Sou Pentecostal




...E talvez o único que não gosta muito de barulho, minha adoração se faz em silêncio, lendo as boas novas, aonde encontro de verdade o amor, graça, misericórdia e paz.

Movimentos para receber poder, unção, sinais, prosperidade, profecias, previsões não me atraem, alias na maioria das vezes só me entristece.

Que alegria tenho, quando recebo a resposta de algo que foi confiado ao Senhor em simples e secreta oração.

Minha convicção não vem por meio de pulos, rodopios ou línguas que ninguém entende nada (que infelizmente se tornou normal entre nós pentecostais)

Sou pentecostal, creio nos dons concedidos para Igreja (corpo de Cristo) e na utilidade da igreja instituição, mais minha confissão de fé não esta apegada nem nos dons e nem na igreja instituição.

Não me reúno para ver espetáculo, quando na igreja que freqüento anunciam celebridades ou pregadores especiais fico em casa! Prefiro ver uma irmã do circulo de oração trazer uma palavra em um culto que poucos vão, do que um grande profeta em um domingo de casa cheia.

Alias profetas hoje? Quem inventou essa?

Para mim, a Bíblia aberta é a única voz profética que considero!

Noto que um dos maiores problemas que vejo entre nós pentecostais é o excesso de poder e sinais e pouca ou nenhuma decisão de mudança de caminho.

De que adianta? Receba, receba ,vire para o lado e blá, blá, blá...
E amanhã a mente ta vazia do mesmo jeito!


Sou pentecostal, acredito no sobrenatural de Deus, que não precisa de ajudinha de ninguém, que não precisa de fraude ou truques para nos surpreender

Também acredito que não preciso entrar em transes, cair no chão, para ser abençoado, to vendo muito isto em nossos cultos, coisas bem parecidas (e bem pior) do que vi em cultos do candomblé que freqüentei na mocidade.

Confesso que não acredito ser este o mover de Deus, chamam de divinos, do espírito, dos anjos, mais não são!

Cristo deixou o exemplo, oração simples, direta e submissão apenas a Deus todo poderoso!


Bom final de semana a todos na paz do Senhor

Marcelo e Eunice

4 comentários:

irmão Betinho disse...

Parabéns pelo texto. Vejo GRAÇA na forma que os irmãos falam de assuntos tão mal compreendidos como esse de ser “PENTECOSTAL”. Nessa semana (mais precisamente na quinta-feira) recebi um texto de um irmão após nossa reunião de voluntários. O texto falava do assunto e dizia o seguinte: Se você quer pular, correr, cantar, chorar, lamentar, pode fazer tudo isso, mas que isso seja feito ouvindo a VERDADE. Não quero dar ênfase para o “fogo”, para a “unção”, para o “vento” nem para a “onda” e nem direi “frases de efeito” para ver alguém correndo, suando e pulando. Não! Afinal, pode ser isso que alguém esteja já fazendo há muito tempo e tudo está do mesmo jeito: nem mais cheio nem mais vazio. Talvez alguém corra porque está todo mundo correndo (e a vida tem sido mesmo uma correria, não dá para fazer tudo no mesmo dia, 24 horas é pouco demais). Talvez chore devido as desgraças: guerras, violência, mortes, tragédias. Talvez cante para espantar os males, pois o provérbio popular já diz: quem canta seus males espanta. O problema é não praticar o que se canta, coisas do tipo: “Te entrego minhas vontades... meus desejos...”. Talvez lamente por ter tudo e sentir que não tem nada. Algo parece ainda fazer falta. Espera-se uma novidade!!! Lamentar por não conseguir ver o que está diante dos olhos... Lamentar por não aceitar a VERDADE simples... Lamentar por saber que está errado e não mudar... Lamentar por saber que o EVANGELHO é TUDO, mas acaba buscando "tudo", menos o Evangelho... Sabe irmão Marcelo e irmã Eunice, hoje entendo que ser “pentecostal” é crer na ação do Espírito Santo de Deus, na ação Daquele que faz ou deixa de fazer como Ele bem entende. Sendo assim, também sou um pentecostal. Porém, o que me contrange é deixarmos de falar que o Evangelho de Cristo em nenhum momento nos pede para sermos “pentecostais”, mas ele pede para sermos santos, buscando estar limpos pelas Palavras que Jesus tem nos falado (João 15.3). E tem mais, quando se fala o termo "pentecostal", muitos já associam com “Línguas Estranhíssimas”, porém, conforme muito bem colocado por Oswald Chambers, “a verdadeira prova de que recebemos o batismo do Espírito Santo é termos uma forte SEMELHANÇA com Jesus”.

Fiquem na Paz que vem do alto!
Um forte abraço,
Do irmão Betinho.

Marcelo e Eunice disse...

Olá irmão Betinho

É um previlégio te-lo como companheiro de caminhada

Abraços

Marcelo e Eunice

Discípulos do Carpinteiro disse...

A Paz abençoado!

Muito bom seu blog! Já estou seguindo e coloquei um banner no meu blog.

Este estudo então fala tudo aquilo que estou sentindo também! Pregação maravilhosa! Que Deus continue te usando cada vez mais!

Grande abraço

Guara disse...

Paz do Senhor amados, realmente hoje em muitos templos temos comtemplado um fogo estranho se ascender em meio ao culto. Às vezes pegunto ao Senhor; quantos destes que estão pulando, profetizando, dançando etc; continuarã neste mesmo espirito ao saíre daqui... O pentecostalismo que aprendi, creio e vivo é aquele da oração constante e do compromisso com a palavra do Senhor(em nada dando escândalo). Aquele em que o Espirito Santo faz com que um irmão desconhecido bata a sua porta dizendo que há dias tem sido impelido pelo Espirito de Deus para ir até voce só para dizer que Ele te ama, que está com você e que deve endireitar seus caminhos. Este é o pentecoste que vem de DEUS, que ELE vos abençoe grandemente em nome de Jesus Cristo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...