ESTEVÃO: O exemplo de um cristão cheio do Espírito Santo




Muitos evangélicos estão acostumados a “REPREENDER” e “NÃO ACEITAR” qualquer tipo de tribulação, até parece que não desejam entrar no Reino de Deus, afinal o próprio apóstolo Paulo e Barnabé procuravam confirmar o ânimo dos seus discípulos, exortando a todos a permanecer na fé, afirmando que ”POR MUITAS TRIBULAÇÕES NOS IMPORTA ENTRAR NO REINO DE DEUS” (Atos 14.22)

Logo, um cristão em perfeita comunhão com Deus e cheio do Espírito Santo também pode ter problemas e até passar por várias tribulações.

Um exemplo disso foi o mártir Estevão, que, após seu discurso em defesa do evangelho de Cristo, embora repudiado e até mesmo apedrejado, provou ser um verdadeiro seguidor do mestre nazareno.

Estevão em momento algum ficou cobrando livramento de Deus nem se justificando ou dizendo coisas do tipo: “SENHOR, EU ESTOU SENDO ENVERGONHADO!”, “COMO PODE ISTO SENHOR? EU SOU TEU SERVO FIEL”, “SENHOR, EU QUERO DE VOLTA O QUE É MEU: MEUS DIREITOS E MEUS SONHOS”,” EU REPREENDO ESSAS PEDRAS”, “EU NÃO ACEITO ISSO NA MINHA VIDA”, “EU DETERMINO A MINHA VITÓRIA AGORA MESMO”.

Com certeza, Estevão não conheceu nem se submeteu ao ENGANOSO “EVANGELHO DA FACILIDADE” ou “EVANGELHO TERRENO”, hoje em dia tão pregado nos púlpitos dos templos por homens que usam passagens do Velho Testamento para iludir e fazer muita gente sonhar com o que não é eterno, mas apenas passageiro e perecível, como por exemplo: LUXO, BEM ESTAR, POSIÇÃO DE DESTAQUE E RIQUEZAS TERRENAS.

Estevão sabia que sua pátria não era aqui e que precisava fazer a vontade de Deus para depois alcançar a promessa (Hebreus 10.36).

Estevão creu nas palavras de Jesus, que foi preparar morada no céu para todo aquele que crê.

Além disso, Estevão mostrou ter mesmo Jesus em sua vida quando pediu para Deus perdoar todos os que lhe APEDREJAVAM.

Isso é ser CHEIO DO ESPÍRITI SANTO.

ENQUANTO MUITOS APRENDEM OU ENSINAM QUE UM CRISTÃO NÃO PODE SOFRER NEM SER HUMILHADO POR NINGUÉM, A HISTÓRIA DE ESTEVÃO NOS ENSINA OUTRA REALIDADE:

ESTEVÃO, mesmo estando CHEIO DO ESPÍRITO SANTO, MORREU APEDREJADO.

ESTEVÃO tinha uma melhor esperança: o CÉU.

“Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus”. Atos 7.55

“E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu”. Atos 7.60

Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 08

2 comentários:

irmão Betinho disse...

Olá irmãos do caminhando na graça, de graça. É um prazer poder estar meditando nas matérias postadas. Os desenhos já falam bastante ao coração. Confesso que tenho um carinho especial por esse texto sobre Estevão. Creio que a frase "um cristão em perfeita comunhão com Deus e cheio do Espírito Santo também pode ter problemas e até passar por várias tribulações" é quase uma afronta para quem acredita e procura seguir os métodos e ensinos do "Movimento de Batalha Espiritual", muito difundido, principalmente, no meio Neo-pentecostal. Permanecer na suficiência do evangelho já é uma grande aventura para o cristão sincero, que deseja morar no Céu. Assim sendo, podemos nos espelhar na simplicidade e na ousadia de Estevão. É mesmo um privilégio poder meditar no capítulo 7 de Atos e ver o quanto Estevão se esforçou para abrir o entendimento dos líderes religiosos que rejeitavam o FILHO de Deus. Estevão usou de forma sábia as ANTIGAS ESCRITURAS para anunciar as BOAS NOVAS de salvação. Será que por essa atitude ele recebeu elogio dos homens? O Evangelho diz que Estevão foi arrastado para fora da cidade e foi apedrejado. Isso é participar das aflições de Cristo.
Um abração para os irmãos.

Marcelo e Eunice disse...

Betinho a Pazzz
Muito obrigado por tudo, pelo envio do material, comentários e principalmente pela amizade e consideração

Abraços

Na Fé

Marcelo e Eunice

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...