Somente Números




Hoje um pastor não é avaliado por ser honesto, dar bom testemunho, por servir de exemplo ao rebanho, por ajudar os fiéis mais necessitados, por ir atrás das ovelhas que se perdem, por dar uma palavra ao desesperado. Não é por nada disso.

O prestigio de um pastor esta alienado ao faturamento mensal.

Sua conduta é medida pela arrecadação e pelo lucro. Somente números ($).

O papel do Espirito Santo de escolher os que vão conduzir o povo foi assumido por homens que, sem a direção de Deus, parecem não se preocupar com as orientações de Paulo quanto aos requisitos necessários a um pastor: Que seja irrepreensível, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar, não cobiçoso de torpe ganância, não contencioso, não avarento.

Hoje o que se vê é muita cobrança, muita meta a cumprir, muita matemática, muita propaganda, muito comércio e MUITO POUCO EXEMPLO.


“[...] seja irrepreensível, marido de uma mulher [...] não cobiçoso de torpe ganância [...]” I Tm. 3.2,3

“ [...] mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé [...]” I Tm. 4.12

Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias, página 29



Um comentário:

Vinícius Fernandes disse...

Verdade verdadeira. Nada mais a acrescentar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...