Há diferenças?



Nós evangélicos tornamo-nos especialistas da fé, preparados para explicar os mistérios dos céus e o porquê dos problemas que as pessoas passam aqui na terra.

Temos fórmulas para obter grande êxito na vida financeira, sentimental e de quebra garantir uma ascensão segura ao céu dos céus...

Como prova de nosso sucesso espiritual construímos enormes templos, adquirimos redes de comunicação, e montamos nossa própria logística de transportes com aviões, carros, iates, etc... (própria mesmo!)

Em nossa calculadora não existe a tecla dividir nem subtrair, promovemos a fé sempre usando a tecla $omar.

O que nos distingue das demais pessoas que nos cercam? Dos outros grupos religiosos? dos espíritas, umbandistas, católicos, testemunhas de Jeová, adventistas, mormonismo, messiânicos, nova era, hare krishna, seicho-no-iê, etc...

A mentira! Não deles, mas a nossa!

A verdade é que somos falsos cristãos, não transmitimos uma mensagem espiritual fiel, verdadeira que leva os ouvintes a interessar-se em conhecer um pouco mais sobre Cristo e seu feito pela humanidade.

Cometemos o pior dos erros, conhecemos o evangelho das boas novas, da graça de graça, do sacrifício único e suficiente, porém insistimos em pregar exaustivamente a barganha, a troca, o algo a mais que dói no bolso e na alma de muitos irmãos que sofrem por não terem para dar.

Não tem desculpas, deturpar o evangelho e os exemplos de Cristo é a pior forma de desobediência, Deus esta acima disto tudo, e ninguém vai escapar de Seu julgamento.

Se a mentira persistir, colheremos a reação do Senhor quanto a nossas ações,

Alguém duvida disto?

Boa semana a todos na Paz do Senhor Jesus

Marcelo e Eunice

O homem de Deus



A história nos diz que os homens sempre criaram religiões que fornecessem todas as respostas as suas necessidades e que não precisavam ser checadas quanto a sua autenticidade

Há um tempo anunciaram que um grande profeta viria pregar na igreja que coopero, pois bem peguei meu caderninho a bíblia e lá fui eu para o culto aflito por já conhecer de cor e salteado como é estas coisas


Anotei tudo, gravei e passei a observar a vidas das pessoas que tinham recebido a revelação ou a benção.

Absolutamente nada mudou, a sim algumas delas mudaram de igreja, acredito que por terem percebido a arapuca que se meteram.


Algumas delas eu tive a oportunidade de alertar, ensinar, aconselhar e mesmo assim no dia do show foram presas fáceis do grande profeta.


Outras, já percebi uma mudança de comportamento, pensaram mais, guardaram mais as discussões na sala de aula e resistiram bravamente.


Nas páginas da Bíblia não vejo um cristianismo parado, apagado, muito pelo contrário, vejo milagres, renovação, salvação de vidas, libertação, etc... Porem vejo também e de forma bem clara inúmeros conselhos para ficarmos atentos aos falsos mestres que surgiriam.


O homem de Deus prega a Cristo com simplicidade, sem ridicularizar nem insultar ninguém, leva seus ouvintes refletir sobre a salvação, e não a aquisição de empresas, leva seus ouvintes a exaltar somente a pessoa de Jesus, e não de pastores, profetas e apóstolos, leva seus ouvintes a buscar e desejar uma mudança de vida e comportamento real, e não só de fachada.


O homem de Deus não é ofensivo nem inflamado em suas palavras, antes tem um discurso esclarecedor, manso, alegre, você o escuta e percebe que ele é autenticado pelo Espírito da verdade.

Fiquem na Pazzzzz

Marcelo e Eunice

A solidariedade e a ética

Via: Práxis Cristã




Opinião do Blog:
Na tragédia ou na libertação da tragédia, Deus esta conosco !
Nós sempre falamos que ainda existe pastores sérios, ai esta um belo exemplo !!

Sua consciência sabe!



Quantos de nós evangélicos podemos afirmar que estamos com nossas consciências tranqüilas? Os Bíblias tornaram-se indiferentes ao exemplo que Cristo deixou registrado nas sagradas escrituras.

Pare por um momento apenas, feche os olhos e imagine-se em um tribunal, entenda seus atos e escolhas, e de o veredito para você mesmo.

Analise se sua vida é comandada por influencias do Espírito Santo ou de qual espírito? Pelos ensinos de Cristo ou de qual homem?

Todos têm a percepção do que é certo e errado, temos a opção de confiar plenamente em Deus e agir certo (ainda que isto nos traga muita angustia tristeza e até dor) ou confiarmos em homens ficando embaixo de sua aparente proteção

Fomos chamados para fora da zona do conforto, aonde a falsidade é impossível, aonde há luz e alegria espiritual, aonde todos vamos aos pés de Cristo, reconhecendo-o como único Senhor e Salvador.

Fomos chamados para romper sistemas religiosos, repudiar os falsos pastores e seus clones, anunciar a Cristo como a maior e suficiente benção que o homem pode receber de verdade.

O que não aponta para Ele, não tem sentido algum, o que não é para Ele, não tem sentido algum, e o que não é por Ele, não tem sentido algum!

Estamos mirados para onde?

Sua consciência sabe!

Boa semana para todos

Marcelo e Eunice

Os falsos mestres

Como louco



É assim que me sinto sentado no púlpito, fraco e impotente diante do que vejo o que me resta mais do que desabafar nestas linhas?

Posso me alegrar do que? A quem posso impressionar pregando um evangelho simples? Se a cada dia vejo como é fácil corromper-se diante de tantas glórias oferecidas a baciadas de fogo em nossos púlpitos.

Já acho que minha indignação não é justa, querer seguir o exemplo de Cristo virou utopia, o momento agora é seguir a estupidez dos cegos que lideram a massa gospel brasileira

Que ironia, pastores forçados a agir da mesma maneira que seus lideres agem, lealdade a organização acima a lealdade aos ensinos de Cristo, já não vivem sem louvar aos homens e a si mesmos.

Que ironia, mudaram o curso daquilo que realmente deveriam conquistar, bens, reconhecimentos, títulos superaram as tão inflamadas pregações sobre salvação de vidas.

Como louco vou seguir, sem preocupar-me com a lã das ovelhas, mais com a salvação delas, não advogando o dinheiro nem os bens delas, mais me preocupando apenas em mostrar a Cristo, aquele que salva pela Graça de graça!

Nosso Pai, não nos chamou para a exploração, nem para vivermos tirando vantagens dos outros nem para cobiçarmos os bens de nossas ovelhas e nem para sermos egoístas com elas.

Como loucos sentimos que temos por obrigação, ensinar o evangelho tal como ele é, sem fórmulas novas e mágicas, mostrar Cristo como único caminho, única verdade e o único que realmente pode nos dar vida!


Boa semana a todos. orem por nós doidos por um evangelho sem mistura!


Marcelo e Eunice

Nem um segundo...



Você não vivera um piscar de olhos a mais do tempo que Deus permitir, retornará ao pó de onde procedeu

Quando sua respiração for retirada, perceberas o quanto pesa afrontar as verdades deixadas por Nosso Senhor, ou acha que estarás isento do golpe final da morte e do que Deus determinou para o fim?

Arrogante, falso, tolo, orgulhoso, o que te faz pensar que é torre alta? Suas riquezas? Status? Reconhecimentos? Autoconfiança? Certamente receberas o que merece!

Muitas coisas mudaram, mais a Palavra não muda, Deus pode agir de forma diferente entre as gerações, mais a humildade ainda é o caminho que leva a honra e a salvação.

Um espírito quebrantado e um coração arrependido que sacrifício maior que este Deus pede?

Salve sua fé, pare de endeusar-se e criar ídolos, a saber, profetas, pastores, pregadores, apóstolos, etc... Que fazem de seus semelhantes moeda de troca

Salve sua fé, reconheça suas limitações e que sem o favor de Deus você é nada, pare com as interpretações bíblicas irracionais, sem uma comunhão intensa e sincera com Cristo seus atos serão enganosos e dirigidos por espíritos malignos.

Novas obras, novos feitos, sinais, curas são possíveis sem abandonarmos as bases bíblicas e nem inventarmos modas, todos somos sacerdotes, nossa vida tem que refletir um sermão mudo, as pessoas tem que enxergar em nós o que realmente enxergamos na Bíblia, seriedade e compromisso.


Bom final de semana a todos

Marcelo e Eunice

O Senhor te escuta...



Veja querido leitor, o privilégio que você desperdiça, a Bíblia diz que Deus te ouve, se é assim porque você prefere buscar a solução de seus problemas com homens ou confiar em placas de igrejas ou em votos de sacrifício?

Salmos 34:17 “Os justos clamam, e o Senhor os OUVE...”

Salmos 94:9 “O que fez o ouvido, acaso não OUVIRÁ?”


Entre no seu quarto agora, dobre o seu joelho e abra o seu coração para o Senhor, chore , seja você mesmo, peça, confie, persevere , espere com paciência

Não se precipite no tempo certo a resposta vira e você vera o quanto valeu a pena não confiar em outros deuses, profetas e lideres que só pensam em obter vantagens para si mesmos

Corte o cordão umbilical com a mentira, aproveite o seu pouco tempo aqui na terra para viver uma fé focada nos princípios bíblicos, tendo Cristo como o centro, leve aos outros a mensagem que você aprendeu e praticou por anos, porém deixou de lado por influencias de lideres e do próprio ministério, aquela mensagem simples e fácil de ser compreendida que falava de esperança e salvação no Senhor Jesus Cristo.

Volte a ser amigo de suas ovelhas, volte a cuidar do rebanho que o Senhor confiou a você, volte a meditar sobre o futuro (não o que estamos vivendo aqui) quando encontraremos com Deus.

Mude de lado nesta batalha, Deus te fará vencedor de verdade, ainda que sofrendo as conseqüências das limitações que temos como ser humano, sobre isto a Bíblia diz:

O homem nascido de mulher vive pouco tempo e passa por muitas dificuldades. Brota como flor e murcha. Vai-se como a sombra passageira; não dura muito” (Jó 14.1,2)

Você sabe que não conseguiremos conquistarmos o céu por méritos próprios, certificados e credenciais não terão validade alguma nem trarão qualquer beneficio quando findar nosso tempo por aqui

O tempo passa, enquanto tivermos força, animo e fôlego lutemos juntos para que nenhum dos pequeninos se percam (João 17.12) esta é nossa maior missão.

Se apoiarmos o que achamos errado, tornamos cúmplices e de tabela seremos condenados.

Que a Paz do Senhor esteja contigo... O Senhor te escuta...

Marcelo e Eunice

Orientados por quem?



Testemunho nas igrejas, que cada vez mais os crentes têm apostado todas suas "fichas" em pessoas que se mostram espiritualmente superiores

Em certos momentos do culto percebo estar em um lugar que deveria ser o local de adoração, ensino, edificação, acolhimento, amizade entre pessoas que teoricamente teriam algo em comum

Porem em varias situações da nova liturgia assembleiana (que faço parte) e outras denominações sinto-me um peixe fora do aquário, sufocado por não me adaptar a tantas mudanças de visão, missão e objetivos...

Interessante como nestes momentos de shows sobrenaturais, estes pastores deturpam a Bíblia enganando milhares de pessoas, que por outro lado o que menos querem é comparar na Bíblia o que estão vendo e ouvindo, afinal o que vale mesmo é o resultado final, a cura a prosperidade e felicidade tão prometida por estes pastores.

Alias, quando você vê algum pregador que afirma ser o cara, o profeta instruído divinamente para te mostrar o caminho que deve seguir cuidado, abra o olho!

Não caia na mentira destes homens que a cada dia mentem mais e mais intensamente, revelando suas fórmulas milagrosas para se barganhar a fé e obter sucesso rápido.

Seja lutador, batalhe o seu dia a dia, corra atrás de seus sonhos entregando cada um deles nas mãos do Senhor Jesus, esforça-te para alcançar seus objetivos.

Não se entregue a doutrina do toma lá da cá, Deus não precisa do seu dinheiro quando Ele quer operar na vida de uma pessoa nada pode impedir e tenha certeza que não será o seu dinheiro que ira acelerar a benção de Deus sobre a sua vida.

Se tiver condições, você pode comprar o que quiser casa, carro, viajar o mundo curtindo um bom all inclusive, etc., porém a Paz Verdadeira, não tem preço, pois ela já foi paga no Calvário.

Esta paz só tem a pessoa, que se encontra, confia plenamente e segue as orientações de Cristo.


Marcelo e Eunice

Púlpito da Igreja Evangélica: A última carta do diabo

Fonte: Gilaelson Santos Via Pulpito Cristão



Por Gilaelson Santos

“Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência...” (1 Timóteo. 4: 1,2)

Penso ser desnecessário explicar o que está latente aos olhos de todos; acredito que o versículo supracitado deixa bem claro que o púlpito da igreja será palco de mentiras, enganos, hipocrisias, homens mal intencionados e doutrinas demonizadas. Você ficou chocado com esta aplicação? Eu nem um pouco, pelo o contrário! O que me deixa estarrecido é o analfabetismo bíblico, e a ausência total de lucidez de muitas pessoas que dizem servir a Deus, mas nem ao menos percebem quando satanás está falando via púlpito eclesiástico, ou você ainda é ingênuo o bastante e demasiadamente romântico para não acreditar nesta possibilidade? Pois fique sabendo que os demônios têm falado nos altares da Igreja cristã e muitos estão dizendo: amém!! Até porque, se satanás fosse usar deste artifício fora da igreja de Cristo, então não haveria sentindo esse alerta do velho Apóstolo.

Então, olhe! Veja! Perceba! Todos os fenômenos naturais e sociais previstos por Jesus para identificarmos os “últimos dias” estão aí, tão constantes como nunca. A bíblia também menciona mudanças nas atitudes e sentimentos das pessoas que viveriam nos “últimos dias”. II Timóteo 3:1-9. Partindo dessas evidências incontestáveis, com certeza já estamos vivendo os “últimos dias” do jeitinho que a escritura previu, e é por isso, que satanás tem doutrinado tanto, via igreja evangélica. Essa é uma realidade tão seria e preocupante que se fossemos pontuar tais doutrinas, cuido que um livro seria pouco para dimensionar tamanha apostasia. Mas, diante dessas últimas horas, quero classificar aqui alguns ensinos que se desvirtuam do santo evangelho; entre eles: A Teologia da prosperidade que resumidamente prega diariamente o bem estar financeiro e físico como resultado da comunhão com Deus, negando descaradamente a mensagem do Reino.

E o que dizer dos espíritos enganadores (lideres), que tem enriquecido pela boa fé do povo garantindo a estes, o que o evangelho nunca prometeu? E quanto aqueles pregadores hipócritas que fingem acreditar no pregam só para levar aos outros a comprarem suas egocêntricas idéias? Poderia também falar das intermináveis campanhas que lotam semanalmente as igrejas evangélicas com suas inúmeras bizarrices, numa crise teológica sem precedentes levando o povo a mandar em Deus. Também não seria demais dizer que estes contam mentiras como se fossem verdades para fazer valer seus propósitos terrenos e carnais; pois a própria escritura nos assegura que isso ocorre devido a uma teologia que se tornou endemonizada e consciências que de tanto exercerem a maldade, foram malignamente cauterizadas.

Mas por favor, não cometa o engano de pensar que estes engodadores surgirão do nada como pessoas que foram enviadas por satanás ou como alguém estranho que apareceu inesperadamente. Porque eles podem ser aqueles líderes que você está acostumado a ouvir domingo a noite, legalmente consagrados, com carteirinha de pastor, reconhecidos socialmente como tais, porém, enganadores. Foi por isso que o Espírito expressamente, claramente, intencionalmente, propositalmente disse, a fim de que não fossemos Iludidos. Mas, ainda assim, existem pessoas que insistem em dá ouvidos a tais ensinos, desprezando evidências tão notórias que até pela lógica se dão a conhecer.

Volto a repetir, o púlpito da igreja, claro que não todos, nesses “últimos dias” têm sido demonizado, palco de adultério e leito de prostituição contra a sã doutrina, exatamente como já de antemão previa as escrituras quando apontou aqueles que em nome de Deus iriam dizer o que dizem. É evidente que minha intenção aqui não é impedir que isso aconteça, pois seria impossível tal pretensão, e de fato uma heresia da minha parte, no entanto, espero estar ao menos pela Palavra instigando nos irmãos, a percepção de uma realidade cada vez mais presente em muitas congregações.

Vídeo do protesto na Marcha para Jesus – primeira parte

O irmão Pablo Silva participou do protesto na marcha para Jesus "O Show tem que parar", juntamente com outros 7 protestantes corajosos. Na ocasião, ele filmou um documentário a respeito do protesto e disponibilizou a primeira parte do mesmo. Confira:



Parabéns ao editor pelo video de excelente qualidade, tanto no conteúdo, quanto na edição. Aguardem a segunda parte.

Fonte do video: Pablo, o Silva Via: Bereianos e Uma estrangeira no mundo

8 protestantes no meio de um milhão!

Fonte: Cidoido Via: Bereianos e Uma estrangeira no mundo


Clique p/ ampliar

“Aliás, um pequeno grupo fez um protesto contra o evento. Com faixas estendidas, eles exibiam a mensagem: ‘Voltemos ao Evangelho puro e simples. O show tem que parar’, dizia um tímido movimento pela ética evangélica. ‘Somos contrários a essa marcha, porque ela visa o lucro. Tentaram rasgar a nossa faixa e nos jogaram água, mas estamos aqui para deixar uma mensagem’, explica Paulo Siqueira, um dos manifestantes.”

Fonte: Jornal Diário de São Paulo, Caderno São Paulo, de 3 de novembro de 2009, p. 5.

Opinião do Blog:

Já registramos nos blogues envolvidos nossa solidariedade e o quanto achamos bacana esta iniciativa, até sugerimos para a Vera Siqueira do blog Uma estrangeira no mundo que iniciássemos a campanha para marcha de 2010, com antecedência para organizar a galera, temos certeza que o barulho vai ser TREMENDO rsrsrs.

Vida Dupla



Quem já não passou ou presenciou isto?

O ser humano é tão imprevisível que num piscar de olhos muda de opinião e planos, veja quantos pastores pregam diariamente contra o roubo e ganância e derrepente naquele mesmo discurso tão “espiritual” encarna o tio patinhas e consegue arrancar até o ultimo tostão do cristão.

Também tem os carismáticos, reúnem em torno de si multidões, com o tempo conhecemos os frutos por eles abandonados no caminho, gente ferida, traída, esquecida, gente que no dia a dia aprenderam e conheceram melhor seus lideres e optaram não aceitar seus ensinos de que a mentira e a exploração é um mal necessário para o crescimento da “obra”.

Tem a galera que enjoa disso, abre um CNPJ, reúne um rebanho e ao invés de fazer a diferença como tanto falou, fazem exatamente a mesma coisa que tanto criticou nos outros

A fé de milhares de pessoas tem sido abalada pela falta de responsabilidade de nossos lideres, existe muito misticismo, palavras mágicas, formatos novos de se pregar as "más novas”.

O centro da adoração não é Cristo, fala-se Dele de uma forma diferente daquela revelada na Bíblia, as "más novas" não se preocupa em formar discípulo para Cristo e pessoas com caráter e firmeza na Palavra, esse evangelho, esse deus pregado por tantos profetas nas programações “gospel” de nossa televisão, rádios, sites, etc. eu não conheço e prefiro a morte do que conhecê-lo.

Diga não a vida dupla, não aos pastores que confiam mais em suas contas gorduchas (graças à multidão de crentes que já acostumaram barganhar a fé) do que na Santa Palavra, a fé sadia, verdadeira, não vem apenas por meio de sinais, curas, maravilhas, bênçãos financeiras ou outras provas, primeiro você deve guardar firme as palavras Daquele que pode realmente te levar ao céu, guarde firme a confissão da sua esperança Nele, não vacile nem troque Cristo por qualquer outro líder, mesmo que este te ofereça já respostas para suas aflições, tenha em mente que Cristo é fiel e jamais te deixara na mão.

Hebreus 3:12
“Cuidado, irmãos, para que nenhum de vocês tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo”

Confiar no homem é retroceder na fé em Cristo, a Bíblia nos ensina o valor da confiança

Hebreus 10:35
“Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada”


Mas não no ouro (Jó 31:24)

E nem no homem, por maior e mais importante que seja

Salmos 116:8, 9
“É melhor buscar refugio no Senhor do que confiar nos homens”
“É melhor buscar refugio no Senhor do que confiar em príncipes”


E nem em nós mesmos (Provérbios 14:16 e Fil. 3:3)

Na Bíblia a única confiança valida é aquela posta em Deus (Sal. 65:6 Pro. 3:26; 14:26) e em seu Filho (Efé. 3:12)

Não dá para conciliar um pouquinho no homem um pouquinho pra Deus, nem para ficar mais em cima do muro, de que lado afinal você esta?


Marcelo e Eunice

Um dia na Marcha para Jesus(?)



Por: Vera Siqueira

Via: Bereianos

A imagem acima é do que restou de uma das duas faixas que foram estendidas durante a Marcha para Gezuiz. Terminou o dia rasgada, manchada, amassada, mas cumpriu o seu papel para a glória do Senhor.

Vamos ao início, senta que lá vem a história deste dia! (desculpem-me pela falta de fotos e de qualidade dos vídeos, mas minha câmera digital ainda está sob o impacto da “unchão” da Expomamom e não funcionou de novo hoje).

A primeira grande batalha contra os gigantes aconteceu na estação de metrô Sé, onde embarcamos rumo ao metrô Tiradentes. Parecia o apocalipse!!! A estação lotada como nunca vi, além do grito de guerra ensurdecedor dos fiéis, a maioria jovens, mas também muitas crianças – inclusive de colo. Na hora de embarcar no vagão não houve escolha, fomos literalmente empurrados para dentro. Todo o mundo queria entrar junto e ao mesmo tempo, parece que ninguém conhecia aquela lei da física onde dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço. Enfim entramos, mas ainda restava sair de lá.

A saída do vagão foi outra luta. Também fomos empurrados para fora (se alguém caísse com certeza seria pisoteado sem dó), e ouvi de um senhor idoso uma frase que expressou bem tudo aquilo: “Quanta selvageria!”

Subir a escada e chegar até as catracas foi mais uma luta, e sair da estação, só pela misericórdia. Mas saímos, e lá fora nos encontramos com os outros protestantes: o Júlio Cesar, a Maíra, o Diogo (que deixou sua filhinha recém-nascida e sua esposa na maternidade para participar), o Vitor Cid, o Laudinei e o Pablo (que filmou todo o movimento, fazendo entrevistas, e que editará tudo num documentário que disponibilizará ainda nessa semana). No total, éramos 8 contra um exército de cerca de 1,5 milhão de pessoas.

Estávamos na “concentração” da Marcha. De um lado, o trio-elétrico do Apóstolo Hernandes, com figuras como o Senador Crivella, o Pr. Marco Feliciano e o Pr. Jabes de Alencar. Do outro, uma van da Rede Gospel. E onde estávamos, uma equipe da Rede Gospel filmando os fiéis. Claro, estendemos nossa faixa bem na frente da filmagem, e isso suscitou gritos de “vocês são da Globo?”, “fora Rede Globo”, e vários braços levantados no intuito de esconder a faixa. Já estávamos incomodando.



E a Marcha começou. Ficamos estrategicamente esperando a passagem do primeiro trio, o dos Hernandes. Foi lindo ver o Apóstolo olhando fixamente para nossas faixas e o cartaz do Júlio (vai ver, a princípio pensou que fosse alguma expressão de puxa-saquismo), e depois se voltar para o resto da multidão. Não só o Apóstolo, mas todos do trio puderam ler as faixas. E passamos a marchar atrás do trio-elétrico, em meio à multidão.

Durante a caminhada recebemos manifestações de todos os tipos. Meu marido ganhou uma rasteira gospel, jogaram água na gente, jogaram garrafas que acertaram as faixas e as rasgaram, porém sem grandes danos. Pensei que fôssemos receber sapatadas, mas os mais apostólicos não foram tão doidos assim.



Uma das situações mais inusitadas aconteceu com o Diogo. Como já disse, ele é "recém-papai". Não é que lançaram contra ele uma frauda, e USADA???? Gente, foi um ato profético!!! Sorte que o Diogo estava esperto, senão voltaria com outras marcas do evento.

Também recebemos muitas manifestações de apoio. Um rapaz perguntou onde poderia comprar a camiseta, pessoas vieram nos parabenizar pelas frases e pelo protesto. Por incrível que pareça, havia vida pensante naquele lugar.

Já havíamos andado por volta de 13:30h, quando nosso grupo se dividiu por conta das entrevistas que o Pablo estava fazendo. Quem estava na frente parou num canto da rua até que os demais chegassem. Santa providência!!! Era um local onde havia um canteiro cheio de terra, um lugar mais alto. Subimos nesse canteiro e estendemos nossas faixas, e de lá toda a Marcha pode nos ver, tipo desfile de escola de samba passando na frente da comissão julgadora (o exemplo parece estranho mas não é, as músicas que tocavam na Marcha iam do sambão ao axé-quase-funk-gospel). E aí a coisa pegou.

Depois do trio dos Hernandes, passou um segundo trio. Esse tinha um bispo da Renascer no microfone. Quando ele passou por nós, leu nossa faixa: “Voltemos ao Evangelho puro e simples”, mas não leu a segunda frase (o $how tem que parar) por motivos óbvios. Esse trio passou no clima de oba-oba, mas as pessoas que vinham atrás começaram as manifestações contrárias, com longas vaias à nossa atitude.

O terceiro trio a passar, quando leu nossas faixas, ficou indignado!!! “Quem tá fazendo $how aqui? Que $how que nada!”. E puxou o grito de guerra contra nós, repetido por todos os marchadores: “fariseu, fariseu, fariseu”. Os apostólicos mais exaltados jogaram mais água na gente, o que agradecíamos de coração, pois o calor estava insuportável – o sol estava a pino e nossas camisetas pretas não ajudavam nem um pouco. Os gritos iam mudando com o passar do tempo: “uuuuhhhhh!”, “ih, fora! Ih, fora!”, “vão fazer a marcha de vocês”, “seus hereges”. Tivemos componentes chamados de “Judas” e de tudo quanto é nome.

Passaram o quarto, quinto, sexto trios, e as manifestações contrárias se repetindo. Uma mulher gritou “nós somos do dinheiro mesmo!”. Uma bispa num trio-elétrico disse para rasgarem as faixas, mas alguém do lado dela fez sinal para que não fizessem isso. Teve gente inclusive que se indignava quando lia o versículo em nossa camiseta, como se aquilo não existisse na Bíblia deles. Mas houve também quem concordasse conosco – até tiraram foto com a gente. Algumas pessoas vieram conversar, interessados no movimento. Não só nós achamos que o $how tem que parar.

Também fomos abordados por veículos de imprensa. Repórteres da Folha de São Paulo e do Estado de São Paulo entrevistaram integrantes do protesto. Éramos apenas 8, mas Deus não nos fez invisíveis naquele lugar.

Enfim, toda a multidão passou por nós. Nossas camisetas foram muito fotografadas, mas também fomos bastante insultados. Particularmente eu estava muito feliz e triste ao mesmo tempo: feliz pela oportunidade que Deus me deu de estar ali com os irmãos, defendendo o Evangelho de Cristo; triste por ver uma multidão tão grande de pessoas, que se acham salvas por terem um dia confessado Jesus como seu Senhor e Salvador, mas que O trocam, por ignorância ou mesmo ambição, pelos ídolos de pedra e de carne e osso, que se alternariam em discursos no palco final da Marcha. Não fomos lá, pois consideramos que poderia soar como uma provocação da nossa parte, e em meio à multidão ninguém sabe o que poderia ocorrer.

Mas glória a Deus, pois a missão foi cumprida. Sinceramente não esperávamos nem metade da repercussão que o movimento obteve, e por isso glorificamos sinceramente a Deus por nos ter colocado naquele lugar. Sabemos que muitos dos que nos insultaram o fizeram por terem lido as mensagens das faixas e das camisetas, e sabemos também que no tempo certo o Espírito Santo de Deus trará essas mensagens à memória e os levará a buscarem e a compreenderem a verdade do Evangelho de Cristo. Infelizmente isso não acontecerá com todos, afinal a porta é estreita e as vantagens desse mundo seduzem muitos corações, mas aqueles que estão no engano por ignorância, esses serão trazidos à luz pelo Senhor.

Sinceramente? É muito bom servir a Deus, mesmo que isso signifique ser odiado pelos homens. Como diria o Apóstolo (de verdade) Pedro:


"Mais importa obedecer a Deus do que aos homens" - Atos 5.29
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...