Desigrejados



Vamos completar um mês sem estarmos cooperando formalmente em uma igreja

Os primeiros dias foram os mais difíceis, sentimos muita falta de irmos à igreja de revermos nossos irmãos, da liturgia, etc...

Com o passar dos dias, vamos nos adaptando a nova realidade e descobrindo que o amor de Cristo é tremendo, como ele alcança a todos sem qualquer distinção

Talvez você que diga: Grande Novidade, isto eu já sei de longe!

Nós também achávamos que sabíamos, porém, quando você se vê realmente sozinho nessa caminhada, sem aquela falsa sensação de segurança que o templo e seus representantes nos passam, sem aqueles elogios que mexem com nosso ego, descobrimos quem realmente somos

É como se olhar no espelho, você é assim, e agora é você assim e Deus!

Não tem mais motivos para fazer médias ou fingimentos, é você e Deus!

Não tem mais motivos para fazer parte de qualquer panelinha ou sonhar por promoções e cargos no templo, agora é você e Deus!

É a oportunidade de retomar a sinceridade, o romantismo pelas coisas do céu...

É a oportunidade de nos sentirmos Igreja, não a institucionalizada, mais Aquela que não esquece Quem manda de verdade, Aquela que se aflige na Cruz, Aquela que quando presencia alguma cura, glorifica apenas a Deus e não fica querendo exibir ou vender seus poderes, Aquela que chora por ver quantas pessoas caminham no engano e na condenação, Aquela que reverencia somente um Deus.

É você e Deus...

Então e a igreja instituição?

Aprendemos que ela é muito importante, não como local santo, mais como um local aonde podemos aprender, ensinar, compartilhar, cultuar, nos ajudar, nos alegrar, e termos a oportunidade de sermos Igreja

Se a igreja tira a oportunidade de você ser Igreja, pé na estrada e confiança Naquele que sonda nossos corações,


Abraços,

Na Fé

Marcelo e Eunice


Observação:

Sempre diferenciamos em nossos textos igreja (com i minúsculo) que não passa de uma instituição da Igreja (com I maiúsculo) que significa aquela que todos nós independente de placas estamos inseridos.

Ou seja, aqueles que reconhecem que Deus É o Pai amoroso, reconhecem que Jesus É o filho e Deus, nosso advogado e único intermediador e que o Espírito Santo foi enviado para consolar, instruir, fortalecer os crentes e que também ele é uma pessoa e É Deus, reconhecem que a Bíblia é a Palavra de Deus divinamente inspirada e que a Salvação é pela graça, mediante a fé em Jesus Cristo, todos que assim crêem independente de onde moram, ou em qual condição social vive ou qual igreja freqüenta, ou qual formação tem, fazem parte do mesmo corpo, invisível, resgatado pelo sacrifício de Jesus na Cruz

6 comentários:

Susana Silvério disse...

Amados, entendo a dor, a frustração e em certa medida a alegria de estar fora da corrupção e frieza existente na Igreja. Em Novembro do ano passado deixei de congregar e pela primeira vez em quase 20 anos não sabia o que fazer aos domingos á noite. o trágico é que nas condições que sai (com uma bela marca de sapato nas costas)fiquei tão ferida que não conseguia procurar outro lugar, aonde entrava me dava um verdadeiro pânico, saía antes da reunião acabar, chorando aos cântaros... Ia pra casa lamber minhas feridas sozinha com Deus. Toda essa situação foi muito traumática e solitária e mesmo sendo crítica e autônoma, como sempre fui, não era fácil lidar com nada daquilo. Por vezes achei que nunca mais voltaria aos bancos de uma igreja. Mas o que o Senhor me mostrou é q Aquela igreja não precisava de mim, alguem que fosse questionar seu enfoque na prosperidade, na tal guerra espiritual aonde irmãos lutam com anjos e outras coisas absurdas, mas em outro lugar seria muito útil na obra. E foi exatamente o que aconteceu. Conheci uma pequena congregação com 40 membros e quase 20 adolescentes, precisando desperadamente de ajuda! Vendo a seara madura não pude deixar de me alistar pra colheita. Sei que devo servir com tudo que aprendi e somos qualificados para sermos úteis. Por isso irmãos, humildemente conto minha história, para que agora, mais ainda, trabalhem na seara, em grupos familiares, em evangelismo, ensinando a bíblia pra novos convertidos ou adolescentes. Já dizia a parábola que enterrar o talento não era nada produtivo...
Fiquem na santa paz do Senhor,
Susana
http://susanasilverio.blogspot.com

Marcelo e Eunice disse...

Arrasou.....
Nem tenho palavras para agradecer por nos ter enviado este texto tão maravilhoso
Deus te recompense
Muito Obrigado

Abração

Na Fé

Eunice

irmão betinho disse...

Para quem iremos nós, se só Tu tens as PALAVRAS de Vida Eterna?" João 6.68

Meus irmãos do blog "Caminhando na graça, de graça", posso com tamanha alegria afirmar que vocês são a IGREJA de CRISTO na terra, são o TEMPLO DO Espírito Santo, ou seja, são a CASA DE DEUS (isso de acordo com as verdades contidas no Novo Testamento). Falo isso com base na VERDADE que Hebreus 3.5-6 nos mostra:

"Moisés foi leal como servo em toda casa de Deus, dando testemunho do que haveria de ser revelado no futuro; CRISTO, no entanto, é fiel como FILHO sobre a casa de Deus; e essa casa SOMOS NÓS, istó é, se retivermos com fé perseverante a coragem e a esperança da qual nos gloriamos".

"Cristo em vós, a Esperança da Glória" Clossenses 1.27

Um forte abraço.

pastor M. G. Anselmo disse...

Queridos irmãos,
Entendo vossa situação. Muitos passaram ou estão a passar por igual situação. O que posso lhes dizer é que muitas vezes saímos de um local para nos preparar para outro, onde vamos ser muito mais úteis, abençoados e abençoadores.
Tenho convicção que Deus nos criou para viver em comunidade, em grupo e com a Igreja não é diferente. Precisamos estar juntos, sempre.
Mesmo com tantos problemas nas "igrejas", elas ainda são os melhores locais para nos reunirmos e servirmos a Deus de forma congregacional, pois individualmente já o fazemos.
Queridos irmãos, observem bem as oportunidades que Deus lhes irá proporcionar e tenham certeza, Deus tem pra vós ainda muito trabalho individual e congregacional em prol de Seu Reino e junto de seus irmãos.
Somente nesse tempo de transição, cuidem-se para não perder a alegria e criar em vossos corações mágoas e ressentimentos.
Sempre há um local pra nós, sempre haverá um grupo pra nos juntarmos. Sempre haverão irmãos prontos a nos receber de braços abertos.
Mesmo que muitos digam o contrário, ainda existem muitos irmãos e igrejas que amam de verdade.
Com profundo amor,
Em Cristo,
Pr. Magdiel G Anselmo.

Marcelo e Eunice disse...

Pr. Magdiel, graça e paz por parte de Nosso Senhor Jesus esteja contigo
Agradecemos muito pela sua palavra e conselho
Deus abençõe
Abração


Marcelo e Eunice

Marcelo e Eunice disse...

Irmão Betinho, a paz
Agradecemos pelas palavras, sempre um refrigério, um amigo em dias conturbados....

Alias falando em amizade, se ler esta resposta, nos mande o seu e mail...

Abraços

Marcelo e Eunice

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...