, ensinaram-me o que puderam, convivemos alguns anos e logo se mudaram para São Manuel.

Senti muito esta mudança, mais nunca esqueci o que me ensinaram sobre Igreja.

Interessante que hoje temos pessoas tão “gabaritadas” nos púlpitos e não sentimos absolutamente nada ao ouvi-los

Temos templos tão majestosos, com estrutura de som, vídeo de primeira, orquestra, bandas, rádios, canais de televisão, sites, etc... E não vemos, ouvimos ou lemos quase nada que preste.

Saudades do teto furado, das paredes de tabua, do chão de terra, saudades da palavra inspirada, da roupa simples, do reunir em simplicidade com único objetivo de compartilhar as boas novas com todos de forma gratuita sem a ganância de enxergar o próximo como simples objeto de lucro.

Saudades do primeiro amor, simples, sincero, intenso, de fazer a “obra” com alegria sem pretensões de cargos ou títulos, de ter Jesus como único Senhor e salvador! Da “mocidade” alegre forte e feliz, mesmo podendo tocar nos cultos apenas o violãozinho porque baixo já era pecado rsrsrs

Da Igreja barraco do 21, só trago boas recordações, da igreja de hoje, tenho vergonha de falar, poucas tem cumprido com o objetivo pela qual foram fundadas, poucos tem agido de forma descente com seus membros.


Marcelo eee Eunice - Caminhando na Graça, de graça!

No inicio, em Jerusalém....

Com a vinda de Cristo, o Pai não seria adorado mais em uma montanha ou templo, Ele passaria a ser adorado em espírito e em verdade, nasce à primeira religião sem templos, nasce à primeira religião sem objetos sagrados, pessoas sagradas, espaços sagrados.

Ao comentar sobre o tema, o escritor americano Frank Viola, acrescenta:

“Os primeiros cristãos não edificavam templos sagrados de adoração. A fé Cristã nasceu em casas, fora de pátios, ao longo das margens de estradas e em salas de estar, cada crente reconhecia que ele mesmo era um sacerdote diante de Deus “¹.

Eliminaram os sacrifícios, porque entendiam que o sacrifício verdadeiro e final que era Cristo, havia prevalecido, portanto os únicos sacrifícios que ofereciam eram sacrifícios espirituais de louvor e gratidão.

A vinda do Espírito Santo no dia de pentecoste marca o começo da vida da igreja (Atos 1:8)². Assim, lendo o livro de Atos, entendo que nasceu desde o inicio em Jerusalém, uma igreja simples, porém forte. Tinham tudo em comum e por um tempo isto funcionou bem.

Eles não criam que pertencessem a uma nova religião, a maioria dos novos crentes haviam sido judeus por toda vida e continuavam sendo.

Sua fé não consistia em uma negação do judaísmo, mas consistia antes em uma convicção em que o Messias havia chegado.

Criam e pregavam que em Jesus cumpriram-se as promessas feitas a Israel.

Pouco se falava da morte de Cristo, muito se falava de sua ressurreição e sobre a nova era que por Ele fora inaugurada.

As Boas Novas espalhava-se de forma surpreendente, quanto mais perseguidos, mais crescia e multiplicava o rebanho de Cristo.

Sem maldade, coincidentemente hoje também se fala muito pouco da morte e ressurreição de Cristo sem vincular algo diferente para validar seu ato, ou seja tudo tem um acréscimo, antes era o sacrifício para a salvação da humanidade, para a libertação do intermediador, hoje é para a conquista da terra, do poder da glória de andar com um carro do ano, um rolex no braço, um dente de ouro na boca, etc...

Sinais e maravilhas eram comuns, todos eram alcançados e confortados, eram homens que viveram em unidade a aprenderam a respeitar as diversidades, assim foi o inicio da Igreja em Jerusalém!

Nada em comum com o que conhecemos hoje, o púlpito não era o lugar mais importante, o pastor não era a pessoa mais importante, ninguém era de Pedro nem de João nem de Tiago, todos eram de Cristo, a prioridade era levar o evangelho a lugares onde ainda não era conhecido, nas sinagogas, nas praças, etc...

Aramis C De Barros, escreve em seu livro, Doze Homens, Uma Missão:

“A Igreja de Jerusalém era apenas uma reunião um ajuntamento de crentes, todos eram incluídos, mesmos aqueles que ainda não tinham aceitado a mensagem da cruz”³.

Pensem nisto...

¹ Frank Viola, O Edifício da Igreja Herdando o complexo de Edifício, p. 15
² V. Bíblia Almeida 21, p. 1095
³ Aramis C. De Barros, Doze Homens, Uma Missão, p. 41


Marcelo eee Eunice / Caminhando na Graça, de graça!

A retórica do discurso evangélico

Por:Saulo Dias Luz, no blogSal com Pimentas Via:Tomei a pílula vermelha

Os líderes evangélicos dizem que igreja não salva ninguém.
Mas não acreditam realmente que alguém que não freqüenta igreja alguma possa ser salvo.

Os líderes evangélicos dizem que Deus ama quem dá $ com alegria.
Mas não acreditam que um irmão pode estar precisando exatamente do contrário: receber

Os líderes evangélicos dizem que não existe representante de Deus na Terra.
Exceto quando se trata do dízimo, pois, ao não entregá-lo para a instituição religiosa, o crente está roubando a Deus.

Os líderes evangélicos dizem que o exame das escrituras é livre.
Mas não aceitam a exposição de opiniões e interpretações diferentes na Escola Dominical.

Os líderes evangélicos dizem que o sacerdócio é universal.
Mas não acreditam que ovelhas possam viver sem se submeter às autoridades eclesiásticas.

Os líderes evangélicos dizem que Deus odeia o pecado e ama o pecador.
Mas não acreditam que Deus possa amar aos “gentios” tanto quanto aos crentes.

Os líderes evangélicos dizem que não existe “pecadinho” e nem “pecadão”.
Mas disciplinam irmãos por causa de alguns pecados considerados mais graves e ignoram outros pecados tidos como menos graves.

Os líderes evangélicos dizem que é preciso amar ao próximo como a ti mesmo.
Mas pensam que o “próximo” se refere somente aos seus irmãos de fé e não aos que confessam outra (ou nenhuma) fé.

Os líderes evangélicos pregam que é preciso dar a outra face ao inimigo.
Mas não fazem desta maneira com grupos pró-aborto, macumbeiros, homossexuais e ateus.

Os líderes evangélicos dizem que Deus é soberano e sua vontade é o melhor.
Mas não tem temor ao aconselhar ao rebanho a exigir que Deus “olhe para eles” para poder tomar posse das benção$.

Os líderes evangélicos pregam que Jesus foi pobre, andou com pecadores, venceu o diabo no deserto e sofreu morte de cruz.
Mas te fazem acreditar que você está pobre (ou no leito da morte) porque não tem fé. Provavelmente está endemoniado e anda com pecadores.

Viver e liderar um evangelho assim é fácil, não?

ELEJA O MALUCO DO MÊS

Por:Genizah




No intuito, nada escondido, tão pouco envergonhado de denunciar esta cambada que usa o Santo nome de Jesus como forma de sustento e que, sabe-se lá como, ilude tantos incautos. Viemos nós do Genizah e outros blogs participantes propor uma democrática eleição visando a cada SEMANA escolher o nosso MALUCO PROFETADA. Para então escolhermos, entre os participantes da chapa, o MALUCO DO MÊS.


Para o facilitar de nossos dedos cansados de tanto teclar o nome de tantas personalidades diferentes, teremos nossa merecida folga ao podermos nos referir a toda a corja pelo nome de apenas um: O ilustre MALUCO do MêS.


São os tantos candidatos, que toda a blogsfera não daria conta de fazer o seu marketing político igrejeiro. Conformemo-nos, veremos a Vitória. Enquanto esta não vem, seguimos a eleição até a esperada escolha do MALUCO PROFETADA DO ANO.
Sei que poderia continuar me limitando, e assim farei, a refutar suas causas e falsas doutrinas com argumentos bíblicos, como tantos aqui na nossa esfera. Mas convenhamos tem alguns que são demais, só com humor!


Nosso candidato desta semana é o Profeta Luís Cláudio. Homem de qualidades e dons iniqualáveis, assim como sua esposa que parece ser mais abençoada do que Sarah.


Participem! A urna eletrônica encontra-se a sua esquerda mais abaixo na página.


E usem o comentário do post para a indicacão de novos candidatos ao próximo escrutínio! Todos merecem brilhar! (Ou arder?)


Opinião do Blog:

Tem tanto doido por ai que vamos sugerir aos amigos do Genizah que esta "eleição" seja diária rsrsrsrs

Alias poderiamos pautar também qual é o publico mais receptivo as profetadas, se estes caras tem sucesso é porque tem muita gente que paga e caro para ouvi-los.

Ótima iniciativa, visitem :Genizah e faça sua escolha!

Domingão

Pegamos a Bíblia e vamos nóis pra igreja na maior vontade dar uns "glórias a Deus"
Chegamos, sentamos e notamos algo bem diferente, o púlpito enfeitado a igreja lotada, uma tensão no ar, perguntamos pra galera o que acontecia

- Hoje estara aqui aquele "pastor" que adivinha cpf, nº de conta, telefone, que faz dinheiro aparecer na conta, etc...

Pegamos a Bíblia e vamos nóis pra casa, chateados por ver como o povo gosta de barganhar com Deus, de ser manipulados como fantoches, bonequinhos playmobil guiados por cegos, que fazem da Bíblia um mapa da mina, aceitando somente o evangelho personalizado, aquele que preenche o ego e faz com que seus ouvintes sintam-se super crentes, poderosos, vencedores, dominantes, fortes, invenciveis, caminhantes sobre o mar com asinha nas costas para voar e porretes para amassar a cabeça do diabo.

Sentimos chatea-los com isso, mais não entendemos como jogam a Graça de Cristo no lixo!


Marcelo & Eunice / Caminhando na Graça, de graça!

Eva, Ana, Ester, Maria...todos iguais????

Eva – A mãe dos viventes, imaginem o susto de Adão ao ver esta linda noiva...
Foi criada e apresentada para auxiliar seu marido. Isto não significa submissão cega, mais entrega recíproca, amor, companheirismo, cumplicidade e humildade.

É normal os homens responsabilizar Eva pelo caos de hoje, é mais ou menos como o carma de Caim em relação os negros, tipo a culpa é da Eva, afinal foi ela quem ofereceu a maça para Adão comer, porém esquecem que na Bíblia esta relatado que Deus falou antes com Adão e que ele tinha a livre escolha de comer ou não comer a maça oferecida por Eva.

Ana – A mãe pela oração, “Com amargura no coração, suplicava ao Senhor e chorava. Fez também um voto, dizendo: Senhor dos exércitos, se vos dignardes olhar para aflição de vossa serva e vos lembrardes de mim, e, não olvidando a vossa serva, lhe derdes um filho varão, eu o oferecerei ao Senhor durante todos os dias de sua vida, e a navalha não passará nunca sobre sua cabeça”¹ (I Samuel 1,10).

Creio que o Deus de Ana é o nosso Deus, creio que as orações mudaram o foco, mais quando em humildade clamamos e em sinceridade nos encontramos diante Dele a resposta vem e até aquilo que parece tão difícil, distante, impossível, torna-se possível, mesmo que não aconteçam as coisas como queremos e planejamos, sentimos uma paz inexplicável, o tormento pode até vir mais como encará-lo é o que ira fazer a diferença.

Ester - “Então respondeu a rainha Ester, e disse: Se perante ti, ó rei, achei favor, e se bem parecer o rei, dê-se-me por minha petição a minha vida, pelo meu desejo, o meu povo. Porque fomos vendidos, eu e o meu povo, para nos destruírem, matarem, e aniquilarem de vez; se ainda como servos e como servas nos tivessem vendido, calar-me-ia, porque o inimigo não merece que eu moleste o rei” (Ester 7,3-4)

Na minha opinião, este é um dos maiores exemplos de como uma mulher cooperou para que o povo de Israel tivesse um grande livramento.
Ester foi sensível, uma grande negociante junto ao rei, mesmo podendo suplicar pela sua vida apenas, incluiu todo o povo em seu pedido.

Maria, A bem aventurada...

Imagino a cara de Jose, quando Maria lhe explicou que estava grávida do Espírito Santo, não consigo imaginar mais a Bíblia nos fala houve um “reforço extra” nesta explicação para que Jose não sumisse.

De qualquer forma enxergo em Jesus, muitas coisas de Maria, ela era polêmica, humilde, leal e corajosa.

Todas as mulheres deveriam ser imitadoras de Cristo e também de Maria(sem idolatrá-la é lógico) A adoração a Maria além de estar fora das páginas da Bíblia, desonra a memória daquela mulher simples e fiel a Deus.
Maria foi uma mulher agraciada por Deus, pois estava disponível para Ele e disposta a pagar um alto preço e correrem todos os riscos para fazer a vontade Dele. Quem de nós aceitaria esta tarefa? Se nem o que vemos errado em nosso meio falamos por medo do que irão pensar e falar de nós.

Nossas lideranças não tem se espelhado na bíblia e nem nos ensinos de Cristo para criar uma diretriz sobre o papel da mulher na igreja.

A maioria dos ministérios este assunto é fechado, proibido tendo por base um dogmatismo intolerante. Não é fácil achar um equilíbrio sobre o tema, alias os temas aqui citados, falar sobre racismo a negros, pobre e mulheres não é fácil.

Não são poucas as pessoas que tem suas mentes já “cauterizadas” para o raciocínio, criam-se exércitos de pessoas que não tem mais vontade de pensar, opinar e lutar pelos seus sonhos.

Jesus valorizou os pobres, as mulheres, nunca discriminou negros ou fez diferenciação entre pessoas, ensinou a todos diretamente, não enganou ninguém, nem pediu algo para eles a não ser amá-lo em espírito e verdade.

Os carentes, excluídos, doentes, rotos eram o seu foco, ai começou a Igreja ai ela deveria estar até hoje, assistindo a todos, reunindo-se em igualdade, ajuntando-se por amor com o propósito de compartilhar com o próximo o amor a graça e a misericórdia de Cristo


Eunice / Caminhando na Graça, de graça!

Campanha "tocando o manto sagrado"?

Por:Bereianos






[...]foi um momento onde as pessoas exerceram a sua fé. Na manhã do domingo (05), Bispo Rodovalho junto com a sua equipe de líderes, diáconos e pastores estenderam o manto sagrado e muitas pessoas passaram por ele fazendo uma alusão da campanha. “Quantos vieram para ter um toque de fé? Você só precisa disso para que o seu milagre seja liberado do céu”, disse Bispo Rodovalho[...]

Fonte: www.saranossaterra.com.br

Eu gostaria de saber do pessoal desta denominação: Aonde está na Bíblia base bíblica para utilização de um "manto sagrado" para ser um canal de benção e de fé entre Deus e o homem?

Exercer a fé através de objetos? Mas a fé não vem pelo ouvir a palavra de Deus (Rm 10:17)? A fé não é a convicção de fatos que se não veem (Hb 11:1? Este conceito de fé pregado por esta denominação (e por muitas outras) está totalmente equivocado!

A Bíblia diz exatamente o contrário do que é ensinado por esta denominação: "Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto no corpo, estamos ausentes do Senhor; visto que andamos por fé e não pelo que vemos." 2 Co 5:6-7

"...visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé." (Rm 1:17)

Todos Iguais?

Todos eram iguais e por algum tempo continuou assim, logo as diferenças surgiram,ora por uma questão de organização, ora por divisões internas, ora por apoios externos, etc...

Até que chegamos finalmente no século XXI, e falar de igualdade parece ridículo, afinal estamos em um pais com “total liberdade” aonde todos desfrutam de respeito perante a sociedade, será?

Aqui parto para a prática, deixando de lado as teorias e abrindo o debate.

Não tenho duvida alguma que perante Deus e seu Filho somos todos iguais e não teremos diferenciação alguma ou benefícios no julgamento por questões de raça, condição social ou sexo

Também não tenho duvida alguma que existe sim diferenciação de tratamento / oportunidades entre negros, pobres e mulheres, na igreja instituição e seus filiados.

É um assunto chato que trás mais inimizades do que outra coisa, mais necessário e no fundo todos sabe que existe.

Sobre este tema, Marco David de Oliveira acrescenta:

“De fato, é bastante claro que os negros chegam a tornar-se grandes líderes, homens e mulheres de oração, diáconos e presbíteros excelentes e respeitados, grandes evangelistas, etc.
No entanto, não vemos negros na liderança máxima da Igreja Pentecostal. O que muitos negros conseguem é, no máximo, além de ocupar os cargos citados, tornarem-se bons líderes de congregações subalternas àquelas orientadas por uma liderança branca “¹.

Vou além destas considerações, esta discriminação existe também em igrejas históricas, neo pentecostais, etc, rejeitar esta realidade é ignorar a possibilidade de uma possível mudança, que lógico muitos não querem, a manutenção da ignorância sobre este tema traz lucro e poder e isto deve ser mantido a qualquer custo.


É vergonhoso como manipulam a massa, como mantém o poder na base do coronelismo do nepotismo, tirando da frente as “pedras” excluindo os livres pensadores e assim construindo megas igrejas (instituições) que vivem exclusivamente para explorar as pessoas.

Outra classe de pessoas que sofrem por serem tratadas com descaso são os menos favorecidos financeiramente, no popular, o pobre.

Como tudo gira em torno de dinheiro, metas e favores, estes irmãos ficam diríamos com a raspa da panela, traduzindo, com o serviço braçal do templo.

Já que não podem mostrar “santidade” através dos dízimos e das ofertas, são conduzidos a trabalharem no templo, de segunda a segunda, muitos deixam de lado sua família, seus compromissos pessoais, seus sonhos para então assumirem mais um papel de ajudante geral do que de servo de Cristo.

Que fique claro, não sou contra o serviço voluntário na igreja, nem social, o que é necessário, nem de ministério e departamentos, o que não concordo é impor tal serviço vinculando a espiritualidade da pessoa, tudo tem que ser de forma voluntaria e em gratidão a Deus, com amor ao próximo, nunca obrigatório ou ameaçador.

O que acontece é justamente ao contrário, os menos favorecidos são aterrorizados psicologicamente a obedecerem cegamente aos mandamentos de seus lideres, a maioria das pessoas sujeitam-se a tais ordens sem questionar, porque para elas a igreja dá uma sensação de inclusão de sentirem-se importantes, seguros e queridos.

E esta “sensação” vai além, a maioria destes menos favorecidos encontram em suas vidas seculares muitas dificuldades, emprego, estudo, relacionamentos, etc. então passam a freqüentar uma igreja, surge propostas de cargos, hierarquias decididas pela preferência pessoal de um pastor, basta uma aproximação, obediência e logo a “promoção” chega.

Assim vai se perpetuando o ciclo do vicio e da mentira, muitos acordam ao verem nos bastidores o que acontece, outros até acham que esta podridão faz parte dos planos de Deus e não tem uma atitude de checar na Bíblia se o que acontece é obra de Deus ou do Diabo.

Toda escadinha de promoção eclesiástica tem um limite, nunca vi nenhuma pessoa pouco favorecida financeiramente assumir um ministério por “revelação de Deus”,muitos após longos anos de dedicação total a estas instituições, sofreram abusos, difamações, perseguições e acabaram não resistindo, deixando a igreja instituição e também o Corpo de Cristo.

Outros ao perceberem que jamais teriam espaço para desenvolverem aquilo que estava em seus corações concernente a “obra de Deus”, abriram suas próprias igrejas e assim deram asas aos seus sonhos.

Explica-se então a multiplicação das “esquininhas da fé”, conheço alguns destes lideres que ao tomarem esta decisão, honraram seus propósitos e procuram pregar uma palavra sem vícios ou interesses pessoais, por outro lado testemunhei outros que em pouco tempo começaram a ter um comportamento pior do que antes.

Quero reconhecer minha limitação em analisar estes tópicos tão importantes, são poucas palavras para tratarmos destes assuntos tão profundos.

O tema mulher, outro assunto pouco debatido, mais um que para os líderes não é necessário falar, pois afinal não existe discriminação a mulher, isto é mais uma das tantas invenções dos livres pensadores como eu.

Mulher na igreja, o que lembramos na lata?

Cantina, limpeza, circulo de oração e grupo de senhoras.

A todo instante inventam novos “ministérios” para as mulheres,
Ministério de cobrar dos irmãos uma colaboração para x ação da igreja.
Ministério de ficar na porta da igreja vendendo bolos, livros, roupas, etc.
Ministério de cuidar da cantina missionária, e por ai vai

Exceto em épocas de congresso vemos alguma mulher dirigindo um culto de domingo, trazendo uma palavra ou até mesmo sentada em cima do púlpito.

A pouco tempo atrás para amenizar o sentimento de inutilidade que as mulheres de pastores e obreiros sentiam em relação a igreja (instituição) foi determinado que todas mulheres de pastores fossem “ungidas” e reconhecidas como missionárias. (falo do ministério que coopero)

Foi uma loucura, de uma hora para outra, não era mais a “Irma Maria” da cantina, agora era a “missionária Maria”, responsável pela cantina. Não era mais a Irma Laura, que vendia bugigandas na porta da igreja, agora era a “Missionária Laura”, responsável por vender tranqueira na porta da igreja.

Então mais uma vez o homem deu um cala boca para satisfazer o ego da mulherada, que sentiram-se abençoadas, dão testemunhos, falam em línguas comemorando a vitória e que a vontade de Deus foi realizada.

Noto que as mulheres continuam a serem tratadas com descaso e usadas de acordo com as necessidades da igreja e de seus lideres.

Muitas mulheres já não esperam mais as bênçãos ministeriais e põem os pés na estrada, para fazer aquilo que realmente sentem-se vocacionadas e desejosas: falar de Cristo com liberdade e ousadia.

Outras já fazem das ruas suas igrejas e dos bancos de praça seus púlpitos.

De qualquer maneira as mulheres vão caminhando contra a lógica do descaso e lutando para conquistar mais respeito no meio da igreja e de seus lideres.

Continua....


Eunice / Caminhando na Graça, de graça!

¹ Marco David de Oliveira, A religião mais negra do Brasil, p. 86

Marcha pra Jesus, declaração profética? Não precisamos disso



"Vejam pois como é que se conduzem: não como gente insensata, antes como pessoas espiritualmente esclarecidas, num mundo que é dominado pelas forças do mal; por isso devem saber dominar o tempo, tirando dele o melhor partido. Fujam portanto de uma conduta irresponsável; procurem compreender a vontade do Senhor." (Ef 5.15-17, versão portuguesa).

Vejam exemplos do que é (e do que não é) preciso para ser espiritualmente esclarecido, dominando o tempo e compreendendo a vontade de Deus.


NÃO PRECISAMOS DE MAIS UM FERIADO RELIGIOSO EM NOSSO PAÍS
Precisamos sim, fazer de cada dia, dia de serviço a Deus e às pessoas.
O Brasil já está farto de feriados e não deve se fartar mais só para políticos demagogos e oportunistas capitalizarem com o complexo de inferioridade que atinge uma multidão de evangélicos. Se fizerem um abaixo assinado a favor do feriado, proponho fazer um abaixo assinado contrário.


NÃO PRECISAMOS SER O MAIOR PAÍS EVANGÉLICO DO MUNDO
Precisamos sim, ser um país justo que valorize às pessoas de um modo que a imagem e semelhança do Criador seja restaurada em cada cidadão brasileiro
O maioria evangélica enraizada desde a origem dos Estados Unidos – a referência da maior parte dos evangélicos brasileiros - não minou o seu apetite bélico, imperialista, genocida; não impediu a nação de ser uma das maiores consumidoras de pornografia, narcóticos; de ter a maior população carcerária do mundo; e de ser até a década de 1960 oficialmente racializada, sob o chancela de muitos evangélicos ditos ortodoxos. Ainda hoje é notório o forte racismo latente na cultura estadunidense, sob o manto de civilidade democrática. Os cristãos reformados da África do Sul em geral também não viam problema em reproduzir o apartheid social nas suas igrejas.

NÃO PRECISAMOS DE DECLARAÇÕES PROFÉTICAS
Precisamos sim, de pessoas que vivam de tal modo a FÉ CRISTÃ, que resulte em transformação da realidade brasileira.
Acho que as declarações e as amarrações evangélicas estão muito fracas e frouxas, porque os demônios continuam fazendo a festa inclusive nos "arraiais" evangélicos.


NÃO PRECISAMOS DE MARCHAS DE MILHÕES EM UM SÓ DIA
Precisamos sim, de milhões de pessoas em cada dia servindo com amor ao outro em todos os lugares deste país e do mundo.

NÃO PRECISAMOS DE “MONTANHAS DE SAL” SOB HOLOFOTES
Precisamos sim, do sal diluído de um modo que desapareça entre milhões de pessoas, mas, que o resultado seja uma sociedade com sabor de dignidade.
Como nosso país já seria diferente se os mesmos que marcham para Jesus uma vez por ano, marchassem dia-a-dia temperando e conservando o mundo da podridão com o sal do Reino.

NÃO PRECISAMOS DECLARAR QUE JESUS É DONO DE ALGO
Precisamos sim, viver desejando ser tão parecido com Ele, que fique claro para todos que pertencemos a Ele.
“Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam (Salmo 24.1)”, já disse há milhares de anos Davi, rei e poeta. Será que Jesus foi destronado do poder do mundo e os evangélicos estão querendo reempossá-los. Quanta presunção!

NÃO PRECISAMOS DE COREOGRAFIAS SANTIFICADAS DE PALCO
Precisamos sim, de gente que vive no chão da vida, sob quaisquer circunstancias, o evangelho e todas as suas implicações.
De gente que viva a normalidade da vida, que saiba que o sol nasce e a chuva cai sobre justos, injustos e evangélicos, que a existência humana indiscriminadamente é de sombras e luzes, passa primavera, pelo verão, pelo outono e pelo inverno; mas que caminha pela fé no amor Pai que faz tudo convergir para nosso crescimento em amor, não por magias, feitiços e macumbas evangélicas.

NÃO PRECISAMOS IMPACTAR PELAS ESTATÍSTICAS
Precisamos sim, impactar pela solidariedade, que nos impulsione a radicalizar no amor, na graça, no perdão, no serviço ao outro.
De horizontalizar no mundo o amor verticalizado pelo Pai em nós através do Filho, sua Palavra ao Mundo, Jesus Cristo.


Do que mais NÃO PRECISAMOS???
De gospel business, da “do jeito gospel de ser”, das pilantropias, do culto a estética, às relíquias institucionais, às autoridades apostólicas e a auto-imagem.

O que, de fato, nós PRECISAMOS???
Evidenciarmos ao mundo o amor de Jesus pela humanidade, a despeito de nossa obscuridade, ambiguidade, ambivalência e contradição, e sermos materializadores do espírito do Evangelho.
Acrescente a esta lista os itens que você identificar após refletir sobre os movimentos evangélicos e religiosos que aconteceram hoje em nosso país.
"Nós não precisamos de entretenimento evangélico. Nós precisamos é entreter o coração de Deus." (Nívea Soares, cantora)

Créditos:Caminho Cristão via:Assem - Bereia de Deus

Mandingueiros

Por: Bereiano




MANDINGA

- Significado: Termo criado para designar feitiçaria que surgiu por volta do século XIX, tal termo foi concebido pelos povos Helvéticos que acreditavam que suas "mandigas" trariam sorte e properidade. Wikipédia.

- Dificuldade que parece provocada por arte mágica. Disc. Michaelis


MANDINGUEIRO

- adj. Que faz mandinga. S. m. 1. Indivíduo que faz mandinga; bruxo, feiticeiro. 2. Pop. Nome que também dão ao uirapuru, atribuindo virtudes sobrenaturais a seu cadáver. Disc. Michaelis



Domingo de Ramos


Vale tudo, hoje vi um convite um tanto “mandingueiro”, a Igreja da Graça oferecendo um ramo neste domingo de ramos, explicação do televangelista:


“Assim como as pessoas estenderam ramos para receber Jesus, eu vou dar a você neste domingo um ramo para você colocar em sua casa, em sua empresa para abrir caminho para Jesus passar. Tudo vai mudar em sua neste domingo. Venha!” (O endereço mostrado entre outros é São Bernardo do Campo, caso alguém se habilite a conferir).


Parece que o sincretismo está a solta, revoltado com a “propaganda” enganosa pensei:

Jesus não é mais o Caminho, ele passa pelo caminho em data e hora marcada pelo poderoso pastor pop; não é uma imagem de um “santo milagreiro”, mas um ramo para tirar o azar, só que esse é dado pelo “servo do senhor”. Ta tudo errado!


Parece que perderam uma ótima oportunidade de oferecer um peixinho nessa quaresma, já que a carne ‘vermelha’ não se pode comer. Já pensou? Eu não vi, mas o pop diria:

“Meu amigo e minha amiga, assim como Jesus depois de ressuscitado fez com que seus discípulos tivessem uma pesca milagrosa, e ele comeu peixe com seus discípulos na praia, nós vamos nesta sexta de descarrego dar a você um peixinho, esse peixe tem poder milagroso e você vai coloca-lo em sua casa, em seu carro, em sua empresa e nunca mais será o mesmo, como ouve um grande milagre naquele dia, e como estamos na época da quaresma, um peixinho vai bem”. Rsrsrs


Imaginação é o que não falta não é mesmo?


Essa do peixe é fictícia, mas a do ramo neste domingo é bem verdadeira, propagada pela Igreja da Graça, e que graça! Quanta graça eles fazem.


Posso concordar com uma coisa dessas?

Só faltam dizer: "Vem misinfio"

PASTORES MANDINGUEIROS, CRENTES MANDINGUEIROS, AP 21.8

É feitiço puro e eu? Sou Bereiano graças a Deus!

Placas da Zona da Reforma

Por: Verticontes










Maldita religiosidade

Por: Will blog CelebraiVia: Tomei a pílula vermelha





As grandes batalhas encontradas na Bíblia não estão registradas nos livros das Crônicas dos Reis de Israel - tão pouco no Antigo Testamento, os grandes entraves nas Escrituras são mencionados nos evangelhos onde de um lado se vê um Deus humano e gente contra homens "deuses" de si mesmo; sim, pode lhe parecer estranho, mas as maiores guerras não são as que contêm mortes através da espada, as maiores batalhas encontradas na Bíblia com toda certeza são aquelas onde as personagens são o próprio Deus contra os religiosos judeus.

Talvez você pergunte por quê; digo-lhe ser isso muito evidente: A missão de Cristo foi, sobretudo, a libertação do homem de tentar ser Deus e admitir quão bom é ser gente dependente de Deus.

Eu sempre sofri com a frase de Karl Marx: "A religião é o ópio do povo". Minha angústia para com essa idéia não está no conceito marxista de que a principal função da religião é anestesiar o homem de sua realidade – o cristianismo revelado nas Escrituras contradiz Marx, mas penso sim, e a cada dia me convenço de que infelizmente a religião é ópio do povo enquanto serve pra infantilizá-lo, enquanto serve pra aliená-lo.

No último sábado dois queridos amigos se casaram (diga-se de passagem, foi um dos melhores casamentos que já participei). Já havia decidido que o casamento deles seria um divisor de águas na minha vida: eu iria dar o primeiro passo para romper com todos os fragmentos alienantes que a religião propunha sobre mim. O momento que mais ansiei foi a hora da valsa seguida pela liberação da pista de dança; instantes antes me pus a pensar como seria – cheguei até a titubear, mas logo fui envolvido pelo aviso do DJ quanto ao inicio da valsa. Em acabando a valsa, voltei ao meu devido lugar, tão logo a música começou, a pista foi liberada, relutei, confesso, tive medo de não ser mais o mesmo, tive medo de magoar e escandalizar muitos dos que ali estavam, porém algo dentro de mim dizia: herói ou covarde? Jesus ou Pedro? Aceitar a religiosidade ou pular os seus muros? Enfim, dancei, e dancei por mais de três horas seguidas, não sei se o fiz bem, até porque fazia tempo que não chacoalhava o esqueleto, mas fiz. Enquanto dançava um sentimento de liberdade tomou conta de mim, ouvia aplausos no meu consciente, me sentia a cada hora que passava ali dançando um herói.

Quando o ímpeto acabou voltei ao meu lugar por definitivo, logo percebi nos olhos de muitos, uma repulsa imensurável, vi revolta e senti desaprovação, mas tudo isso não me abalou, eu estava satisfeito. (Daria tudo pra estar em Caná da Galiléia, dançando com o mestre, cantando e batendo palmas assim como ainda fazem os judeus.) Contudo, algo me abalaria naquela noite. Ao abraçar uma das pessoas que ali estavam recebi uma recomendação: irmão William! Acho melhor você não tomar Ceia amanhã depois desse pecado que você cometeu. Eu estava com o pensamento tão longe que não consegui discernir serem aquelas palavras uma condenação ou uma ironia, só sei que aquela frase me roubou algumas horas da madrugada do domingo. Não tive tragados alguns minutos de minha noite pelo fato de ser aquela pessoa que me disse isso e sim pelo que ela disse.

Sendo ironia ou não, o fato é que muitos pensaram como ela, alguns externaram outros estão até agora explodindo por dentro. Agora eu sei como se sentiram os religiosos quando viram Jesus sentado à mesa com prostituas e publicanos e como se sentiu o mestre, o sentimento é o mesmo, cheguei à conclusão de que a religião "lavou" de tal forma a capacidade sensitiva e raciocinaria das pessoas, de modo que elas colocam no inferno uma pessoa pelo fato dela ter insistido em ser gente e estar com gente.

São inúmeras as provas e incontáveis os fatos que provam o quanto a religião pode alienar o ser humano, constam nos anais da história da humanidade tristes casos em que pessoas se mataram acreditando pegar "carona" em cometas, Galileu foi obrigado pela religiosidade a contradizer-se, as cruzadas talvez seja o maior exemplo do quanto a religião é poderosa em alienar o ser humano, jihad's aconteceram e acontecem a todo instante, tanto no Oriente como em qualquer lugar onde mata-se pela causa de Deus. Quantos homens e mulheres têm suas almas e seus sentimentos assassinados nas igrejas evangélicas brasileiras – tudo em nome dos bons costumes; quão incontáveis foram os escravos assassinados pelos colonizadores com o apoio da Igreja de Roma e em alguns casos sob o lema da predestinação.

O que os evangélicos (reformados, pentecostais, pseudos e afins) não sabem ou se sabem fingem não saber, é que Lutero e todos os "grandes" da fé Cristã não lutaram apenas contra a idolatria da igreja Romana – isso foi o de menos, o que eles mais buscaram foi anunciar que o homem através da graça da Deus e mediante a Fé no Filho de Deus deveria insistir e acreditar na humanidade, e esta ainda que decaída, poderia ser restaurada pelo sacrifício de Cristo sem deixar de ser gente e de gostar de gente.

Decidi me tornar num forte opositor da religiosidade (embora já seja com reservas), desacreditando que ela possa assumir e efetuar os sonhos de Deus para com o homem; acredito ser uma espiritualidade genuína o sonho de Deus para sua imagem e semelhança. Vou dar a cara para bater, vou colocar minhas duas mãos no fogo pelo reino de Deus, que não infantiliza; que não adestra e que não aliena; reino que liberta o homem do velho homem e dá a ele a alegria de ser gente; que livra o homem no corpo da morte, reino que forja no ser decaído a imagem do Filho de Deus.

Por fim, concluo o quão pobre são os religiosos, querem deixar de ser homem achando o ser Deus algo mais nobre - ledo engano, e a maior prova disso é que o próprio Deus insistiu em ser homem provando a todos que é possível "ser humano" sem deixar de ser divino.

Em Cristo, que dançou e bebeu muito no casamento em Caná de Galiléia,

Meu grande brother Will no blog Celebrai!

P.S.: "A missão de Cristo foi, sobretudo, a libertação do homem de tentar ser Deus e admitir quão bom é ser gente dependente de Deus." Genial, profundo e certeiro...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...