JUDAS: Um exemplo a NÃO ser seguido




A história de Judas é uma das mais trágicas do Novo Testamento.

Por receber 30 moedas para mostrar o local onde Cristo estava e dar um beijo como sinal para entregar Jesus aos soldados, Judas passou a ser símbolo de morte e traição, e um exemplo a NÃO ser seguido.

Mediante os acontecimentos relatados nos evangelhos, além de apontar os erros de Judas, podemos tirar algumas lições importantes:

1) A Palavra diz que Judas foi ESCOLHIDO por Jesus. Isso nos ensina que mesmo alguém SENDO CHAMADO POR DEUS pode estar propenso às TENTAÇÕES, VAIDADES E COBIÇAS.

2) Judas demonstrou NÃO TER FÉ, MESMO VENDO TUDO O QUE JESUS FAZIA, confirmando a Palavra que diz: “A FÉ NÃO É DE TODOS” (II TS. 3.2)

3) Jesus havia prometido que todo aquele que o seguisse e perseverasse até o fim receberia uma recompensa eterna nos céus. Judas não conseguiu perseverar, esperar e confiar na promessa de Cristo, preferindo receber sua RECOMPENSA no reino terreno e viver aparentemente realizado, sem saber que “a aparência deste mundo passa” (I Cor. 7.31).

4) Judas estava entre aqueles que receberam ordens de Jesus para curar enfermos, expulsar demônios e anunciar o evangelho. Podemos então verificar que NÃO ADIANTA APENAS USAR A AUTORIDADE DO NOME DE JESUS PARA EFETUAR SINAIS E PRODÍGIOS, ORAR E CURAR MUITOS, OU MANIFESTAR OUTROS DONS, sem se preocupar em apresentar um bom testemunho, um viver digno de um servo de Cristo, de acordo com o evangelho.

A própria Palavra diz que muitos VÃO FICAR FORA do Reino de Deus, porque, mesmo usando o nome de Jesus para efetuar MILAGRES E MARAVILHAS, CONTINUAM PRATICAR INIQUIDADE.

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus [...]” Mateus 7.21

“Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade”. Mateus 7.22,23

Na Fé

Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias, página 29

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...