Palácios e berços de ouro



Só mesmo um REI DIFERENTE poderia NASCER envolto em panos e numa manjedoura.

“ E isto vos será por SINAL: ACHAREIS O MENINO ENVOLTO EM PANOS E DEITADO NUMA MANJEDOURA”. Lucas 2.12

Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 17

O VALENTE IRMÃO LUTERO



Da mesma forma que se sentiu Lutero dentro dos TEMPLOS Católicos da sua época, também me sinto hoje em muitos TEMPLOS EVANGÉLICOS GOVERNADOS POR HOMENS FRIOS, CALCULISTAS, GANANCIOSOS, FALSOS, ENGANADORES, SEM MORAL, SEM EXEMPLO PARA DAR, SEM AMOR AO PRÓXIMO, AVARENTOS, PRIVADOS DE VERDADE, QUE TRATAM A PIEDADE COMO FONTE DE LUCRO e que ensinam o povo a buscar aquilo que O MUNDO TAMBÉM PROCURA: PODER, FAMA E COISAS MATERIAIS, que se acabam.

“Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus”. Filipenses 2.21

“[...] homens corruptos de entendimento, e PRIVADOS DE VERDADE, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais”. I Timóteo 6.5


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 24

Inimigos da cruz




Quem DEFENDE, PREGA ou ENSINA o Antigo Testamento como REGRA DE FÉ e prática de vida, ainda não entendeu a MENSAGEM DA CRUZ e está COMPROMETENDO SUA PRÓPRIA SALVAÇÃO.

Tal pessoa está CAINDO DA GRAÇA e voltando para DEBAIXO DA LEI.

A Lei não USA DE MISERICÓRDIA com ninguém e também condena todo aquele que não aceita a salvação pela graça, que é somente por meio da fé em Jesus Cristo.

Querer guardar ordenanças da Antiga Aliança é o mesmo que considerar o sacrifício PERFEITO de Cristo como sendo IMPERFEITO, como se Jesus não fosse SUFICIENTE como Salvador.

Cristo cancelou a ESCRITA DE DÍVIDA, que era contra nós e que consistia em ORDENANÇAS.

Ele a REMOVEU COMPLETAMENTE, cravando-a na cruz ( Colossenses 2.14).

Sabemos que a PLENITUDE da divindade habita corporalmente em Cristo, que nos deixou o exemplo e ensinou tudo o que precisamos para alcançar a Vida Eterna.

Os defensores e pregadores do Antigo Testamento, apesar de eloqüentes e falantes, parecem ter VERGONHA de falar do Evangelho de Cristo.

Seus ensinos se resumem num emaranhado de “promessas” QUE O Evangelho NÃO PROMETE e acabam simplesmente falando de negócios desta vida, riquezas materiais e coisas terrenas, ou seja, de tudo aquilo que perece e que não se aproveita para a eternidade

“[...] são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas”. Filipenses 3.18,19

“[...] não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê [...]”.

“[...] nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade”. Colossenses 2.9

“Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida [...]”. II Timóteo 2.4


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 24

Chamados para servir ou para serem servidos?




A mentira, as falsas testemunhas, a politicagem e a corrupção eram realidades no meio das lideranças religiosas no tempo em que Jesus foi julgado e condenado.

Os lideres da época usavam a Lei para justificar suas ações criminosas e injustas, quando condenavam pobres e inocentes e absolviam os mais ricos e influentes.

Eles também queriam ser tratados como PRÍNCIPES, sustentados com o melhor, servidos e agradados por todos. Jamais permitiam que alguém falasse algo contra eles, muito menos a VERDADE.

Sabe qual diferença DAQUELES LÍDERES para MUITOS DOS ATUAIS COMANDANTES DOS TEMPLOS RELIGIOSOS?

N E N H U M A

“Ninguém busque o proveito próprio [...]” I Cor. 10.24


“Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, NÃO POR FORÇA [...] nem como tendo DOMÍNIO sobre a herança de Deus, mas SERVINDO DE EXEMPLO ao rebanho”. I Pedro 5.2,3


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 24

A Nova Aliança - uma melhor esperança



Quando é que verdadeiramente os homens que comandam e ensina, o povo nos TEMPLOS vão aprender que OBEDECER É MELHOR DO QUE SACRIFICAR?

DEUS QUER MISERICÓRDIA E NÃO SACRIFÍCIO.

Muitos lideres e pregadores famosos parecem mesmo não entender que a nossa redenção NÃO tem nada a ver com as batalhas sangrentas nem com as matanças dos tempos do Velho Testamento, da Antiga Aliança, quando Reis e Profetas MATAVAM os seus INIMIGOS e todos os que não se submetessem a eles.

Precisamos compreender que somos CRISTÃOS e que devemos obedecer às palavras de Cristo: “MISERICÓRDIA QUERO E NÃO SACRIFÍCIO” Mateus 9.13.

Devemos AMAR a todos, até mesmo os NOSSOS INIMIGOS, abençoar os que nos maldizem, orar por quem nos persegue e fazer sempre o bem.

A misericórdia triunfa sobre o juízo (Tiago 2.13)

Jesus declarou que a Lei e os profetas duraram somente até João Batista (Lucas 16.16) De Cristo em diante é uma NOVA ALIANÇA e uma MELHOR ESPERANÇA: É GRAÇA, VIDA, PERDÃO, PAZ, ALEGRIA, MISERICÓRDIA, FÉ, AMOR.

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem [...]”. Mateus 5.44

“[...] se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra” Mateus 5.39

“[...] Misericórdia quero, e não sacrifício [...]” Mateus 12.7

“Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele que não fez misericórdia [...]”. Tiago 2.13

“[...] e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus”. Hebreus 7.19

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. II Cor. 5.17

Opinião do Blog:
Quantas coisas você tem sacrificado na sua vida achando que esta agradando a Deus?

Você não pode comprar uma resposta do Pai, não pode Obrigá-Lo a NADA nem EXIGIR NADA, você é PÓ e sem a GRAÇA e a MISERICÓRDIA DELE nem PÓ você é.


Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 14

A COLHEITA



A frase “O HOMEM VAI COLHER TUDO QUE SEMEAR” é muito usada para induzir o povo a semear dinheiro.

Deus é Santo e conhece o nosso coração. Portanto, ao semearmos dinheiro não estaríamos demonstrando onde está nosso tesouro?

“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”. Mateus 6.21

“Ninguém pode servir a dois senhores [...] Não podeis servir a Deus e as riquezas”. Mateus 6.24

“Não ajunteis tesouros na terra [...]”. Mateus 6.19

Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 17

A moda sempre muda



Fica cada vez mais difícil falar da SIMPLICIDADE que há em Cristo em meio a tantos ternos, gravatas, sapatos de couro legítimo, calças de grifes famosas, saias e vestidos de tecidos finos.

Todo o excesso de preocupação com o exterior não combina para quem se diz seguidor de um MESTRE TÃO SIMPLES e HUMILDE e que JAMAIS SE PREOCUPOU COM A APARÊNCIA DO HOMEM.

Além disso, todos esses ternos, gravatas, sapatos, calças, saias e vestidos, todos mudam conforme as exigências da moda.

Porém AQUELE que andava de túnica e de sandálias É O MESMO ONTEM, HOJE E ETERNAMENTE.
Se você estiver FORA DA MODA, FIQUE TRANQUILO, JESUS NÃO MUDA.

“[...] todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”. I Cor. 6.12

“[...] assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo”. II Cor. 11.3

“Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente”. Hebreus 13.8


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 14

Examine nas Escrituras o que você ouve




Que Cristianismo temos vivido?
Que Evangelho temos seguido?
Que mensagem temos anunciado? (I Cor. 2.2)
Estamos formando Cristo nas pessoas? (Gálatas 4.19)
Em que fundamento estamos firmados? (I Cor. 3.11)

Dou graças a Deus em saber que esses textos fazem parte de uma das mais queridas e respeitadas Bíblias de Estudos editadas no Brasil: a BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL – da CPAD – Casa Publicadora das Assembléias de Deus.

Porém, admira-me todo esse ensinamento ficar apenas nas páginas dessa Bíblia, afinal, não vejo nem ouço os tais “Pregadores Pentecostais” dar ênfase a essas simples verdades contidas nos comentários da Pentecostal.

Mas o que mais dói saber é que o povo, sem ser alimentado com essas verdades fundamentais da fé cristã, continua recebendo como “VERDADE ABSOLUTA” TUDO QUE VEM DOS PÚLPITOS, sem ser despertado a EXAMINAR nas próprias Escrituras se o que está sendo ministrado faz parte do ensino dos apóstolos (creio que os apóstolos jamais se preocuparam em pregar “mensagens impactantes” tomando textos do Antigo Testamento, muito menos criar mandamentos conforme a Velha Aliança.

Será que Jesus disse: “Ide pregai o Velho Testamento, a Lei e os Profetas a toda criatura?”

SABEMOS QUE NÃO. E por saber disso, precisamos URGENTEMENTE anunciar as BOAS NOVAS, que é o EVANGELHO, procurando VIVER conforme os ensinos de JESUS DE NAZARÉ (O Filho de Deus, que VIVE e REINA para SEMPRE)...

...a não ser que ainda NÃO TEMOS ACHADO AQUELE que Moisés e os Profetas falaram que HAVERIA de vir...

“[...] Havemos achado aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas: Jesus de Nazaré, filho de José”. João 1.45


“[...] convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos”. Lucas 24.44


“Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer”. Atos 3.18

“Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo”. João 1.17

Texto enviado pelo irmão Betinho, colaborador e amigo do Blog


Na Fé
Eunice e Marcelo



Liberdade Verdadeira




Enquanto muitos entendem liberdade como sendo a condição de dizer SIM para tudo nessa vida, um cristão sabe da liberdade que tem de poder dizer NÃO para tudo aquilo que não lhe convém.

Só conhece essa liberdade quem Jesus libertou.

Só é livre, verdadeiramente, quem reconhece que já foi escravo um dia.

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”. João 8.36

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm [...]”. I Cor. 10.23


Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 13

O NOVO TESTAMENTO: UMA MELHOR ESPERANÇA



“Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará”. II Cor. 3.14,15, 16

“(Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus”. Hebreus 7.19

“E por isso é Mediador de um NOVO TESTAMENTO, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do PRIMEIRO TESTAMENTO, os chamados recebam a PROMESSA da HERANÇA ETERNA”. Hebreus 9.15

“O qual nos fez também capazes de ser ministros de um Novo Testamento [...]”. II Cor. 3.6

“Assim, o mandamento anterior é ANULADO por causa da sua fraqueza e inutilidade”. Hebreus 7.18

“Porque ninguém pode pôr OUTRO fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”. I Cor. 3.11

“Mas agora se manifestou, SEM A LEI, a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas; Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem [...]” Romanos 3.21,22

“[...] derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne desfez a inimizade, isto é, ANULOU A LEI DOS MANDAMENTOS expressa em ORDENANÇAS [...]”. Efésios 2.14,15

“Ao proclamar Nova esta aliança, Ele transformou em antiquada a primeira” Hebreus 8.13

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. II Cor. 5.17


Na Fé
Eunice e Marcelo

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 11

Como vamos ser conhecidos?



Como cristão, fico feliz quando chega o dia da SANTA CEIA, afinal, é um dos únicos dias do mês em que se fala a respeito do NOVO TESTAMENTO e, mesmo assim, na maioria das vezes, para não quebrar a liturgia, é feita apenas a leitura de I Coríntios 11:

“[...] Este cálice é o NOVO TESTAMENTO no meu sangue; fazei isto, todas às vezes que beberdes, em memória de mim”. (v.25)

O triste é ouvir o restante do mês pregações que exaltam somente os profetas e reis do Velho Testamento. A igreja esta tão preocupada em anunciar e ensinar a Antiga Aliança, que parece ter VERGONHA DO EVANGELHO.

Não dá mesmo para entender que alguém que precisa se humilhar, se arrepender dos pecados e amar até mesmo os seus inimigos, necessite ouvir coisas do tipo:

“VOCÊ VAI PISAR E DESTRUIR TODOS OS TEUS INIMIGOS”, “HOJE VOCÊ VAI DERRUBAR O GIGANTE E CORTAR A CABEÇA DELE”, “VOCÊ NÃO É CAUDA, VOCÊ É CABEÇA; TODOS VÃO TER QUE SE PROSTRAR DIANTE DE TI”.

Por não MUDAR e não APERFEIÇOAR ninguém, o VELHO TESTAMENTO NÃO SERVE PARA O CRISTÃO como regra de fé ou prática de vida.

O escritor de Hebreus afirmou que a Lei em NADA APERFEIÇOOU (Hb. 7.19), e, mesmo assim, muitos ainda tentam guardá-la.

É mesmo preocupante ver a igreja de Cristo pregar e ensinar tão pouco sobre a NOVA ETERNA ALIANÇA, feita pelo próprio Cristo – o Filho de Deus.

Mas afinal, COMO VAMOS SER CONHECIDOS? POR DERROTAR OU POR AMAR OS INIMIGOS?


“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”. João 13.35

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem [...]”. Mateus 5.44

“Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido”. Mateus 3.14


Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 10

A semente entre os espinhos



Acredito que muitos ainda não entenderam o que Jesus procurou mostrar na parábola do semeador, quando falou a respeito da terceira semente, a que caiu entre os espinhos.

Jesus não disse que o problema daquela semente era a falta de bens terrenos, de uma posição social elevada ou a falta da tal “prosperidade” que a igreja atual tanto promete para aqueles que são “FIÉIS NOS DÍZIMOS E NAS OFERTAS”.

Para surpresa das pessoas que são ENGODADAS ( estimuladas) a buscar essas coisas: Não era nada disso que estava faltando para aquela semente, pelo contrário, o seu problema era exatamente POSSUIR TUDO isso.

O MAIOR PROBLEMA DO HOMEM é ter DEMAIS ou querer TER TUDO, pois acaba depositando toda sua esperança na incerteza das riquezas.

“E o que foi semeado ENTRE ESPINHOS é o que ouve a palavra, mas os CUIDADOS DESTE MUNDO, e a SEDUÇÃO DAS RIQUEZAS sufocam a palavra, e fica infrutífera” Mateus 13.22

Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 20

AS MESMAS COISAS



Muitos cristãos vivem na expectativa de um “NOVO MOVER DE DEUS”, de uma “REVELAÇÃO MAIOR” do que as BOAS NOVAS de salvação.

A simplicidade que existe em Cristo ASSUSTA e até ESCANDALIZA grande parte do POVO EVANGÉLICO, acostumado a SONHAR os SONHOS DOS HOMENS e NÃO os SONHOS de DEUS.

Jesus comissionou o seu povo a ir por todo mundo e pregar o SEU EVANGELHO.

Os “PROFISSIONAIS DA FÉ” que hoje PREGAM nos TEMPLOS são os grandes responsáveis pelo rumo tomado pela igreja moderna.

A mensagem simples da fé no Filho de Deus FOI ESQUECIDA e TROCADA por FÁBULAS e estudos dirigidos por sabedoria humana, bem diferente do ensinamento que Cristo procurou dar a simples pescadores e a homens humildes, que reconheciam que PRECISAVAM DE FÉ (E NÃO DE DINHEIRO) para levar adiante o que aprenderam do Mestre.

A mensagem da cruz NÃO ERA PREGADA PARA RESOLVER PROBLEMA FINANCEIRO DO PECADOR, mas para SALVAR A ALMA DO HOMEM perdido.

O próprio apóstolo Paulo não se cansava de escrever as MESMAS COISAS, procurando anunciar UNICAMENTE A VERDADE, sem se preocupar em AGRADAR A HOMENS ou ACRESCENTAR OUTRAS COISAS ao Evangelho.

Paulo sabia que essas MESMAS COISAS geravam liberdade e segurança para o povo. Pedro também procurou sempre ensinar acerca das coisas do Evangelho de Cristo, e são essas MESMAS COISAS que precisamos anunciar, e NÃO OUTRAS COISAS.

“[...] Não me aborreço de escrever-vos AS MESMAS COISAS, e é segurança para vós”. Filipenses 3.1

“Por isso não deixarei de exortar-vos sempre acerca DESTAS COISAS, ainda que bem as saibais, e estejais confirmados na presente verdade”. II Pedro 1.12


“[...] digais todos uma MESMA COISA, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer”. I Coríntios 1.10

“Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa”. Filipenses 2.2


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 23

Já ouviram falar ?



Muitos se vangloriam em usar sapatos finos e caros. Será que eles já ouviram falar de um mestre nazareno que usava sandálias?

“Este é aquele que vem após mim, que é antes de mim, do qual eu não sou digno de desatar a correia da alparca”. João 1.27

“[...] Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores?”. Mateus 9.11

Opinião do Blog:
Quando li esta breve reflexão, decidi não publicá-la por achá-la um tanto exagerada, com passar dos dias me veio algumas lembranças de situações que vi em determinadas igrejas que visitei

Em uma delas o pastor disse: Sabe quanto custou este microfone? R$ 24.000,00 Deus merece ou não merece pessoal?

Em outra ocasião uma irma testemunhou varias bênçãos materiais, carro, casa, emprego e finalizou falando que não precisava da graça de Deus, porque ela fazia por merecer, sendo Jesus obrigado a abençoar quem assim procede.

Veio-me a memória vários casos e percebi que o texto do irmão Milton não tinha nada de exagerado, pois a maioria das igrejas abandonaram há muito tempo o Mestre de sandálias.


Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 13

Vendendo o QUE NÃO TEM PREÇO (JESUS)



Para os MERCENÁRIOS que não possuem JESUS em suas vidas, CRISTO só tem valor quando é VENDIDO NOS PÚLPITOS ($$$).

Os filhos da perdição falam de Cristo como sendo um OBJETO DE VALOR e tentam vendê-lo PELA MELHOR OFERTA, como num leilão:

Quem dá R$ 50,00?
Quem dá R$ 100,00?
Quem tem fé para dar R$ 1.000,00?


“E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas [...]”. II Pedro 2.3

“[...] engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição”. II Pedro 2.14

“Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples”. Romanos 16.18

“[...] tais homens são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo”. II Cor. 11.13

Na Fé
Marcelo e Eunice
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 09

APARÊNCIA DE PIEDADE



Muitos ainda confundem a sã-doutrina com os usos e costumes exigidos por muitas denominações.

Uma pena que isso ainda crie tanta polêmica no meio cristão. O mais triste é ver que ninguém procura esclarecer o assunto nos chamados “cultos de ensino” ou “cultos de doutrina”.

Todas essas regras, preceitos e doutrinas criadas pelos homens acabam fazendo muita gente acreditar que a santidade e a comunhão com o Espírito Santo têm a ver exclusivamente com o exterior da pessoa, como o uso de determinadas vestes e a proibição de jóias e outros adornos.

O apóstolo Paulo disse que tudo isso só tem APARENCIA DE PIEDADE, mas que perece pelo uso e que não tem valor algum.

Lembre-se que o Evangelho nos ensina que a beleza não seja exterior, mas principalmente o nosso interior.

Fazemos parte de um corpo formado para anunciar uma NOVA ALIANÇA, um NOVO TESTAMENTO e jamais devemos usar o ANTIGO TESTAMENTO para criar mandamentos ou doutrinas para a igreja de Jesus.

Precisamos crescer na graça e no conhecimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e compreender a liberdade que temos de viver nessa graça, sem deixar de lado a decência e o bom testemunho, é claro.

“As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens” Colossenses 2.22

“As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum [...]”. Colossenses 2.23

“Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens”. Mateus 15.9

“Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade”. Mateus 23.28


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 14

Nada faltou



Temos relatos de que NADA FALTOU aos discípulos que foram comissionados pelo Mestre a irem anunciar o Reino de Deus:


“E disse-lhes: Quando vos mandei sem bolsa, alforje, ou alparcas, faltou-vos porventura alguma coisa? Eles responderam: Nada”. Lucas 22.35


Na Fé
Eunice e Marcelo
Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 14

Tudo por amor (ao Evangelho)




Muitos ensinam que Deus vai “RESTITUIR TUDO”, embora Jesus tenha nos ensinado a “DEIXAR TUDO” por amor a Ele e ao Evangelho.

“Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará”. Marcos 8.35

Na Fé
Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 13

A HERANÇA DO CRISTÃO: UMA RECOMPENSA ETERNA (NO CÉU)




“Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado; Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa”. Hebreus 11.24-26.

“Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna”. Tito 3.7

“Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se NÃO VÊEM SÃO ETERNAS”. II Cor. 4.18


“[...] as coisas que o OLHO NÃO VIU, e o ouvido NÃO OUVIU, e não SUBIRAM ao coração do homem, São as que DEUS PREPAROU para os que o amam” I Cor. 2.9

“Para uma HERANÇA incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada NOS CÉUS para vós” I Pedro 1.4

“Por causa da esperança que vos está reservada NOS CÉUS, da qual já antes ouvistes pela palavra da VERDADE do EVANGELHO”. Colossenses 1.5

“Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, ETERNA, NOS CÉUS”. II Cor. 5.1

“ [...] porventura não escolheu Deus aos POBRES deste mundo para serem RICOS NA FÉ, e HERDEIROS NO REINO que prometeu aos que o amam? Tiago 2.5

Na Fé

Eunice e Marcelo

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 12

Onde fica a glória ? O lugar de repouso é aqui ? O Reino dos céus é na terra ?



Do jeito que as igrejas evangélicas se preocupam em CONQUISTAR e em PROMETER BENÇÃOS NA TERRA, até parece que a GLÓRIA, o repouso e o Reino são aqui.

O CÉU parece ter POUCO VALOR.

Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 10

O MESMO EVANGELHO




Sabemos que Barnabé e Paulo, em determinado momento, apartaram-se um do outro.

Porém, mesmo afastados, cada qual no seu caminho, continuaram fazendo a mesma obra, pregando o MESMO EVANGELHO (o mesmo revelado e ENSINADO POR JESUS).


Opinião do Blog:

A “comida” era boa, limpa e ninguém passava mal,

Que mensagem você tem engolido dia a dia na igreja que freqüenta ?

É o mesmo Evangelho ensinado por Jesus ?

A Bíblia esta ai para você conferir, você já fez isto ?

Boa semana a todos na Paz do Senhor Jesus :)

Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 08

Jesus sabia...




Jesus sabia exatamente o que Nicodemos conhecia: A LEI.

Jesus também sabia o que Nicodemos necessitava verdadeiramente conhecer: a GRAÇA.

“Porque a Lei foi dada para Moisés; a GRAÇA e a verdade vieram por Jesus Cristo”. João 1.17

Na Fé

Eunice e Marcelo

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 06

Por tudo que És

DORES DE PARTO




Agora começo a entender as DORES DE PARTO que o apóstolo Paulo sentia, afinal, a LEI DO VELHO TESTAMENTO estava tão IMPREGNADA na VIDA DOS JUDEUS que Paulo tinha dificuldade de pregar as BOAS NOVAS de Cristo.

Havia uma grande resistência a tudo que fosse contra a LEI e os PROFETAS.
Paulo se esforçava muito para mostrar que os próprios profetas HAVIAM PROFETIZADO sobre a vinda do MESSIAS e que este era Jesus, o carpinteiro da Galiléia, nascido em Belém, conforme anunciado nas Escrituras.

Os Judeus jamais esperavam que o messias pudesse nascer envolto em panos e numa manjedoura; todos esperavam um rei diferente daquele que entrou em Jerusalém montando um jumentinho.

Paulo fez de tudo para provar aos judeus a verdade sobre Jesus Cristo e o seu evangelho. Paulo conhecia bem o povo judeu, era o seu povo, tinha nascido no meio deles, crescido e estudado a Lei junto com eles.
O próprio Paulo disse “que excedia em judaísmo a muitos da sua idade, sendo extremamente zeloso das tradições” (Gl. 1.14)

Paulo procurou falar do CAMINHO que deviam seguir e que agora todos tinham livre acesso a Deus por meio de Jesus.

A história mostra que muitos não aceitaram a VERDADE que Paulo anunciava e preferiram simplesmente se acomodar a uma vida de religiosidade.

Podemos então imaginar a DOR que Paulo sentia ao ver que o seu povo estava enganado e sem salvação.

HOJE NÃO É DIFERENTE. Também sinto tristeza e dor ao ver muitos irmãos da IGREJA fazendo o mesmo que os judeus da época de Paulo, ou seja, RESISTINDO AO EVANGELHO DE JESUS CRISTO e preferindo reter as ordenanças da LEI e a TRADIÇÃO DOS PROFETAS.

Sem falar nos PREGADORES que procuram IMPACTAR o público com passagens do Velho Testamento e iludem a todos com “palavras proféticas”, palavras persuasivas e com PROMESSAS QUE JESUS JAMAIS FEZ AOS SEUS SEGUIDORES.

Cristo já nos resgatou da maldição da LEI. SÓ NÃO CONHECE ESSA LIBERDADE QUEM AINDA NÃO NASCEU DE NOVO.

“Meus filhinhos, por quem de novo sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós”. Gálatas 4.19

“Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado”. II Cor. 12.15

Bom final de semana a todos

Nossos sentimentos aos irmãos Japoneses, estes dias espiando a origem de nossos visitantes, fomos surpreendidos com vários acessos de lá


Na Fé

Eunice e Marcelo

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 06

Um Mestre de sandálias




Quando Jesus mandou seus discípulos irem pregar as BOAS NOVAS, ordenou-lhes que não levassem nada.

O resultado desta missão é simplesmente fantástico, com muitas vidas alcançadas e o evangelho sendo anunciado em muitos lugares.

Tudo isso com muito pouco recurso, apenas com o necessário. Mas qual a grande diferença entre os primeiros missionários e os formados pela igreja moderna?

A resposta esta exatamente no que diz respeito à formação desses discípulos.

Os atuais discípulos são ensinados por doutores mais preocupados com os números de um mercado religioso competitivo do que em transmitir as verdades fundamentais da fé cristã, sem falar do caráter nada exemplar de muitos desses professores, embora apresentem uma boa aparência de piedade.

Já os primeiros missionários foram formados por um professor humilde, um mestre de sandálias, que procurava formar o seu próprio caráter em seus alunos e que procurou sempre ser exemplo de simplicidade, de verdade e de obediência a Deus, sem esperar nada em troca, MUITO MENOS DINHEIRO.
Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 06

Todas ESSAS COISAS



Todo servo fiel CONHECE bem quem ele serve, a ponto de viver e até morrer pelo seu Senhor.

Infelizmente, tem muita gente que se diz cristão e que está “SE MATANDO” para servir o DEUS DESTE SÉCULO, buscando acumular riquezas terrenas e até pagando para ver com os próprios olhos uma “CHUVA DE BENÇÃO” e então testemunhar para todos que “O DEUS QUE ELE SERVE É BOM MESMO”.

Bem, quem deposita sua fé EM JESUS NÃO FICA ESPERANDO ALGO VISÍVEL OU MATERIAL, pois tem uma MELHOR ESPERANÇA, uma herança reservada no CÉU.

Quem serve Jesus, sabe que precisa se esforçar para ter o sustento necessário e ainda, se possível, ajudar quem não tem.

Um texto muito conhecido é o de Mateus capítulo 6, que diz: “buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e todas ESSAS COISAS vos serão acrescentadas”.

Jesus estava ensinando a respeito da ansiedade de muitos e do excesso de preocupação com as coisas desta vida. O texto NÃO esta dizendo que quem busca o Reino de Deus e a sua justiça vai desfrutar AQUI na terra de coisas como: ABUNDÂNCIA MATERIAL, CASAS, CARROS, MUITAS POSSES e outras regalias.

NÃO são a ESSAS COISAS que Jesus SE REFERIA quando usou essa expressão.

Jesus estava falando de VESTES, ALIMENTO, ÁGUA, enfim, O SUSTENTO NECESSÁRIO para o corpo.

Então, QUANDO VOCÊ OUVIR ALGUÉM PREGAR que você deve “ MANIFESTAR SUA FÉ USANDO DINHEIRO” e que “TODAS AS OUTRAS COISAS VOS SERÃO ACRESCENTADAS”, você já vai saber que ISSO É UMA FALSA PROMESSA e que é TÃO ENGANOSA que até mesmo o deus DESSE SÉCULO (o diabo) PODE TE DAR.

Não devemos servir a Jesus e ESPERAR POR RECOMPENSA TERRENA E IMEDIATA.

OBSERVAÇÃO: Jesus supre todas as nossas NECESSIDADES. Ele cuida de nós.

“Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que COMEREMOS, ou que BEBEREMOS, ou com que nos VESTIREMOS?” Mateus 6.31

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. I Pedro 5.7

Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 13

BEM AVENTURADOS....



São muitas as IGREJAS que procuram ensinar o povo a ser FINANCEIRAMENTE PRÓSPERO, como se todo cristão tivesse que levar uma vida de “EMPRESARIO BEM SUCEDIDO”.

Mais parece um mercado financeiro preocupado em orientar e convencer as pessoas a aplicar o seu dinheiro e a depositar suas esperanças nas coisas materiais, sem demonstrar preocupação com o arrependimento, com a transformação do caráter, com a prática de boas ações e com a salvação da alma por meio da fé em Cristo.

Essas tais igrejas costumam apresentar fórmulas para um sucesso rápido e ainda afirmam que a prosperidade financeira é a característica principal da vida de um homem bem-aventurado.

Apesar da falta de compromisso dessas IGREJAS com a VERDADE DO EVANGELHO, ainda existem alguns que zelam pelas palavras e pelo ensino de Jesus: A CHAMADA IGREJA INVISÍVEL.

Diferente do que muitos ensinam, Cristo procurou no sermão da montanha ensinar quem são os bem-aventurados diante de Deus:

OS HUMILDES DE ESPÍRITO, OS QUE CHORAM OS MANSOS, OS QUE TÊM FOME E SEDE DE JUSTIÇA, OS MISERICORDIOSOS, OS LIMPOS DE CORAÇÃO, OS PACIFICADORES, OS QUE SOFREM PERSEGUIÇÃO POR CAUSA DA JUSTIÇA DO EVANGELHO DE CRISTO. Mateus 5.1-12 e Lucas 6.20-29

Na Fé

Eunice e Marcelo

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 07

Sonhos de Deus ou projetos de homem ?



Muitas são as pregações a respeito de José, o filho amado de Jacó, principalmente quando os ministrantes procuram levar os ouvintes a desejar “COISAS GRANDES” e “POSIÇÃO DE DESTAQUE”.

Uma pena que os pregadores utilizem uma história tão bonita para fazer com que o homem busque projetar coisas visíveis e colocar o desejo humano acima da vontade de Deus.

José em momento algum imaginou nem almejou chegar aonde chegou, muito menos pensou em ser governador do Egito. Os sonhos que José sonhava eram de Deus e o próprio José jamais desejou que tais sonhos se tornassem realidade.

Havia um propósito para vida de José e de sua família, sendo necessário que todos passassem exatamente pelo que passaram. Deus sempre esteve no controle de todos os acontecimentos, até mesmo quando permitiu que José fosse lançado em uma cova.

Atualmente, o cristão é persuadido a conquistar e realizar todos os seus desejos, seus projetos (ainda que egoístas), porém, poucos compreendem que todo aquele que desejar viver piamente o evangelho de Jesus Cristo pode acabar como o apóstolo Paulo: Rejeitado, perseguido e preso por proclamar a verdade.

Hoje, o povo é alimentado por UM EVANGELHO TERRENO E ENGANOSO e POUCOS SÃO OS QUE AINDA SONHAM COM O QUE PAULO SONHOU: CHEGAR AO CÉU.

“[...] Mas a nossa cidade está nos céus [...]” Filipenses 3.20

“[...] todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições”. II Tm. 3.12

“[...] vós que dizeis: Hoje, ou amanhã, iremos a tal cidade, e lá passaremos um ano, e contrataremos, e ganharemos; Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece Em lugar do que devíeis dizer: Se o Senhor quiser, e se vivermos, faremos isto ou aquilo”. Tiago 4.13-15

“[...] seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”. Mateus 6.10


Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 08

Usou a lei ( COM MUITA GRAÇA)




Paulo, com muita sabedoria e graça, usou a lei para ganhar os que estavam debaixo da lei.

Isso não quer dizer que Paulo, após seu encontro com Jesus, tenha continuado a viver debaixo da Lei, pelo contrário, ao experimentar a excelência do conhecimento de Cristo, passou a viver somente na GRAÇA.

Paulo foi fiel naquilo que recebeu do próprio Senhor Jesus e, mesmo tendo anteriormente criticado e perseguido os defensores do evangelho, procurou com zelo anunciar esse mesmo evangelho, tanto ao povo judeu como aos gentios.


“[...] Aquele que já nos perseguiu anuncia agora a fé que antes destruía [...]” Gálatas 1.23

“Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê”. Romanos 10.4
“A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade”. I Timóteo 1.13


“[...] como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei”. I Cor. 9.20

Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 08

ESTEVÃO: O exemplo de um cristão cheio do Espírito Santo




Muitos evangélicos estão acostumados a “REPREENDER” e “NÃO ACEITAR” qualquer tipo de tribulação, até parece que não desejam entrar no Reino de Deus, afinal o próprio apóstolo Paulo e Barnabé procuravam confirmar o ânimo dos seus discípulos, exortando a todos a permanecer na fé, afirmando que ”POR MUITAS TRIBULAÇÕES NOS IMPORTA ENTRAR NO REINO DE DEUS” (Atos 14.22)

Logo, um cristão em perfeita comunhão com Deus e cheio do Espírito Santo também pode ter problemas e até passar por várias tribulações.

Um exemplo disso foi o mártir Estevão, que, após seu discurso em defesa do evangelho de Cristo, embora repudiado e até mesmo apedrejado, provou ser um verdadeiro seguidor do mestre nazareno.

Estevão em momento algum ficou cobrando livramento de Deus nem se justificando ou dizendo coisas do tipo: “SENHOR, EU ESTOU SENDO ENVERGONHADO!”, “COMO PODE ISTO SENHOR? EU SOU TEU SERVO FIEL”, “SENHOR, EU QUERO DE VOLTA O QUE É MEU: MEUS DIREITOS E MEUS SONHOS”,” EU REPREENDO ESSAS PEDRAS”, “EU NÃO ACEITO ISSO NA MINHA VIDA”, “EU DETERMINO A MINHA VITÓRIA AGORA MESMO”.

Com certeza, Estevão não conheceu nem se submeteu ao ENGANOSO “EVANGELHO DA FACILIDADE” ou “EVANGELHO TERRENO”, hoje em dia tão pregado nos púlpitos dos templos por homens que usam passagens do Velho Testamento para iludir e fazer muita gente sonhar com o que não é eterno, mas apenas passageiro e perecível, como por exemplo: LUXO, BEM ESTAR, POSIÇÃO DE DESTAQUE E RIQUEZAS TERRENAS.

Estevão sabia que sua pátria não era aqui e que precisava fazer a vontade de Deus para depois alcançar a promessa (Hebreus 10.36).

Estevão creu nas palavras de Jesus, que foi preparar morada no céu para todo aquele que crê.

Além disso, Estevão mostrou ter mesmo Jesus em sua vida quando pediu para Deus perdoar todos os que lhe APEDREJAVAM.

Isso é ser CHEIO DO ESPÍRITI SANTO.

ENQUANTO MUITOS APRENDEM OU ENSINAM QUE UM CRISTÃO NÃO PODE SOFRER NEM SER HUMILHADO POR NINGUÉM, A HISTÓRIA DE ESTEVÃO NOS ENSINA OUTRA REALIDADE:

ESTEVÃO, mesmo estando CHEIO DO ESPÍRITO SANTO, MORREU APEDREJADO.

ESTEVÃO tinha uma melhor esperança: o CÉU.

“Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus”. Atos 7.55

“E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu”. Atos 7.60

Na Fé

Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias Pg. 08

O EVANGELHO do Filho de DEUS:



Porque ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto,o qual é Jesus Cristo". I Coríntios 3.11


“Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus”. Atos 20.24


“Por amor da verdade que está em nós e para sempre estará conosco”. II João v.2

“E sabemos que já o Filho de Deus é vindo e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna”. I João 5.20


“Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho [...]”. Hebreus 1.1,2


“Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida”.I João 5.12


“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres”. João 8.36


"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome". João 1.12


"Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus". Romanos 3.24


"Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo". João 1.17


"Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre". Hebreus 7.28


"Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa da eterna salvação para todos os que lhe obedecem" Hebreus 5.8 e 9

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias página 03


Comentário do Blog:

Sua igreja prega isto?

Ou você tem aprendido que ser abençoado é ter saúde, dinheiro, estar bem na vida sentimental e viver vitoriosamente ?

Se este for o caso, sinto em lhe dizer, mais você esta no lugar errado, pois estão te ensinando um FALSO EVANGELHO.

Leia as Boas Novas e oriente-se, tire os pés do laço irmão.

Abraços e bom final de semana

Na Fé

Marcelo e Eunice

A Letra mata



Quando o evangelho fala a respeito da LETRA, embora muitos não entendam, não está dizendo que a Palavra de Deus escrita mata, afinal, a Palavra é viva e eficaz.

Quando Paulo diz que a LETRA mata, ele está falando da Lei do Velho Testamento.

Sabemos que a Lei não usa de misericórdia com ninguém.

A Lei é olho por olho e dente por dente, por isso mata.

Porém, a GRAÇA e a VERDADE, que vieram por Jesus Cristo, pelo Espírito, libertam e vivificam.

“O fim da Lei é Cristo” (Rm. 10.4).

Procure meditar no evangelho e praticar o Novo Testamento, pois o Velho já foi cumprido por Cristo (“Está consumado!”) e NÃO interessa para quem quer viver no Espírito, longe da velhice da LETRA.


“O qual nos fez também capazes de ser ministros dum Novo Testamento, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, e o Espírito vivifica”. II Coríntios 3.6

“Mas, agora, estamos livres da lei, pois morremos para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra”. Romanos 7.6

“Porque a Lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo”. João 1.17

Abraços ´

Na Fé


Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias página 26

Moisés, Elias e Jesus




No monte da transfiguração estavam Moisés (representando a Lei) e Elias (representando os profetas), porém, sabemos que o centro do Velho Testamento não era nem Moisés nem Elias, mas sim Davi.

Foi a Davi que Deus fez a promessa de um Concerto Eterno, de um Reino que não teria fim.

Mas então por qual motivo Davi também não apareceu no monte da transfiguração?

Simples, estava ali a própria promessa → Jesus.

Neste importante acontecimento, registrado nas Escrituras, o Deus Pai declara: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; escutai-o”(Mt. 17.5).

Entendemos então que tanto Moisés (a Lei) quanto Elias (os profetas) haviam passado e que Jesus permaneceria para sempre.

Jesus confirmou tudo isso quando disse que “a Lei e os profetas duraram somente até João Batista”.

“A Lei e os Profetas duraram até João; desde então é anunciado o Reino de Deus [...]”. Lucas 16.16

“Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho [...]”. Hebreus 1.1

Na Fé


Marcelo e Eunice

Extraído da apostila Um Mestre de Sandálias página 18

Viva para ser LUZ em um mundo cheio de ESCURIDÃO



Conselhos do Apóstolo Paulo

“Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo” Filipenses 2.15

Você já passou por algum apagão?
A dificuldade é enorme, dificilmente encontramos a direção certa.

Um foco de luz pode mudar tudo, precisamos entender os VALORES de Jesus, seus EXEMPLOS, e tê-Lo como referencia e UNICA MOTIVAÇÃO.

Não perca o Foco, não vale à pena!


Abraços

Na Fé


Eunice e Marcelo

Sejam OBEDIENTES A DEUS



Conselhos do Apóstolo Paulo


“[...] assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor” Filipenses 2.12 e 15


NÃO faz sentido viver com Cristo e se deixar levar por qualquer doutrina estranha ao Evangelho.

Obedecer é ter a coragem de não trocar a GRAÇA e a VIDA pelo PECADO do EGOISMO DENOMINACIONAL.

Simples assim...

Na Fé

Marcelo e Eunice
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...